LULA bate o martelo, vai dar R$150 e brasileiros festejam

As crianças de até seis anos de idade das famílias beneficiárias do novo Bolsa Família receberão um adicional de R$ 150.

As crianças de até seis anos de idade das famílias beneficiárias do novo Bolsa Família receberão um adicional de R$ 150. Os pagamentos começam no dia 20 deste mês. Vale ressaltar que recentemente foram incluídas 694 mil famílias no lote de contemplados pelo programa.

Neste sentido, a partir de março, o pagamento do Bolsa Família passa a considerar a composição da família. O objetivo é conceder uma ajuda de custo maior para os grupos mais numerosos. Devido a isso, é importante manter os dados no Cadastro Único (CadÚnico) atualizados.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, cerca de 8,9 milhões de crianças entre zero e seis anos receberão o pagamento extra. Contudo, em breve, os beneficiários do programa social contarão com um novo adicional.

A partir de junho, a expectativa é que 820 mil gestantes passem a receber R$ 50 a mais até a data de nascimento de seus filhos. Do mesmo modo, serão contemplados com o valor, cerca de 15 milhões de crianças e adolescentes de 7 a 18 anos.

Adicionais do novo Bolsa Família

Uma das principais novidades anunciadas pelo governo Lula sobre o Bolsa Família foram os adicionais. Por meio deles, o objetivo é garantir um pagamento justo as famílias beneficiárias que vivem em condição de vulnerabilidade. Veja como ficam os valores:

  • Valor mínimo por família de R$ 600;
  • Adicional de R$ 150 por criança de até seis anos – começa em março;
  • Adicional de R$ 50 para crianças acima de sete anos, adolescentes de até 18 anos e gestantes – começa em junho.

Quem pode receber o novo Bolsa Família

Para entrar no programa, o cidadão deve ter inscrição ativa no Cadastro Único (CadÚnico) e corresponder aos seguintes requisitos:

  • Estar em situação de extrema pobreza – renda familiar mensal por pessoa de até R$ 105,00; ou
  • Estar em situação de pobreza (desde que tenham, entre os seus membros, gestantes ou pessoas menores de 21 anos) – renda familiar mensal por pessoa entre R$ 105,01 e R$ 218,00; ou
  • Ter entre os membros que residam na mesma casa e sejam inscritos no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Além disso, como forma de as famílias se manterem na folha de pagamentos do benefício, será preciso:

  • Que as crianças estejam com a carteira de vacinação em dia, além do acompanhamento nutricional;
  • Que as gestantes estejam em acompanhamento de pré-natal;
  • Que as crianças e adolescentes tenham uma frequência escolar entre 60% e 75%.

Como consultar o novo Bolsa Família?

Veja as opções para consultar o benefício a seguir:

Consulta no App CadÚnico

  1. Acesse o App CadÚnico e faça login usando seu CPF;
  2. Selecione a opção “Consulta completa”;
  3. Confira se o cadastro está atualizado e com benefício ativo.

Consulta no App Bolsa Família

  1. Acesse o App Bolsa Família e faça login usando seu CPF;
  2. Na primeira página o aplicativo vai mostrar se a família foi aprovada, fazendo o reconhecimento por meio do CPF.

Por telefone

Calendário do Bolsa Família – Março

Confira as datas de pagamento deste mês:

  • NIS final 1: 20 de março;
  • NIS final 2: 21 de março;
  • NIS final 3: 22 de março;
  • NIS final 4: 23 de março;
  • NIS final 5: 24 de março;
  • NIS final 6: 27 de março;
  • NIS final 7: 28 de março;
  • NIS final 8: 29 de março;
  • NIS final 9: 30 de março;
  • NIS final 0: 31 de março.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.