Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Literatura: Quem foi Fernando Pessoa e por que estudá-lo

Com certeza você já deve ter ouvido falar nesse nome durante o seu período escolar. Por isso, Fernando Pessoa é uma figura muito presente nas provas de vestibular. Ele é um autor português do século XX que possui uma personalidade literária marcante e complexa. O autor é considerado um fenômeno da literatura mundial, o escritor foi responsável pela introdução do modernismo em Portugal.

Resumo sobre a obra de Fernando Pessoa

Uma de suas características mais fascinantes era o fato de adotar heterônimos, que são nomes fictícios, para assinar os seus textos. Esses personagens, apesar de inventados, apresentavam personalidade e pensamento próprios e Pessoa foi autor de ensaios, peças, críticas, novelas, textos jornalísticos e, é claro, de poemas.

O escritor nasceu no século XIX, um período marcado por profundas mudanças de ordem social. Nesse período eclodiu a 1ª Guerra Mundial, ao mesmo tempo em que novas descobertas tecnológicas eram feitas. Nomes como Freud e Einstein estavam em destaque por suas teorias científicas. Além disso, novas expressões artísticas iam se construindo.

Pessoa faleceu em Lisboa, em 1935, deixando um legado atemporal. Além de introduzir o modernismo em Portugal, o autor foi também o fundador de movimentos como o Interseccionismo e o Sensacionismo, e da revista Orpheu.

Apesar de sua vasta obra, em vida, o autor só publicou quatro livros, dos quais apenas um foi em português. Todo o restante de seu acervo literário foi publicado após sua morte em revistas e organizados em livros. Além de assinar em seu próprio nome, ele deixou também registros em outros 70 heterônimos, que usava para fazer suas críticas e reflexões em anonimato. Destes, os mais conhecidos e estudados são Álvaro de Campos, conhecido por seus longos versos; Ricardo Reis, amante das metáforas e Alberto Caeiro, o antimetafísico.

Além disso, podemos citar entre suas obras mais importantes os livros “Mensagem”, “O Poeta Fingidor” e “O Marinheiro”.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Veja O que é e como funciona uma ONG.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.