Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Brasil é o país com maior índice de ansiedade no mundo

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país com o maior índice de ansiedade do mundo, somando cerca de 9,3% da população com o diagnóstico do transtorno.

Isso equivale à cerca de 18,6 milhões de brasileiros que convivem com os sintomas e as crises de ansiedade. Compreender este cenário é o primeiro passo para criar subsídios para lidar com a situação. Entenda a seguir.

Brasil é o país com maior índice de ansiedade do mundo

Segundo dados levantados pela própria OMS, nós brasileiros estamos em primeiro lugar no índice de ansiedade do mundo, sendo assim, a população mais ansiosa do planeta.

Isso se deve a diversos fatores que impactam em nossa forma de se comportar e lidar com o mundo em nossa volta. Desde questões de desigualdade, até escândalos de corrupção estão relacionados com este quadro.

Vale salientar que todos temos ansiedade, mas de maneira leve. Trata-se de algo fundamental da existência humana, pois é uma forma que o nosso cérebro encontra para que possamos nos preparar para uma “ameaça”.  Assim estaremos cuidando da nossa espécie e de nosso futuro.

Porém, fatores contextuais e do dia-a-dia podem elevar as taxas de ansiedade, levando-nos à crises, efeitos colaterais e sintomas físicos extremamente desgastantes.

O contexto político e socioeconômico

Diariamente recebemos notícias e informações sobre escândalos do governo. Vemos pessoas que eram para estar cuidando da população, simplesmente roubando e fazendo o que bem entendem.

Tudo isso começa a minar a nossa mente. Qual será o próximo baque? O que virá a seguir?

Além disso, o próprio contexto socioeconômico – que diga-se de passagem está associado com a política do país – também pode estar envolvido com a ansiedade.

Afinal, basta um momento de dificuldade, como o desemprego, que a ansiedade passa a surgir no cotidiano das pessoas.

O anseio por um futuro melhor leva ao que chamamos de esgotamento psicológico, desencadeando fortes crises existenciais e até mesmo de ansiedade.

E os efeitos e causas não param por aqui! Há ainda questões relacionadas com o fato de que, apesar de haver tanto caos no país, ainda se espera muito das pessoas. Espera-se perfeição, sucesso, dinheiro, riqueza, bens materiais, beleza impecável, etc.

Tudo isso vai se somando com o tempo. E a cultura de enaltecer “perfeições”, somados com sistemas políticos com falhas e com uma desigualdade gritante, a situação só poderia caminhar para cenários onde a saúde mental fica abalada.

A ansiedade é o efeito de muitas causas e multifatores que caminham lado a lado com a população brasileira há anos.

Como evitar a culpa de não atingir os ideais impostos e assim lidar com a ansiedade?

Antes de qualquer coisa, precisamos trabalhar a nossa mente dentro de nós mesmos, ainda em nossas casa. Compreender que a sociedade carrega consigo muitos erros é um caminho, e reconhecer que nem tudo depende de nós, também.

Não podemos simplesmente abarcar todas as questões sociais dentro de nós, pois isso é inviável e abre porta para muitos transtornos psíquicos.

Além disso, é de grande valia buscar suporte psicológico com profissionais quando chegar em ápices de ansiedade. Falar sobre os anseios, dificuldades e temores é de suma importância para pôr toda a angústia em palavras e criar novos significados para elas.

Lembre-se de que você não está sozinho e, por conta disso, não tem como carregar tudo em suas mãos. O mundo não é um lugar perfeito, e quando aprendemos a lidar com suas variantes, vivemos uma vida mais saudável e feliz.

Cuide da sua saúde mental, pense em você e crie uma rotina mais justa, sem tantas cobranças irreais e sem sentido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.