Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Imigração Alemã: O que pode cair no Enem

Os alemães chegaram ao Brasil em meados do século XIX, contudo, a maioria deles foram morar principalmente no Sul do país, dando início à imigração alemã por aqui.

Vale destacar que a imigração Alemã no Brasil teve como principal objetivo melhores condições de vida, devido aos períodos críticos que a Europa vivia. 

Além disso, o Brasil ofertava uma enorme propaganda para estrangeiros, informando que por aqui eles teriam grandes oportunidades. 

Ademais, o desemprego de muitos artesãos, provocado principalmente pela industrialização da Alemanha, tal qual a insegurança causada pela Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) tornaram-se fatores determinantes para vinda de alemães para o Brasil. 

A imigração alemã para o Brasil poderá aparecer em provas de vestibulares de todo país, assim como no Enem. Por isso vale a pena ficar ligado no assunto, acompanhe!

Contexto histórico da Imigração Alemã

A imigração alemã foi a primeira a chegar em peso em terras brasileiras, sobretudo entre 1850 e 1890. O Sul do Brasil foi a região escolhida pelos alemães, principalmente por conta do clima frio.

No entanto, mesmo o clima do Sul do país ter algumas semelhanças com o clima europeu de algumas épocas do ano, muitos alemães tiveram problemas de adaptação por aqui.  

A saber, na segunda metade do século XIX, chegaram ao Brasil cerca de 75 mil alemães. Ademais, mais tarde nos anos 20, estima-se que chegaram 76 mil alemães ao Brasil em busca de melhores condições de vida, após a Primeira Guerra. 

Vale destacar também que alguns alemães se instalaram também nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. 

Cidades com colônias alemãs no Brasil

Os alemães fundaram diversas cidades nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Dessa maneira, acabaram desenvolvendo atividades econômicas, tal qual o preservamento da cultura alemã. 

Ou seja, o idioma, danças, tradições, vestimentas, festas, entre outros aspectos da cultura alemã. Além disso, eles construíram muitas igrejas, sobretudo protestantes e católicas. 

Ademais, os alemães também implantaram no Sul do país, o sistema de produção agrícola em pequenas propriedades, tal qual o trabalho familiar. 

Além disso, os imigrantes alemães também voltaram seus esforços para a produção voltada para o consumo e a policultura. 

Vale destacar que eles também usaram nessas cidades a arquitetura tradicional alemã. Desse modo, casas, igrejas, comércios, herdaram a arquitetura europeia. 

Por fim, vale destacar algumas cidades do Sul fundadas pela imigração alemã, são elas:

  • Rio Grande do Sul: Novo Hamburgo, São Leopoldo, São Lourenço do Sul, Três Forquilhas e Nova Petrópolis. 
  • Santa Catarina: Joinville, Blumenau, Brusque, Jaraguá do Sul e Fraiburgo. 

E então, gostou de saber mais sobre a imigração alemã no Brasil?

Não deixe de ler também – Imigração Japonesa: O que pode cair no Enem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.