Grupo de quatro moedas de 10 centavos já vale R$ 730. Você tem alguma?

Conheça quatro moedas de 10 centavos que podem ser vendidas por muito dinheiro neste ano de 2024. Algumas delas podem valer muito dinheiro

Quando o assunto é moeda rara, é natural que nossa mente seja levada a imaginar baús antigos com peças que foram lançadas há centenas de anos. De fato, o Brasil conta com milhares de peças antigas que podem ser consideradas valiosas. O que nem todo mundo sabe é que uma moeda não precisa ser antiga para ser considerada rara.

De acordo com especialistas na área da numismática, existem exemplares raros do Plano Real que ainda estão em circulação e que podem ser encontrados a qualquer momento por qualquer pessoa em um trocado no comércio, por exemplo.

Neste artigo específico, vamos falar sobre quatro moedas de 10 centavos que ainda possuem valor monetário, e que podem ser consideradas raras em alguns casos. Estamos falando das seguintes peças:

  • Moeda de 10 centavos do ano de 1994;
  • Moeda de 10 centavos do ano de 1995;
  • Moeda de 10 centavos do ano de 1996;
  • Moeda de 10 centavos do ano de 1997.

Em comum, há o fato de que estas são as quatro moedas da primeira família do Plano Real.

Características das moedas

Abaixo, você pode conferir as principais características das moedas de 10 centavos da primeira família do Plano Real, de acordo com o Banco Central (BC):

  • Material: aço inox;
  • Diâmetro: 22,0 mm;
  • Peso: 3,59 g;
  • Espessura: 1,20 mm;
  • Bordo: liso;
  • Eixo: reverso moeda (EH);
  • Circulação: de 01/07/1994 a atual;
  • Desenho do Anverso: Efígie da República, dístico BRASIL e ramos de louro estilizados;
  • Desenho do Reverso: Valor, data e ramos de louro estilizados.
Grupo de quatro moedas de 10 centavos já vale R$ 730. Você tem alguma?
Exemplo de moeda de 10 centavos da primeira família do Plano Real. Imagem: Reprodução

Valores 

Para que estas moedas de 10 centavos sejam consideradas raras, é necessário que elas contem com um defeito conhecido no mundo da numismática como REVERSO INVERTIDO. Abaixo, você pode conferir os valores projetados por especialistas nos catálogos numismáticos mais atualizados:

  • Moeda de 10 centavos do ano de 1994: R$ 80;
  • Moeda de 10 centavos do ano de 1995: R$ 120;
  • Moeda de 10 centavos do ano de 1996: R$ 400;
  • Moeda de 10 centavos do ano de 1997: R$ 130.

O que é reverso invertido?

Mas afinal de contas, o que seria uma moeda com reverso invertido? Para entender esta pergunta, é necessário sabe que o Brasil adota um sistema de padrão reverso moeda, ou seja, eixo horizontal (EH). As moedas que fogem deste padrão exigido são conhecidas como reverso invertido, e são consideradas muito raras. 

Basicamente, as moedas com reverso invertido são aquelas que possuem o reverso com alinhamento contrário ou invertido ao alinhamento original. Na prática, para saber se uma moeda tem este defeito, basta segurar a peça com a face em posição normal virada para você. Logo depois, basta girar de baixo para cima. 

Se o outro lado estiver de cabeça para baixo, estamos falando de uma moeda com reverso invertido, ou seja, uma peça valiosa. Vale frisar que qualquer item pode ser reverso invertido. Até mesmo centavos podem ter este tipo de defeito. Em todos os casos, a peça poderá valer mais. 

“Mas definir valor comercial à essas moedas é algo relativamente complicado, principalmente porque, como foram produzidas como erros durante o processo de cunhagem, não há registros da quantidade de moedas emitidas”, diz o especialista Plínio Pierry. 

Como vender uma moeda

Encontrou esta ou qualquer outra moeda valiosa? O próximo passo é procurar saber qual é o valor exato daquela peça. Para tanto, o cidadão pode procurar uma loja especializada, que poderá ser virtual ou física. Uma outra opção é procurar uma casa de leilão numismático. Por todos estes caminhos, será possível confirmar o valor do níquel.

Uma das opções é a casa Brasil Moeda Leilões, que funciona de maneira virtual. Logo depois de encontrar a moeda, o cidadão vai poder cadastrar o item encontrado e enviar para uma avaliação. Na sequência, a Casa envia o valor. O cidadão poderá definir se vai colocar à venda ou não.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.