Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Governo prorroga ESTAS medidas do auxílio emergencial de R$300

De acordo com a publicação do Diário Oficial da União, três medidas provisórias tiveram seus prazos de tramitação prorrogados.

Foram prorrogadas as MP 999/2020, que viabiliza no Orçamento novas parcelas do benefício; a MP 1.000/2020, que prorroga o auxílio emergencial até dezembro, no valor de R$ 300; e a MP 998/2020, que altera regras do setor elétrico.

A MP 999/2020 libera o crédito de R$ 67,6 bilhões no Orçamento da União para o Ministério da Cidadania. O valor servirá para o pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial.

A MP 1.000/2020 prorroga o auxílio emergencial até dezembro no valor de R$ 300, visando aliviar o impacto da pandemia de coronavírus na economia. Além disso, a MP também estabelece novos critérios para determinar quem continuará recebendo.

Número de parcelas a receber

A quantidade total de parcelas que o cidadão terá direito vai depender de quando ela começou a receber o auxílio. O máximo são nove parcelas, sendo as cinco primeiras de R$ 600 e as quatro últimas de R$ 300.

  • Quem recebeu a 1ª parcela em abril: 9 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em maio: 8 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em junho: 7 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em julho: 6 parcelas
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em agosto: vai receber 4 parcelas de R$ 300 nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em setembro: vai receber 3 parcelas de R$ 300 nos meses de outubro, novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em outubro: vai receber 2 parcelas de R$ 300 nos meses de novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$600 em novembro: vai receber apenas 1 parcela de R$ 300, em dezembro.

De acordo com o Governo, quem contestou via plataforma digital entre 20 de julho e 25 de agosto, e for considerado elegível, receberá no total 4 parcelas de R$ 600, começando a partir do Ciclo 3.

Dessa forma, essas pessoas não terão direito a nenhuma parcela do chamado auxílio emergencial residual, de R$ 300.

Mulheres chefes de família têm direito a duas cotas:

  • as cinco primeiras parcelas são de R$ 1.200,
  • as quatro últimas parcelas são de R$ 600.

Ciclos

O Governo manteve a forma de pagamentos por meio de ciclos. Para isso, as datas foram reorganizadas.

Todos os beneficiários recebem uma nova parcela (seja de R$ 600 ou de R$ 300), conforme o mês de aniversário do beneficiário.

Atualmente, a Caixa concluiu o Ciclo 2, que não teve alterações. A partir do Ciclo 3, que foi alterado, os beneficiários que começaram a receber em abril terá o depósito da 6ª parcela, já com o valor reduzido para R$ 300.

Os ciclos não valem para quem está inscrito no Bolsa Família.

Auxílio emergencial – NOVO CICLO 3
Mês de aniversário

Depósito

Saques

Janeiro 30/set 07/nov
Fevereiro 05/out 07/nov
Março 07/out 14/nov
Abril 09/out 21/nov
Maio 11/out 21/nov
Junho 14/out 24/nov
Julho 16/out 26/nov
Agosto 21/out 28/nov
Setembro 25/out 28/nov
Outubro 28/out 1º/dez
Novembro 29/out 05/dez
Dezembro 1º/dez 05/dez
Auxílio emergencial – NOVO CICLO 4
Mês de aniversário

Depósito

Saques

Janeiro 30/out 07/nov
Fevereiro 04/nov 07/nov
Março 05/nov 14/nov
Abril 06/nov 21/nov
Maio 08/nov 21/nov
Junho 11/nov 24/nov
Julho 12/nov 26/nov
Agosto 13/nov 28/nov
Setembro 15/nov 28/nov
Outubro 16/nov 1º/dez
Novembro 18/nov 05/dez
Dezembro 20/nov 05/dez
Auxílio emergencial – NOVO CICLO 5
Mês de aniversário Depósito Saques
Janeiro 22/nov 19/dez
Fevereiro 23/nov 19/dez
Março 25/nov 04/jan
Abril 27/nov 06/jan
Maio 29/nov 11/jan
Junho 30/nov 13/jan
Julho 02/dez 15/jan
Agosto 04/dez 18/jan
Setembro 06/dez 20/jan
Outubro 09/dez 22/jan
Novembro 11/dez 25/jan
Dezembro 12/dez 27/jan
Auxílio emergencial – NOVO CICLO 6
Mês de aniversário

Depósito

Saques

Janeiro 13/dez 19/dez
Fevereiro 13/dez 19/dez
Março 14/dez 04/jan
Abril 16/dez 06/jan
Maio 17/dez 11/jan
Junho 18/dez 13/jan
Julho 20/dez 15/jan
Agosto 20/dez 18/jan
Setembro 21/dez 20/jan
Outubro 23/dez 22/jan
Novembro 28/dez 25/jan
Dezembro 29/dez 27/jan

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
18 Comentários
  1. Jeoferreira Diz

    Tenho 2 crianças e recebo uma mereca 150 $

  2. Josélia aparecida Rodrigues Barbosa Diz

    Eu agradeço muito,e fico feliz pelo governo ter dado esse apoio ao povo e quem nunca trabalhou também come dorme fica doente tem filhos,estam sendo egoísta.e se n estivesse apoio nenhum? quando esse auxílio acabar é q vai ficar feio,acha trezentos pouco porq outro recebe seiscentos! Fica sem os trezentos e vai vê como faz falta.nessa crise cem reais é difícil ganhar e fácil fica sem.obrigada governo por coletar com o povo.olhar pelos q n tem ,dependem de comer comprar remédios como qualquer outra pessoa.deixem de ser egoísta .

  3. Renatha Diz

    Esse auxílio esta muito injusto pois eu estou desempregada desde março e fiz a solicitação assim q saiu em abril.
    Não consegui receber pois estava falando q eu possuía emprego formal, contestei 3 vezes q foi negado,dai em fim foi aprovado somente em agosto eu recebi a primeira parcela.
    Ou seja como pode eu não recebe igualmente aos outros sendo q eu preciso tanto quanto a todos e o erro foi deles q não sobe analisa corretamente, eu vou perde meus direitos pq eles não analisaram diretamente meus dados.
    INJUSTIÇA

  4. FABIO SPINOLA DE OLIVEIRA Diz

    Posta algo que ainda nao sabemos !

  5. Edinéia Oliveira Diz

    Não consegui receber minhas parcelas de 300.00 queria saber como posso resolver

  6. Eu Diz

    Engraçada pra quem nunca trabalhou ele faz tudo agora os trabalhadores só tomam esse dinheiro é nosso de quem trabalhou a vida inteira ele mesmo não tá dando nada pra ninguém

  7. Alex Sandro Oliveira Carvalho Diz

    Esse áuxilio emergencial tá estranho porque quem começou a receber em abril receber 5 parcelas de 600 e mais 4 parcelas de 300 .
    E quem começou a receber em agosto vai receber só 5 parcelas de 600 queria saber porque isso e injusto todos tem os mesmos direitos porque todos estamos desempregados nós ficamos praticamente 4 meses sem receber nada acho que todos temos os mesmos direitos

  8. Geraldo Carlos de Freitas Diz

    Trabalhei minha vida toda e não posso utilizar as parcelas 6 e 7 do seguro desemprego enquanto pessoas que nunca contribuiu com um mês sé quer. E ainda zombam que trabalhar prá que se o governo dão todo apoio aos oportunistas como eles. E nós trabalhadores ficamos sem alimentar nossos familiares.

  9. Joelma Diz

    Eu sou mae solteira tem uma filha de 4 anos e ntem pai so recebo 300

  10. Viviane Diz

    É inacreditável tanta gente recebendo auxílio sem nunca ter trabalho na vida e as pessoas que perderam seus empregos agora estão desassistidos, sem poder fazer o cadastro sem receber nenhum auxílio. O Governo está de parabéns, apoia aqueles que nunca contribuíram e abandona aqueles que pagaram os impostos pra sustentar os salários deles.

  11. Mariana Gomes de Oliveira Diz

    Estou esperando o meu auxílio emergencial,olho todos os dias ,cadê o meu dinheiro, é um direito que tenho, que a justiça seja feita

  12. Mariana Gomes de Oliveira Diz

    Estou desesperada esperando que corrija o erro que foi cometido e depositar o meu auxílio que vai ser de grande ajuda.,a vida do vizinho que é boa, porque a gente que sabe onde o falo dói

  13. JOSE MARTINS DA SILVA FILHO Diz

    Cansado de saber disto. Precisamos de resposta é coisas mais concretas.

  14. KARLY VERONICA PINERO ARAUJO Diz

    Sou mãe solo, mas desde o auxílio residual não recebo o que corresponde por direito, que seria 2 parcelas, em vez disso estou recebendo R$470,00, que não alcança nem pro aluguel que está em R$510,00, eu mantenho minha mãe, que é uma idosa e não recebe aposentadoria, e o meu filho que não recebe pensão, ainda tem intolerância a lactose. Aí fui conferir o porque de eu não receber as 2 cotas, e aparece no site dataprev que é porque estamos recebendo o bolsa família, por acaso isso tira o fato de ser mãe solo e chefe de família? Quero contestar e o próprio sistema me impede. É um absurdo isso. Aí tem empresas postando vagas de emprego fictícias, a gente vá ou envia currículo e não chamam ninguém, estou tentando voltar a prestar serviço, mas os clientes não estao vindo, só por Deus mesmo.

  15. Maria de fatima vicente Diz

    Sou chefe de família tenho três filhos com poblemas psicológico todos faz tratamento no cáps o auxílio emergencial me ajudo muito na compras de remédios uma neta de seis anos q eu crio lavo roupas pra fora (diarista} obrigado de coração❤️. Meus dois filhos q são problemáticos estão na fila do inss mais até agora nada sei q deus esta presente e vai iluminar. Por necessito muito 🙏

    1. Rodrigo e Silva Castro Diz

      Gostaria q o site entrasse em contato com o ministério da cidadania pra saber como vai ficar a situação das pessoas ainda estão em reavaliação,já q o auxílio se encerra em dezembro,o meu des de julho nunca obetive resposta,e me enquadro em todas as etapas,é uma sacangem isso.

  16. Roberto Diz

    Não prorrogou seguro desemprego nem deu oportunidades para esses segurados receber auxílio nenhum por receber só 3 e 5 parcelas do seguro desemprego

  17. Edina Laura Diz

    E pra quem está em contestação em análise desde maio que ainda não obteve resposta e nunca nem conseguiu pegar nada quando vai receber????

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.