Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Geometria: resumo para ENEM e vestibulares

Confira!

Geometria: tudo o que você precisa saber

Você sabe o que é geometria?

A geometria é um dos tópicos da matéria de matemática mais abordados dentro da prova do ENEM e dos vestibulares.

Porém, esse tema envolve uma série de outros tópicos e conceitos. Assim, para que você possa guiar os seus estudos, o artigo de hoje trouxe um resumo com algumas das características que você deve estudar.

Geometria: origem da palavra

O termo “geometria” tem a sua origem na palavra “geometrein”, de origem grega. “Geo” significa Terra e “metron” significa medir. Assim, o conceito se refere à medida da Terra.

Geometria: introdução

A geometria é a área da matemática que estuda as medidas de comprimento, volume e área. Um matemático denominado “geômetra” é aquele que trabalha com a geometria.

Ainda, a geometria se encarregar de observar as propriedades e as posições que os que estão presentes na natureza têm em relação ao espaço.

Geometria: principais tópicos

Dentre os principais tópicos da geometria, podemos citar: pontos, ângulos, retas, planos, polígonos e triângulos.

Geometria: nas provas

As propriedades das formas geométricas específicas são comumente abordados no ENEM e nos vestibulares, em que problemas envolvendo cálculos de volume e de áreas costumam aparecer com frequência.

Ainda, podemos dizer que as questões de geometria propostas no exame do ENEM são sempre consideradas mais difíceis pelos candidatos, uma vez que a maioria delas envolve cálculos de álgebra, o que vai requerer atenção redobrada na resolução.

Não há dúvidas que a maioria das questões da prova de geometria do ENEM versarão sobre área e volume. Porém, os elaboradores das provas vão também mesclar assuntos como proporcionalidades, porcentagens, todo tipo de unidades de medidas e suas respectivas conversões e funções dentro dessas questões.

Assim, memorizar as fórmulas que comumente são necessárias para a resolução das questões de geometria não será suficiente para se sair bem na prova. Isso porque, a resolução das questões vai depender também do conhecimento que o candidato poderá ter dos conceitos básicos de matemática e da aplicação de diversos tópicos da matemática dentro das questões de geometria, tanto aquelas de geometria plana como aquelas de geometria analítica.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.