Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Geografia: Entenda as etapas do ciclo das rochas

O tema pode cair em questões de geografia em vestibulares e no Enem

O ciclo das rochas é um evento natural cíclico, contínuo e sem fim. A saber, ele envolve todo processo de transformação das rochas ao longo do tempo e ocorre através da erosão e do intemperismo. 

É através desse ciclo que surge a renovação e transformação da litosfera terrestre, parte sólida do planeta e leva milhões de anos para acontecer. 

Trata-se de um tema sempre cotado para vestibulares, assim como para o Enem, mais precisamente nas questões de geografia. Desse modo, vale a pena ficar ligado para estudar!

Classificação das rochas

Para entender melhor o processo é preciso considerar quais são os diferentes tipos de rochas.

  • Rochas magmáticasrochas ígneas

Obtidas através do processo de intemperismo, ou seja, condições atmosféricas, foram as primeiras rochas da Terra que se solidificaram em decorrência do resfriamento do magma pastoso do planeta. Por exemplo a pedra granito, o diorito, o diabásio, entre outras. 

  • Rochas Sedimentares – rochas estratificadas

Obtidas através do intemperismo, assim como da erosão das rochas primitivas, resultado do acúmulo de vários sedimentos. Podemos citar por exemplo da argila, areia, gesso, carvão mineral, entre outros como uma rocha sedimentar. 

  • Rochas metamórficas

Obtidas através de fenômenos como temperatura e pressão, oriundas do intemperismo. Ela surge através da transformação de outras rochas chegando a uma nova formação e peculiaridades.

A saber, esse processo de transformação de rochas em metamórficas recebe o nome de metamorfismo. Alguns exemplos dessas rochas são o mármore, ardósia, quartzito, xisto entre outras. 

Etapas do ciclo das rochas

O ciclo das rochas se condensa em algumas etapas. A seguir você entende como ocorre cada uma delas.

  • Magma: Ele começa no interior do planeta, quando o magma que é uma rocha fundida ou lava, é expelida de dentro da Terra, por meio de uma atividade vulcânica. Quando chega a superfície, naturalmente o magma sofre um resfriamento. 
  • Cristalização: Devido o resfriamento do magma, acontece a cristalização da massa mineral, dando origem às rochas magmáticas ou ígneas. 
  • Erosão: Trata-se de uma atividade que acontece de forma natural em decorrência do desgaste do relevo. A erosão pode acontecer pela força da água e do vento. 
  • Sedimentação: Após ocorrer o processo de erosão, várias camadas de sedimentos vão parar nas bacias sedimentares nas camadas mais baixas. Desse modo, surge a formação das rochas sedimentares. 
  • Enterro tectônico e Metamorfismo: Ao longo do tempo, as rochas sedimentares passa por diversos processos químicos e físicos por conta da temperatura e pressão, corroborando para a transformação das rochas em metamórficas.
  • Fusão: O planeta não para, e mesmo acontecendo os processos de transformação a temperatura segue trabalhando na superfície, e dessa maneira temos como resultado a fusão do magma, sendo transformado em rocha ígnea. Isto significa que com o passar de milhares de anos, o ciclo volta a se iniciar.

E então, você por acaso já tinha estudado sobre ciclo das rochas para o Enem ou vestibular? Aproveite essa fase final para se aprofundar no tema!

Leia também – 4 razões para estudar geografia com mais atenção

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.