Gasolina x Etanol: descubra qual combustível é MAIS VANTAJOSO

Preços de ambos os combustíveis caíram na semana passada, mas um deles teve melhor custo-benefício em todas as UFs

Os combustíveis fecharam a segunda semana de 2023 em queda firme nos postos do país. No ano passado, tanto a gasolina quanto o etanol hidratado ficaram mais baratos nas bombas. E isso também aconteceu na semana passada, com o valor médio de ambos os combustíveis recuando em relação à semana anterior.

A saber, os motoristas ainda têm muitas dúvidas sobre qual o melhor combustível para abastecer seus veículos. Os questionamentos envolvendo a gasolina e o etanol hidratado, podem até ser numerosos, mas a resposta para essas perguntas é bem simples. A propósito, ambos os combustíveis são concorrentes nas bombas.

Em suma, o etanol não consegue proporcionar um desempenho tão elevado quanto a gasolina. Por isso mesmo que o seu preço é inferior ao do combustível fóssil. E, para saber qual dos dois é mais vantajoso, os motoristas precisarão fazer um cálculo simples. Continue lendo e descubra como a equação é feita.

Na semana passada, o preço da gasolina caiu 1,56% no país, passando de R$ 5,12 para R$ 5,04. Por sua vez, o etanol teve uma queda de 1,74%, com o valor médio caindo de R$ 4,01 para R$ 3,94 no país.

A propósito, esses dados fazem parte do levantamento divulgado semanalmente pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em resumo, a entidade pesquisa os preços dos combustíveis em mais de 5 mil postos do país e divulga o valor médio da gasolina, do etanol hidratado e do óleo diesel.

Veja qual combustível teve melhor custo-benefício

Em números absolutos, a diferença entre os combustíveis é bem expressiva. A saber, o preço médio do etanol correspondeu a 78,2% do valor da gasolina no país. Contudo, a taxa precisaria ser ainda menor para que o etanol se tornasse mais vantajoso que o combustível fóssil.

Isso quer dizer que, em média, a gasolina foi mais vantajosa que o etanol na semana passada. Aliás, esse resultado foi registrado em todas as unidades federativas (UFs).

Na verdade, isso vem acontecendo desde novembro do ano passado. Por isso, quem gosta de abastecer o veículo com etanol precisa deixá-lo de lado, pelo menos por enquanto, caso queira um custo-benefício melhor.

Em síntese, o valor do etanol deve ser igual ou inferior a 70% do preço da gasolina para que o seu custo-benefício seja maior que o do seu concorrente nas bombas. Caso o resultado da equação supere essa marca, os motoristas devem optar pela gasolina, pois ela oferecerá um rendimento melhor ao veículo.

Na semana passada, assim como vem ocorrendo há quase dois meses, todas as UFs tiveram taxas superiores a 70%. Isso quer dizer que a gasolina foi mais vantajosa que o etanol em todo o país.

Veja abaixo os menores percentuais entre as UFs do país.

  • Mato Grosso: 71,9%
  • Goiás: 76,0%
  • São Paulo: 77,8%
  • Amazonas: 78,6%
  • Paraíba: 78,7%
  • Rio Grande do Norte: 79,6%
  • Minas Gerais: 79,7%
  • Mato Grosso do Sul: 80,3%
  • Alagoas: 80,8%
  • Sergipe: 80,9%
  • Bahia: 80,9%

Embora essas tenham sido as menores taxas registradas entre as UFs, todas elas ficaram acima de 70%. Em outras palavras, a gasolina teve um custo-benefício superior ao do etanol em todo o país por mais uma semana.

Descubra como fazer o cálculo

De acordo com especialistas, os motoristas do país precisam realizar um cálculo para saber se a gasolina é mais vantajosa que o etanol, e vice-versa. Em suma, a conhecida relação dos 70% deve sempre ser levada em consideração antes de optar por algum destes combustíveis.

Segundo Márcio D’Agosto, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), “um litro de etanol equivale a cerca de 70% do litro da gasolina em termos de conteúdo energético”. Isso quer dizer que o preço do etanol deve ser igual ou menor que 70% do preço da gasolina. Assim, o custo-benefício do etanol ficará mais atrativo que o da gasolina.

É importante que todos os motoristas analisem os valores dos combustíveis nos postos antes de abastecer. Até porque o preço máximo da gasolina encontrado pela ANP nos postos do país chegou a R$ 6,99 na semana passada, enquanto o valor mais alto do etanol foi de R$ 6,37. Isso mostra que, em alguns locais, as taxas podem ser ainda piores para o biocombustível.

Seja como for, o mais importante é buscar alternativas para os altos preços. Caso ambos os combustíveis estejam custando mais do que o motorista pode pagar, a opção é deixar o veículo em casa e utilizar o transporte público.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.