Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Financiamento estudantil alternativo ao FIES

Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é um programa criado pelo Ministério da Educação (MEC) para ajudar estudantes a ingressarem em cursos do ensino superior da rede privada.

Desse modo, aqueles que conseguem ser contemplados pelo Fies recebem até 100% de financiamento da graduação. O pagamento do financiamento só começa depois de concluída a formação. Desse modo, o programa que iniciou em 1999 é visado por muitos estudantes.

No entanto, a cada ano, o número de financiamentos disponibilizados vem caindo. Apesar de haver mais de uma chamada por ano, há muitos estudantes que não conseguem o benefício do financiamento estudantil, o que pode atrapalhar os planos de obter um diploma de nível superior.

Apesar do Fies ser o programa de financiamento mais conhecido dos brasileiros, há ainda outras opções. Desse modo, é possível conseguir realizar um curso de graduação em faculdade particular com opções alternativas.

“Não consegui o Fies. E agora?”

De fato, o Fies é uma das melhores opções para aqueles que precisam de alguma estratégia financeira para ingressar em uma faculdade privada. No entanto, há diversas instituições que facilitam as condições de pagamento de mensalidade para estudantes de baixa renda. Além disso, há outros programas que podem ajudar o estudante nesse sentido.

Diversas faculdades têm seu próprio programa de financiamento. Assim, o aluno pode conseguir condições especiais e com juros baixos. Vale a pena conferir junto à instituição na qual você deseja ingressar e conversar sobre as possibilidades. Mas, nesse caso, é preciso ficar atento aos juros e a todas as cláusulas do acordo.

Ademais, há diversos outros programas que podem ser uma boa alternativa ao Fies, como os de créditos universitários, o Programa Bolsa- Universidade e o Educa Mais Brasil. Todos esses programas costumam ter datas bem definidas, então é preciso estar atento a divulgação de prazos e editais.

Por fim, outra ótima opção é o Prouni, programa voltado para jovens que ainda não possuem diploma de ensino superior. Um dos critérios é o de renda, então, o programa contempla aqueles que não possuem condições financeiras para arcar com mensalidades em uma faculdade privada. As bolsas disponibilizadas pelo governo federal são de 50% e de 100%. Confira aqui mais detalhes sobre o Prouni.

E aí? Gostou do texto? Então deixe o seu comentário!

Clique aqui para ver mais dicas. 
Leia também Mentoria Estudantil: Saiba o que é e quais são as suas vantagens.
Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.