Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Fies: MEC adia para 2022 exigência de nota mínima na redação do Enem

A nova regra exige que o beneficiário do programa tenha tirado ao menos 400 pontos na redação

O Ministério da Educação (MEC) adiou para janeiro de 2021 a exigência de nota mínima na redação do Enem para quem tem Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

Prevista para entrar em vigor já em 2020, a medida consiste em exigir dos participantes nota igual ou superior a 400 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio.

Entretanto, ocorreu o adiamento da decisão para o ano de 2022. O Diário Oficial da União traz a publicação da portaria na última terça-feira (13).

De acordo com o MEC, decidiu-se alterar o requisito em relação à redação para garantir “a meritocracia como base para formar profissionais ainda mais qualificados”.

A saber, não existia nas regras do Fies a exigência de nota mínima para a redação do Enem. Até o momento, o beneficiário deveria apenas não ter zerado na devida prova.

Lembrando que outros programas do governo, como por exemplo o Programa Universidade para Todos (ProUni), assim como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), também utilizam-se dessa mesma regra.

Inscrições para o Fies 2021

Há novos prazos de inscrições para as vagas remanescentes do Fies relativas ao segundo semestre de 2020. Cerca de 50 mil vagas serão disponibilizadas, consistindo naquelas não preenchidas nos processos seletivos regulares anteriores.

No próximo dia 26 de outubro abrem as candidaturas. Não somente os candidatos não matriculados em faculdade privada como também aqueles já matriculados em alguma instituição poderão se inscrever.

Mas a saber, nos dois primeiros dias de inscrição, das 7h do dia 26 até as 23h59 do dia 27, só poderão se candidatar aqueles cujos cursos fazem parte das áreas do conhecimento prioritárias. Por exemplo: de saúde, engenharia, licenciaturas e ciência da computação.

Já para os não matriculados em instituição de educação superior, as candidaturas poderão ocorrer até 23h59 do dia 3 de novembro. Além disso, para quem já se encontra matriculado no curso, turno e instituição para a qual deseja se inscrever para tentar o Fies, o prazo termina às 23h59 do dia 27 de novembro.

As inscrições ocorrem através da página oficial do Fies na internet. Clique aqui para fazer a sua.

De acordo com o MEC, as datas foram postergadas por conta da alta procura por inscrição para as vagas remanescentes. Desse modo não haverá prejuízo para os candidatos que conseguiram concluir a inscrição nos dias 6 e 7 de outubro.

A decisão de ampliar os prazos, segundo a pasta, considera a necessária proporcionalidade ao período em que ocorreu anormalidade no sistema de inscrição do Fies.

Leia também – Financiamento estudantil alternativo ao FIES

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.