Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

FATO ou FAKE? Aprovados podem ficar sem todas as quatro parcelas de R$ 300?

Apenas um grupo de beneficiários terão direito às quatro parcelas adicionais de R$ 300

O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) divulgou recentemente que prorrogará o auxílio emergencial em mais quatro parcelas, agora de R$ 300 cada uma. A prorrogação foi batizada de “auxílio emergencial residual”.

Nenhum dos beneficiários precisará se cadastrar para receber o auxílio emergencial residual. Os aprovados para as cinco parcelas de R$ 600 automaticamente podem receber as quatro parcelas de R$ 400.

Entretanto, nem todos os beneficiários irão receber todas as quatro parcelas. Apenas quem recebeu a primeira parcela de R$ 600 em abril irá receber as quatro parcelas de R$ 300. Quem começou a receber maio, receberá três parcelas de R$ 300.

Quem começou a receber em junho, receberá duas parcelas de R$ 300. E quem começou a receber em julho, receberá uma parcela de R$ 300.

Isso acontecerá porque, de acordo com o Ministério da Cidadania, a data limite para pagamento do auxílio emergencial residual é dezembro de 2020. No caso de mães chefes de família, as novas parcelas serão de R$ 600.

Quem passou a ter vínculo empregatício enquanto recebia o auxílio ou a receber algum programa de transferência ou seguro-desemprego não receberá a prorrogação.

Além disso, o auxílio emergencial residual leva em conta a declaração de Imposto de Renda de 2019; na primeira fase, de parcelas de R$ 600, era levada em conta a declaração do Imposto de Renda de 2018.

Auxílio prorrogado até dezembro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio emergencial por quatro meses no valor de R$ 300. A extensão do auxílio já foi oficializada por meio de medida provisória e agora terá que ser aprovada por deputados e senadores no Congresso Nacional.

“Não é um valor o suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300”, disse Bolsonaro. 

Neste ano, o Executivo depositou cinco parcelas de R$ 600 para os beneficiários do auxílio, visando ajudar os brasileiros de baixa renda, trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados.   

O presidente Jair Bolsonaro já havia informado sobre a redução do valor do benefício e argumenta que, se o valo pode parecer pouco para os brasileiros afetados pela pandemia, “é muito para quem paga, no caso, o Brasil”.  

De acordo com cálculos feitos pela equipe econômica, o custo mensal do benefício foi de R$ 50 bilhões por mês durante a primeira fase do programa. 

Veja também: Auxílio BEm: CONFIRA os pagamentos entre R$ 261,25 e R$ 1.813,03

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

4 Comentários
  1. Ana Diz

    Essa lógica de quem começou a receber em maio vai pegar tanta parcelas,esqueceram de olhar que teve pessoas que eles pularam mês de pagamentos,eu fui uma que não recebi mês de julho e agora outubro tmb vao pular um mês,minha última parcela de 600 é em novembro,então pela lógica irei pegar apenas uma de 300 reais,e fui aprovada em maio

  2. Wilma Ramalho Diz

    Injustiça era pra pagar quatro parcelas a todos.

  3. Gislaine Feliciani Machado Diz

    Ta muito difícil a situação..sem o auxílio e a comida cara e sem.emprego ta difícil

  4. Walmir Diz

    Que o poder Deus caía novamente sobre a terra como caiu em todo o planeta terra, para que a humanidade entenda que Deus é Deus. Ele faz e faz bem feito. Só Deus tem o poder de dominar tudo e todos como ele quer e deseja. Nada aqui pertence a ninguém, tudo aqui na terra pertence a Deus. Basta saber que todo ser humano é mortal e vive pela misericórdia de Deus. E quando morre não leva nada. Deus é quem tem o poder de tudo no céu e aqui na terra .

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.