Este grupo poderá receber BPC fora do prazo, confira

Uma situação de calamidade pública na Amazônia faz com que o Governo libere o pagamento dos benefícios sociais antecipadamente

Receber BPC fora do prazo pode ser possível para os moradores da Amazônia. Isso porque muitos enfrentam situação de calamidade pública devido ao período de estiagem mais longo da história. Desse modo, esse fenômeno levou o Governo Federal a tomar medidas para reduzir as consequências dessas secas na vida das pessoas. Uma dessas medidas é a antecipação do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC).
Assim sendo, para que você saiba tudo o que precisa sobre esse assunto, reunimos algumas das principais informações para te passar.
Acompanhe a leitura até o final e confira!

Este grupo poderá receber BPC fora do prazo, confira os detalhes

Conforme mencionado acima, o estado do Amazonas enfrenta um período de estiagem histórica que está gerando consequências negativas na locomoção, no trabalho e na economia da região. Dessa forma, diante dessa situação, o Governo Federal reconheceu o estado de calamidade pública em mais de 50 municípios do Amazonas.

Sendo assim, em resposta à emergência, o vice-presidente Geraldo Alckmin anunciou a antecipação do pagamento do BPC, do Bolsa Família e do seguro-defeso na região. De acordo com Alckmin, essas medidas visam fornecer apoio às pessoas mais pobres e em situação de vulnerabilidade durante esse período desafiador.

Saiba mais sobre a antecipação do benefício

Diante dessa infeliz situação, o Governo Federal tomou a iniciativa de adiantar todos esses benefícios sociais para auxiliar os cidadãos amazonenses.

Assim, o Benefício de Prestação Continuada, que normalmente seria pago em 10 dias no mês de outubro, será antecipado para o dia 25 do mesmo mês para todos os beneficiários na região.

Quem tem direito ao BPC fora do prazo no Amazonas?

Bem como todos os benefícios sociais do Governo, para receber o BPC o beneficiário deve cumprir alguns requisitos, incluindo:

  • Estar no Cadastro Único;
  • Ter uma renda familiar de no máximo 1/4 do salário mínimo por pessoa da família;
  • Ser idoso com mais de 65 anos ou pessoa com deficiência permanente, e;
  • Passar por uma perícia médica do INSS.

A antecipação do BPC está disponível para todos os moradores beneficiários das cidades que decretaram situação de calamidade pública. Dessa maneira, o INSS irá realizar o pagamento de maneira antecipada até que esse decreto perca a validade.

Além disso, vale destacar que o valor do BPC equivale a um salário mínimo, que atualmente está em R$ 1.320.

Como verificar a situação do benefício?

Além de cumprir os requisitos, os beneficiários amazonenses devem verificar se o benefício está ativo antes de recebê-lo. Ademais, também é preciso checar o valor e a data de pagamento.

Para isso, basta seguir o seguinte passo a passo:

  1. Primeiramente, acesse o portal ou aplicativo Meu INSS e faça login;
  2. Então, na primeira página, será informado qual benefício o cidadão recebe e se ele está ativo;
  3. Desse modo, no menu, procure por “Extratos” e “Extrato de pagamentos”;
  4. Por fim, selecione o mês de outubro para descobrir o valor do benefício e a data de pagamento.

Confira o calendário de pagamentos do INSS

Além da antecipação do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para os moradores da Amazônia em situação de calamidade pública, é importante estar ciente do calendário de pagamentos do INSS para os demais beneficiários. Vale destacar que isso inclui não apenas o BPC, mas também outros benefícios previdenciários.

Assim como muitos já sabem, o INSS organiza o calendário de pagamentos de acordo com o último número do cartão do benefício. Assim, isso garante uma distribuição equitativa e eficiente dos pagamentos.

Dito isso, confira as datas de pagamento para os beneficiários de acordo com o último número de seus cartões:

  • Final do cartão com o número 1: receberão em 25 de outubro;
  • Número 2: em 26 de outubro;
  • Número 3: em 27 de outubro;
  • Número 4: Receberão em 28 de outubro;
  • Número 5: Receberão em 31 de outubro;
  • Número 6: Receberão em 1 de novembro;
  • Número 7: Receberão em 3 de novembro;
  • Número 8: Receberão em 4 de novembro;
  • Número 9: Receberão em 7 de novembro e;
  • Número 0: Receberão em 8 de novembro.

O que fazer em caso de dúvidas?

Por fim, em caso de dúvidas ou problemas com os pagamentos, os beneficiários podem entrar em contato com o INSS por meio dos canais de atendimento disponíveis, como o telefone 135 ou o site oficial. Lembre-se que esses meios de comunicação existem lá para fornecer suporte e resolver qualquer questão que se relacione aos benefícios.

Agora que você já sabe qual grupo poderá receber BPC fora do prazo e como consultar, siga as orientações e aproveite essa oportunidade de auxílio do Governo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.