Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Mutações do Coronavírus: Quais os riscos e medidas que estão sendo tomadas?

Após o Reino Unido anunciar as novas mutações do coronavírus, muito questiona-se sobre esse assunto. Além disso, por ser 75% mais transmissível gera maior preocupação para a população e também autoridades de saúde. 

Conheça no artigo quais são os riscos que essa mutação pode trazer. Veja também quais são as medidas necessárias para evitar a propagação do vírus e contaminação. Além de conhecer as restrições que diversos países estão aderindo. 

Mutações do Coronavírus: O que é? 

Quando se ouve o termo mutação, gera um certo medo. Certamente, devido ao que se conhece em filmes de ficção científica. Contudo, na realidade, mutações são normais dos vírus. Mas, não podem ser consideradas nem boas e nem maus. 

O Covid-19 também sofreu mutações desde o início da pandemia. Entretanto, o vírus teve diversas modificações. Até então, nenhuma delas ainda tinha tido qualquer consequência. Veja abaixo como ocorrem as mutações do coronavírus

  • Quando entra na célula, o vírus do Covid-19 faz a sua replicação;
  • Após, cria diversas cópias de si para poder espalhar-se nas demais células; 
  • Para cada replicação, pode ocorrer erros nos genomas copiados. Eles podem ter consequências para o vírus; 
  • Assim, gera-se as mutações.

Riscos das mutações do coronavírus

Segundo os estudos iniciais, as mutações do coronavírus não aumentam a gravidade da doença. Mas, aumenta ainda mais a transmissão do vírus. Sendo então, cerca de 75% maior do que no início. 

Além disso, ainda não pode-se comprovar que a imunização é eficaz para essa nova cepa. Contudo, o cronograma de vacinação, em diversos países, continuará normalmente. Sendo assim, após estudos, poderá ocorrer modificação na formulação da vacina.

Quais são as medidas necessárias para evitar contaminação de novas mutações do coronavírus 

Segundo autoridades de saúde do mundo todo, a melhor prevenção é evitar a exposição do vírus. Principalmente agora, com as novas mutações do coronavírus por aí. Algumas medidas simples podem evitar a contaminação. Por exemplo:

  • Ao tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz com lenço descartável;
  • Usar a máscara de proteção ao sair de casa; 
  • Lavar as mãos constantemente e fazer o uso do álcool em gel; 
  • Não ficar em aglomerações; 
  • Evitar o contato físico;
  • Evite hospitais e possíveis lugares com maior risco de contaminação.

Além disso, evite qualquer contato com pessoas que estejam com sintomas do Covid-19. Certamente, se você estiver com qualquer sinal, procure orientação médica. Também respeite o isolamento. Dessa forma, estará ajudando o país a evitar mais casos da doença.

Avalie o Texto.

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.