Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Textos não verbais no Enem: Saiba interpretá-los!

Leitura e interpretação de textos não verbais.

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) sempre apresentam textos verbais e textos não verbais em suas questões. É necessário saber diferenciar os textos não verbais!

Os textos imagéticos, como tirinhas, charges e cartuns são tão importante quanto a leitura dos textos escritos.

A boa interpretação de todos eles faz parte do domínio das tipologias e gêneros textuais, que estudamos nas aulas de Língua Portuguesa.

No entanto, no Enem, as tirinhas, charges e cartuns, textos não verbais mais recorrentes, não estão restritas apenas aos textos norteadores da redação ou à parte de língua portuguesa. Saber diferenciar textos não verbais é indispensável, pois este estar presentes em todo o exame.

Por esse motivo, é necessário que você saiba diferenciar estes três tipos de textos para que a leitura e a interpretação sejam feitas de forma adequada, facilitando a resolução das questões e agilizando o seu tempo de resposta nas provas.

Quer saber diferenciar os textos não verbais? Vamos lá.

Tirinhas

A tirinha consiste em uma sequência de quadrinhos, que pode ou não combinar linguagem verbal e não verbal.

As tirinhas apresentam personagens e contam histórias curtas que, a princípio, não apresentam contexto histórico. No entanto, as tirinhas podem trazer algum tipo de reflexão ou crítica social, deixando subentendido, em alguns casos, ensinamentos.

Algumas personagens de tirinhas são velhas conhecidas nossas dos livros didáticos. É o exemplo de Mafalda, do argentino Quino, de Armandinho, de Alexandre Beck, e de Garfield,  de Jim Davis.

Charges

A charge, por sua vez, combina três elementos: linguagem verbal e não verbal, desenho único, e contexto histórico.

Diferente da tirinha que pode ser apresentada em dois ou mais quadros com desenhos diferentes, a charge é feita em uma só cena. Além de, geralmente, tratar de alguma questão social ou política, apresentando um gancho histórico, bem como a imagem de figuras públicas.

É necessário ter conhecimento dos acontecimentos para compreender, como na imagem abaixo, que contém uma sátira à fala da ministra Damares Alves.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Cartuns

O que diferencia o cartum da charge é justamente a ausência do contexto histórico ou político. O cartum pode conter critica ou sátira, mas não está restrito a elas necessariamente.

Desse modo, pode conter reflexão acerca de acontecimentos cotidianos comuns, com linguagem bem humorada.

O cartum também é composta textos não verbais que não necessariamente estarão combinados a textos verbais.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?