Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

E-commerce: Modelos de comércio no mercado eletrônico

O aumento do comércio eletrônico é evidente depois da pandemia.

Uma pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) revela que desde Março, lojas virtuais chegaram a registrar um aumento de mais de 180% em transações nas categorias de alimentos, bebidas, beleza e saúde.

Portanto, se você é empreendedor e tem uma empresa independente do tamanho, precisa saber os benefícios e as diferenças entre os canais virtuais de venda.

É importante entender essas diferenças para saber quais são as tendências da tecnologia e os impactos dela no seu negócio.

Sem contar na análise que você pode fazer para saber qual desses comércios eletrônicos sua empresa pode começar a investir.

E-commerce

Vamos começar por ele que é o mais conhecido, e muito ouve-se falar sobre ele atualmente.

E-commerce nada mais é que um site que permite vendas pela internet. Nesse sistema de vendas, as empresas conseguem vender e realizar as transações financeiras através de lojas virtuais.

Os nichos mais vendidos no e-commerce são perfumaria, cosméticos, saúde, em segundo  modas e acessórios, seguidos por eletrodomésticos e equipamentos de esporte e lazer.

Agora, vamos conhecer os demais tipos de comércio eletrônico, que talvez nunca tenha nem ouvido falar, mas que também são muito usados.

M-commerce

Com o aumento do uso de celulares, é natural que boa parte das compras virtuais sejam feitas por intermédio desses aparelhos.

Portanto, o M-commerce é o comércio relacionada as compras realizadas via celular.

Muitos aplicativos foram criados para os próprios smartphones, através disso, começaram a se destacar outros aplicativos como toques de músicas, app, jogos etc.

Visando isso as lojas virtuais viram que o número de usuários que finalizavam suas compras via smartphones cresceu, e começaram a adaptar suas lojas virtuais para esse formato.

S-Commerce

É um comércio eletrônico que agrega consumidores e realiza vendas, usando as atribuições das redes sociais como: compartilhamento de páginas de produtos, dos comentários sobre produtos, das curtidas, das avaliações de produtos entre outros.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

O facebook, inclusive, possibilita a criação de uma loja virtual dentro da própria rede.

Outras redes sociais também são exemplos de S-commerce, Twitter, Pinterest, sites de compras coletivos, site de comparação de produtos etc, enfim tudo que envolve interação entre consumidores.

T-Commerce

Esse tipo de comércio envolve envolve o uso da tecnologia por trás da televisão digital para enviar publicidade aos espectadores.

Existem também aplicativos que permitem que o consumidor realmente peça produtos clicando nos ícones exibidos na tela.

As grandes marcas Lg, Sony estão viabilizando o t-commerce, aumentando a capacidade dos varejistas de introduzir vitrines em seus aplicativos.

Já a realização de pagamentos por essas plataformas ainda é um desafio, pois dependem de parâmetros de segurança adicionais.

O uso do T-commerce prevê que o consumidor possa obter mais informação sobre o produto e até mesmo faça um pedido em tempo real.

Esses são os tipos de comércio eletrônico que vem dominando o mundo da internet nos dias atuais, por isso a importância do seu negócio se adequar quanto antes, se ainda não for, ao mundo digital.

 

 

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?