Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Sem aulas presenciais, Projeto Tom nas Escolas chega às plataformas digitais

Durante o mês de agosto e início de setembro, os alunos do programa Orquestra nas Escolas vão tocar diversas canções da obra do poeta

Mostrar para as novas gerações a importância da obra do maestro Antônio Carlos Jobim. Este é um dos objetivos de um projeto que resultou de uma parceria entre o Instituto Antônio Carlos Jobim e o Programa Orquestra nas Escolas, que desde 2017 oferece aulas gratuitas de música e instrumentos musicais a alunos da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro.

Este ano, devido às medidas de isolamento social, o Projeto “Tom nas Escolas” precisou se adaptar, e os alunos deixaram às salas de aula, os ensaios e atividades pedagógicas presenciais para ocupar um novo espaço: as plataformas digitais.

O resultado desse trabalho pode ser conferido no Youtube, nas redes sociais e no aplicativo de estudos “Carioca 2020”, que já tem quase seis milhões de acessos. O projeto também está disponível na Sala de Leitura Virtual, da Secretaria Municipal de Educação.

Durante o mês de agosto e início de setembro, os alunos do programa Orquestra nas Escolas vão tocar diversas canções da obra do poeta, na companhia de músicos ligados a Tom Jobim. No repertório, sucessos como: Garota de Ipanema, Samba de uma nota só e Corcovado. Também serão realizadas lives semanais, com depoimentos de personalidades.

Violinista do programa Orquestra nas Escolas e aluna da Escola Municipal Rivadávia Correa, no Centro do Rio, Sofia Carvalho, de 14 anos, exalta a obra do maestro e compositor carioca. Para ela, Tom é um exemplo a ser seguido.

A coordenadora do programa Orquestra nas Escolas, da Secretaria Municipal de Educação, a pianista Moana Martins, ressalta a importância do projeto. Ela conta que mais de 600 mil alunos da rede de ensino do município do Rio terão a oportunidade de se aproximar da vivência do artista e, assim, ampliar o olhar ao mundo que os cerca.

Para o compositor Paulo Jobim, filho de Tom, oferecer este conteúdo para as novas gerações vai enriquecer a qualidade do ensino, além de ajudar a imortalizar ainda mais a obra de seu pai. *As informações são da Rádio Agência Nacional.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?