Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Programa Novos Caminhos: Cursos de qualificação profissional pelo MEC

Um dos programas mais recentes  do Ministério da Educação (MEC) é o Programa Novos Caminhos.

Lançado em outubro de 2019, o programa tem como objetivo proporcionar formação tecnológica e profissional para jovens.

Nesse sentido, a meta do programa é de elevar o número de brasileiros matriculados em em cursos técnicos e de qualificação profissional. Assim, o MEC ambiciona aumentar o número de 1,9 milhão para 3,4 milhão até o ano de 2023.

No lançamento do programa, o então ministro da Educação Abraham Weintraub afirmou que o programa será de grande valia para romper o preconceito contra as funções técnicas: “Um curso técnico bom permite ao jovem ter renda superior a alguém formado em curso superior, que não tem foco na realidade”.

Abertas 24,7 mil vagas de qualificação profissional a distância

O Programa Novos Caminhos segue, desse modo, sua agenda com a criação de cursos a distância durante o período de crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus.

Assim, MEC anunciou a abertura de 24,7 mil vagas em cursos EaD (Educação a Distância) para o segundo semestre de 2020.

No primeiro semestre, o programa ofertou cerca de 169 mil vagas. Nesse sentido, o MEC afirmou que esse número é 514% superior ao número de cursos desse tipo criados em 2019, dando um impulso para a educação a distância, especialmente em meio a pandemia.

Assim, as vagas disponibilizadas pelo Programa Novos Caminhos no segundo semestre estão abertas para inscrições desde a última quarta-feira (15). O período de inscrições encerra dia 27 de julho.

Algumas das instituições que estão ofertando vagas são: Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal de Viçosa, Instituto o Federal Baiano, Instituto Federal Goiano, Instituto Federal de Alagoas, Instituto Federal do Amazonas, Instituto  Federal do Tocantins, Instituto Federal de Rondônia, Instituto Federal do Maranhão, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, e Instituto Federal do Triângulo Mineiro.

Segundo o MEC, as vagas contemplam áreas como construção civil, agropecuária, informática e serviços.

Fonte: Ministério da Educação.

Gostou deste texto? Deixe aqui seu comentário.

Veja também Saiba mais sobre Educação em Prática, novo programa no MEC.
Clique aqui para mais notícias sobre o Ministério da Educação.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?