Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Bolsonaro reuniu ministros para últimos ajustes na 2ª fase da reforma tributária

Segunda fase deve tratar da desoneração da folha de pagamento para compensar novo imposto

Nesta segunda-feira (28), por volta das 11h da manhã, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reuniu no Palácio da Alvorada com ministros e líderes de partidos. O assunto foi a proposta da segunda fase da reforma tributária.

Os políticos devem discutir ajustes na proposta da reforma. Esses ajustes foram pedidos por líderes dos partidos em encontro com a equipe econômica do governo no último domingo.

A nova etapa da reforma tributária tem como foco a desoneração da folha de pagamento. Isso seria feito para compensar a criação de um novo imposto para os brasileiros. Além disso, também deve ser feitas mudanças no Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

O objetivo do governo é aumentar a faixa de isenção dos atuais R$ 1.903,98 para R$ 3.000. Participaram da reunião os ministros Braga Betto (Casa Civil), Fábio Faria (Comunicações), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e Paulo Guedes (Economia).

A reunião também foi feita para discutir sobre o Renda Cidadã, novo programa social do governo. Esse programa, que substituirá o Bolsa Família, deve pagar entre R$ 200 e R$ 300. A criação do programa social foi o maior foco da reunião.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?