Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Poupança digital Caixa está BLOQUEADA para esta função

Diferente do que estabelece a lei que criou o auxílio emergencial, a Caixa anunciou que, por enquanto, vai impossibilitar cidadãos de fazer a transferência dos recursos da segunda parcela.

Diferente do que estabelece a lei que criou o auxílio emergencial, a Caixa anunciou que, por enquanto, vai impossibilitar cidadãos que recebem o benefício pela poupança digital de fazer a transferência dos recursos da segunda parcela para alguma outra conta por meio de DOC ou TED.

Na última semana, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, justificou a medida adotada argumentando que as famílias transferiam o dinheiro para conhecidos e, assim, driblando o calendário de saques formulado para evitar aglomerações nas agências.

Entretanto, a lei que criou o benefício garante a operação. O texto garante “no mínimo uma transferência eletrônica de valores ao mês sem custos para conta bancária mantida em qualquer instituição financeira habilitada a operar pelo Banco Central”.

Questionada sobre a proibição, a Caixa respondeu que “as regras definidas para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial seguem o estabelecido pela portaria nº 386 do Ministério da Cidadania, publicada no Diário Oficial da União no dia 15 de maio de 2020”.

Porém, no ordenamento jurídico brasileiro, uma portaria serve apenas para regular uma lei já existente, não sendo, portanto, permitido criar, extinguir ou contrariar normas legais. Hierarquicamente, uma lei aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República tem maior força do que uma portaria ministerial.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

“A Caixa informa ainda que a organização do pagamento das novas parcelas do auxílio emergencial visa evitar aglomerações nas agências bancárias e contribuir para a observância das medidas de proteção à saúde da população e de segurança no sentido de evitar a propagação da covid-19”, afirmou o banco, em nota.

Segunda parcela

Neste sábado, 23 de maio, a o Governo faz o depósito do auxílio emergencial de R$600 para quem nasceu em julho e agosto e recebeu a primeira parcela até 30 de abril. A única exceção, conforme já informado aqui no Notícias Concursos, é o beneficiário do Bolsa Família, que recebe de acordo com outro calendário.

Os valores serão depositados diretamente na poupança digital da Caixa. Todos os beneficiários da segunda parcela receberão o auxílio em uma conta digital, mesmo quem cadastrou uma conta de outro banco no cadastro. Nesse caso, os valores poderão ser usados para, por exemplo, efetuar pagamento de contas e boletos e para compras através de cartão de débito virtual.

Para saques do dinheiro em espécie ou transferência para um outro banco, vai ser necessário aguardar alguns dias, seguindo o calendário que começa no dia 30 de maio (veja abaixo).

Primeira parcela

Neste sábado, 23 de maio, o Governo segue com o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para quem teve o cadastro aprovado pela Dataprev na última semana.

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, mais 8,3 milhões de pessoas que se inscreveram por meio do aplicativo ou site da Caixa para recebimento do retroativo da primeira parcela do auxílio emergencial de R$600.

O pagamento para quem ainda não recebeu a primeira parcela vai ser feito em etapas, por mês de nascimento, e estará imediatamente disponível para saque.

Neste sábado, 23 de maio, o dinheiro é depositado para os nascidos em maio, junho ou julho.

Veja o calendário de pagamentos da primeira parcela:

  • 19 de maio: nascidos em janeiro
  • 20 de maio: nascidos em fevereiro
  • 21 de maio: nascidos em março
  • 22 de maio: nascidos em abril
  • 23 de maio: nascidos em maio, junho ou julho
  • 25 de maio: nascidos em agosto
  • 26 de maio: nascidos em setembro
  • 27 de maio: nascidos em outubro
  • 28 de maio: nascidos em novembro
  • 29 de maio: nascidos em dezembro

Pagamento da segunda parcela

Calendário da 2ª parcela (uso digital) – Poupança Social

  • 20 de maio (quarta-feira) – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21 de maio (quinta-feira) – nascidos em março e abril
  • 22 de maio (sexta-feira) – nascidos em maio e junho
  • 23 de maio (sábado) – nascidos em julho e agosto
  • 25 de maio (segunda-feira) – nascidos em setembro e outubro
  • 26 de maio (terça-feira) – nascidos em novembro e dezembro

Calendário da 2ª parcela (saque) – Bolsa Família

  • 18 de maio (segunda-feira) – NIS 1 – PAGO
  • 19 de maio (terça-feira) – NIS 2
  • 20 de maio (quarta-feira) – NIS 3
  • 21 de maio (quinta-feira) – NIS 4
  • 22 de maio (sexta-feira) – NIS 5
  • 25 de maio (segunda-feira) – NIS 6
  • 26 de maio (terça-feira) – NIS 7
  • 27 de maio (quarta-feira) – NIS 8
  • 28 de maio (quinta-feira) – NIS 9
  • 29 de maio (sexta-feira) – NIS 0

Calendário da 2ª parcela (saque) – Poupança Social e demais públicos

  • 30 de maio (sábado) – nascidos em janeiro
  • 01 de junho (segunda-feira) – nascidos em fevereiro
  • 02 de junho (terça-feira) – nascidos em março
  • 03 de junho (quarta-feira) – nascidos em abril
  • 04 de junho (quinta-feira) – nascidos em maio
  • 05 de junho (sexta-feira) – nascidos em junho
  • 06 de junho (sábado) – nascidos em julho
  • 08 de junho (segunda-feira) – nascidos em agosto
  • 09 de junho (terça-feira) – nascidos em setembro
  • 10 de junho (quarta-feira) – nascidos em outubro
  • 12 de junho (quinta-feira) – nascidos em novembro
  • 13 de junho (sexta-feira) – nascidos em dezembro

Saiba quem pode receber o auxílio emergencial

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$ 1.200.

Como pedir o auxílio

Os trabalhadores poderão solicitar o auxílio emergencial de R$600 das seguintes formas:

  • 1. O cidadão, no primeiro momento, deve acessar a página inicial oficial do site da Caixa (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio);
  • 2. Na página seguinte, são mostrados os requisitos necessários para ter direito ao auxílio emergencial de R$600 a R$1.200;
  • 3. Após isso, o trabalhador informal deve preencher dados como nome completo, CPF e data de nascimento;
  • 4. Logo após, será necessário o preenchimento do número do celular para recebimento de um código de verificação por SMS;
  • 5. Assim chegar por SMS, o código de verificação deve ser colocado no campo “código recebido”;
  • 6. Feito isso, o cidadão deverá informar a renda, o ramo de atividade (as opções oferecidas pelo sistema são Agricultura e Pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de Mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho Doméstico, Outros), estado e cidade;
  • 7. Em seguida, o trabalhador escolhe se quer receber em conta já existente ou criar uma poupança digital;
  • 8. O trabalhador poderá escolher se deseja receber o valor do auxílio em uma conta já existente ou criar uma poupança digital;
  • 9. Após informar a opção, trabalhador deve fornecer seu documento (RG ou CNH);
  • 10. Em seguida vêm os dados fornecidos pelo trabalhador;
  • 11. Na tela final, aparece o aviso de que o pedido do auxílio emergencial está em análise.

Leia Também:

brasil 123  
34 Comentários
  1. Rosângela Diz

    Ninguém consegue fazer compras com a conta digital, da sempre a mensagem de número de cartão inválido, como vou pagar boletos se preciso é comer e não consigo comprar comida, não vou deixar de comer pra pagar contas, se essa e a única renda que estou conseguindo no mês.

  2. Rubia de carvalho gomes Diz

    A segunda parcela não consegui sacar está dando que está em desconformidade

  3. Vilma Diz

    Boa tarde também gostaria de saber .meu cadastro foi aprovado pois tenho CAD único e agora na rua de receber a segunda parcela esta dando desconformidade com a lei do auxílio emergencial .e que esta sendo reavaliado .
    não entendi nada. alguém sabe o porque disto.

    1. Lorenna Diz

      O meu também está dando isso

  4. Rejane Diz

    Na primeira parcela apareceu saldo é o número da conta digital.
    Agora na segunda parcela não apareceu mas nada.

  5. Rejane Diz

    Meu auxílio era pra ter caído dia 21 agora é não apareceu saldo é nem o número da conta digital no App caixa tem.
    O que devo fazer nesses casos me ajudem por favor

  6. Helinete Guedes Pereira Diz

    Fiz o cadastro pra uma amiga e no cadastro da caixa tem coloquei o ano errado agora não consigo fazer absolutamente nada…ela foi aprovada mas não consigo terminar o cadastro por causa da data errada de nascimento

  7. Val Diz

    O dinheiro não é só pra pagar dívida ,e como vai comprar alimentos se a pessoa não consegui bem transferir para uma conta pessoal.onde possa usar o cartão de débito.a alimentação é a prioridade da maioria dos brasileiros.

  8. Renaldo Martins Diz

    A caixa junto com o seu presidente puxa saco,eles não tão nem aí pro povo,aonde uma transferencia vai fazer aglomeracao se as pessoas vão sacar em outros bancos ele é um safado e mentiroso, o povo morre e passa fome e eles batem palmas.isso é Brasil

  9. Renaldo Martins Diz

    A caixa junto com o seu presidente puxa saco,eles não tão nem aí pro povo,aonde uma transferencia vai fazer aglomeracao se as pessoas vão sacar em outrosua bancos ele é um safado e mentiroso, o povo morre e passa fome e eles batem palmas.isso é Brasil

  10. Giovana Ribas Coelho Diz

    Meu nome e Giovana, dou does de fevereiro, meu auxílio aprovado e eu não recebi a primeira parcela ! O que fazer????

    1. Vilma Diz

      Boa tarde também gostaria de saber .meu cadastro foi aprovado pois tenho CAD único e agora na rua de receber a segunda parcela esta dando desconformidade com a lei do auxílio emergencial .e que esta sendo reavaliado .
      não entendi nada. alguém sabe o porque disto.

  11. Karlinhos do vale Diz

    As vezes o dinheiro tá lá o aplicativo não mostra o valor tem hora.

  12. Karlinhos do vale Diz

    Eu consegui tirar o meu auxílio pela conta do mercado livre adicionando o cartão digital no mercado livre ou PagSeguro, tô ajudando geral aqui na minha cidade a tirar o dinheiro antes da data pra fazer a transferência vai se fuder governo,esperar 10 dias pra tirar o dinheiro é o Caralho tem gente precisando e não pode esperar não porra.

  13. Anderson Diz

    sou nascido em março até hoje não peguei a primeira, e muito menos tive a segunda depositada em nenhuma conta digital que nem mesmo aberta tive

    1. Cassia Gonçalves De Oliveira Diz

      Boa tarde gostaria de saber porque o meu auxílio emergencial está em está sendo reavaliado não entendi nada porque eu recebi a primeira parcela e estava prevista para eu receber a segunda parcela no dia 3 de junho está parecendo uma mensagem que está com indícios de desconformidade das lei não entendi alguém pode ajudar por favor

      1. Cassia Gonçalves De Oliveira Diz

        Sou mae solteira e recebi 600 reais não entendi porque

    2. Ivane te Diz

      O auxílio da minha mãe foi aprovado e era para ser depositado na conta digital dia 21 só que não consigo fazer o cadastro no caixa tem.já baixei o aplicativo e desinstalei várias vezes e só diz que não tem benefício disponivelá no momento.o que está acontecendo?

  14. Lucas Vieira Diz

    Sou nascido em junho e até agora meu auxílio não entrou, era previsto para hoje, até agora nada

    1. Luani dos santos Diz

      Sou de agosto recebi a primeira parcela na minha conta , ja a segunda ate agora nada entro no aplicativo e da que esta em analise eu não entendi foi e nada vou eaperar ate dia 8 que e dia do saque pra ir na caixa ver o que houve pork no site da dataprev ta dando como liberado

  15. Milly Diz

    O mas engrasado é q nem todos q fizeram o auxílio emergencial tem celular digital p poder usar o recurso de pagamento de contas online,deviam analisar isso antes de fazer o bloqueio de transferência

    1. Nonato Diz

      Agora me pergunto, onde está o procon, direito do consumidor? An? Onde? Quanta desculpa esfarrapadas, desse Presidente da caixa, não é: será que ele tá precisando ir ao supermercado, pagar uma dívida relacionado a alimentação, qtas pessoas compram fiado na mercearia ao lado, será que ele também compra fiado😠? Não, não não ele tem delivery, ele tem um empregado para ir ao supermercado, ele tem uma padaria da melhor qualidade a seu serviço, dinheiro pra ele não é problema, tem seu salário né Sr Presidente da caixa econômica, vc é um desserviço ao povo. Hipócrita.

  16. Maristela Diz

    Como comprar se os supermercados não estão autorizados a aceitar o cartão virtual.

  17. Dulciara Diz

    O do meu marido tava previsto pra cair hoje é até agora nada não sei pq aconteceu

  18. Dulciara Diz

    Meu marido recebeu a primeira do auxílio ?liguei pro 111 pra quando ele receber a segunda parcela iae falar q ele não entra nos critério para receber a segunda parcela do auxílio não entendo pq aconteceu

  19. Ingrid Diz

    Pelo visto a intenção do Governo é mesmo que as pessoas vão até a agência e assim gerem aglomerações e sejam contaminados pelo Corona Virus né, pois se não fosse assim as pessoas poderiam transferir o valor para outra conta e utilizarem para suas necessidades. Isso é um absurdo!!!

    1. Vilma Diz

      Boa tarde também gostaria de saber .meu cadastro foi aprovado pois tenho CAD único e agora na rua de receber a segunda parcela esta dando desconformidade com a lei do auxílio emergencial .e que esta sendo reavaliado .
      não entendi nada. alguém sabe o porque disto.

  20. Claudio Diz

    O meu auxílio não entrou em minha conta dia 21 como estava previsto e informado no portal!

    1. Dulciara Diz

      O do meu tbm tava previsto pra hoje é na até agora

    2. Lucas Vieira Diz

      Já entrou ?

    3. João Marcos Diz

      Não entendo que você é aprovado tudo certo e a caixa não executa o pagamento bloqueando o caixa tem e.outro ato grave você tenta.várias vezes para entrar.no caixa tem e é bloqueado e a caixa.fala que seu auxílio emergencial seu cadastro está em.desconformidade com a lei. Peço alguém competente seu.que tem me ajuda esse quebra cabeça ou xadrez que a caixa está brincando com os cidadãos inventando e dificultando com sistema de.pagamento por código pelo celular para pagamento e se.você não tiver celular moderno.fica a pergunta a.caixa muda toda a hora seu procedimento de.pagamento é desrespeitoso .obrigado ajude por.favor.

      1. José Roberto Sabóia dos 2 Diz

        A DATAPREV está reavaliando os cadastros, agora de forma mais rigorosa, uma vez que a primeira avaliação foi cheia de erros. Essa segunda análise mais rigorosa vai avaliar de fato se você tem direito ao benefício.

        A primeira parcela pode ter dado certo em virtude de vários erros ocorridos na avalição inicial, agora ela será mais rigorosa.

  21. Elaine Diz

    Só que agora esse lixo do caixa tem não funciona para compras pois já atualizei e desinstalei várias vezes e não gera o número do cartão pra comprar. Como não posso transferir o dinheiro não serve de nada pois preciso do dinheiro pra comprar alimentos 😠😠😠😠

  22. Maria Elisângela Alves dos Santos Diz

    E como comprar no mercado se não estão aceitando os cartões de débito virtual em lajedo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?