Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio de R$600: CAIXA tem previsão de pagamentos da 3ª parcela

De acordo com o presidente, com a divulgação da última parcela do benefício, espera-se o anúncio de um novo calendário de repasses do benefício para o pagamento de lotes residuais

O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, revelou que o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial, hoje no valor de R$600, vai ser ter calendário divulgado em cerca de duas semanas.

De acordo com o presidente, com a divulgação da última parcela do benefício, espera-se o anúncio de um novo calendário de repasses do benefício para o pagamento de lotes residuais. O banco confirmou que esse grupo vai receber quem ainda teve o dinheiro da  primeira ou a segunda parcela do auxílio emergencial.

No último sábado, 30 de maio, a Caixa abriu 2.213 agências para atendimento aos beneficiários do auxílio de R$600 que receberam a primeira parcela até 30 de abril. A primeira etapa será liberada para os nascidos em janeiro e que queiram fazer o saque em espécie do benefício.

A partir do dia 30 de maio, também será possível a transferência do benefício para contas da Caixa ou de outros bancos.

Antes de ir a uma agência, orienta a Caixa, os clientes devem consultar as unidades que estarão abertas em sua localidade.

Calendário da 2ª parcela (uso digital) – Poupança Social

  • 20 de maio (quarta-feira) – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21 de maio (quinta-feira) – nascidos em março e abril
  • 22 de maio (sexta-feira) – nascidos em maio e junho
  • 23 de maio (sábado) – nascidos em julho e agosto
  • 25 de maio (segunda-feira) – nascidos em setembro e outubro
  • 26 de maio (terça-feira) – nascidos em novembro e dezembro

Calendário da 2ª parcela (saque) – Bolsa Família

  • 18 de maio (segunda-feira) – NIS 1
  • 19 de maio (terça-feira) – NIS 2
  • 20 de maio (quarta-feira) – NIS 3
  • 21 de maio (quinta-feira) – NIS 4
  • 22 de maio (sexta-feira) – NIS 5
  • 25 de maio (segunda-feira) – NIS 6
  • 26 de maio (terça-feira) – NIS 7
  • 27 de maio (quarta-feira) – NIS 8
  • 28 de maio (quinta-feira) – NIS 9
  • 29 de maio (sexta-feira) – NIS 0

Calendário da 2ª parcela (saque) – Poupança Social e demais públicos

  • 30 de maio (sábado) – nascidos em janeiro
  • 01 de junho (segunda-feira) – nascidos em fevereiro
  • 02 de junho (terça-feira) – nascidos em março
  • 03 de junho (quarta-feira) – nascidos em abril
  • 04 de junho (quinta-feira) – nascidos em maio
  • 05 de junho (sexta-feira) – nascidos em junho
  • 06 de junho (sábado) – nascidos em julho
  • 08 de junho (segunda-feira) – nascidos em agosto
  • 09 de junho (terça-feira) – nascidos em setembro
  • 10 de junho (quarta-feira) – nascidos em outubro
  • 12 de junho (quinta-feira) – nascidos em novembro
  • 13 de junho (sexta-feira) – nascidos em dezembro

Quem pode receber o auxílio emergencial?

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Como pedir o auxílio

Os trabalhadores poderão solicitar o auxílio emergencial de R$600 das seguintes formas:

  1. O cidadão, enfim, no primeiro momento, deve acessar a página inicial oficial do site da Caixa (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio);
  2. Dessa forma, na página seguinte, são mostrados os requisitos necessários para ter direito ao auxílio emergencial de R$600 a R$1.200;
  3. Após isso, o trabalhador informal deve preencher dados como nome completo, CPF e data de nascimento;
  4. Logo após, será necessário o preenchimento do número do celular para recebimento de um código de verificação por SMS;
  5. Assim chegar por SMS, o código de verificação deve ser colocado no campo “código recebido”;
  6. Após isso, o cidadão deverá informar a renda, o ramo de atividade (as opções oferecidas pelo sistema são Agricultura e Pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de Mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho Doméstico, Outros), estado e cidade;
  7. Em seguida, o trabalhador escolhe se quer receber em conta já existente ou criar uma poupança digital;
  8. O trabalhador poderá escolher se deseja receber o valor do auxílio em uma conta já existente ou criar uma poupança digital;
  9. Após informar a opção, trabalhador deve fornecer seu documento (RG ou CNH);
  10. Em seguida vêm os dados fornecidos pelo trabalhador;
  11. Em conclusão, na tela final, aparece o aviso de que o pedido do auxílio emergencial está em análise.

Veja também: Dois saques do PIS/PASEP são liberados com valor de até R$1.045

Leia Também:

brasil 123  
36 Comentários
  1. Caio Diz

    A segunda parcela somente sera paga pela poupanca digital, ate msmo para as pessoa que tenha conta poupanca na caixa, basta baixar o aplicativo CAIXA TEM , cadastrar o cpf e uma senha que automaticamente ja vai direcionar para a poupança digital , ai pela poupança digital da para pagar boletos ou fazer transferência para outras contas bancárias de qualquer banco

  2. Jailson Diz

    O meu nao foi aprovado diz que alguem da familia recebe bolsa familia como faco pra fazer um novo cadastro?

    1. Aline Diz

      A primeira parcela eu peguei 1.200 e na segunda parcela eu peguei 600 pelo bolsa família pq será

    2. VANDERLEI DOS SANTOS CORREA Diz

      O benefício é da minha há filha deficiente loas tem 12 anos,só moramos eu e ela!! Tenho direito aí auxílio emergencial??

  3. Michel Machado Diz

    E quem não pegou nem a primeira ainda???
    Como fica??
    Era pra ser emergencial já faz 2meses e nada ainda…

  4. María de Nazaré Alves Bezerra Alves Diz

    Estou desempregada, fiz a inscrição do auxílio emergencial, mais ainda não fui aprovada. Continua em análise. Isso é uma injustiça enquanto várias pessoas já receberam 1 e 2 parcelas eu ainda nem fui aprovada. Se é para ajudar as pessoas, pq só algumas foram beneficiadas .

  5. Vandeir José Ferreira Diz

    Eu sou de novembro já recebi meu acerto na empresa que eu trabalhei, Desde 07 de maio e nada desse auxílio emergêncial sair!

    1. Carlos Roberto de Abreu Junior Diz

      Sou funcionário público efetivado no início do ano. Não pedi o auxílio e nem mesmo tenho direito a ele, mas recebi a primeira parcela de R$ 600,00 direto na minha conta poupança da caixa.
      Escutei na mídia que deveria devolver junto com o IR de 2020, no caso, ano que vem.
      Depois recebi uma parcela no valor de R$ 10,00.
      Posteriormente escutei na mídia, que deveria preencher um formulário, que geraria uma boleta de pagamento, e foi o que fiz.
      A boleta foi gerada com o valor de R$ 1200,00. (sendo que recebi R$590,00)
      Fui até a agência da caixa e a atendente informou que o dinheiro (R$ 590,00) foi usado para pagar uma boleta. (sendo que desconheço esse pagamento.)
      Resumo: Recebi, sem ter direito, o valor de R$610,00.
      Tentei devolver os R$ 590,00, e estou com uma boleta de R$ 1200,00 que vencerá em 16/07/2020.

      A agência da Caixa diz que o caixatem ( que nunca acessei e nem sabia que existia) pagou uma boleta de R$ 590,00 com o valor referente à segunda parcela, e depositou os R$ 10,00 que restaram na minha conta.
      Reintero que não fiz esse pagamento de R$ 590,00, não tenho direito ao auxílio, nunca acessei o caixa tem e quero devolver os R$ 610,00, referentes ao valor que realmente recebi.
      A agência disse estar averiguando mas não tem uma solução.
      O que eu faço?

  6. Edjane Diz

    Como faço pra tirar o meu nome do cadrasto único de alguém no caso a pessoa ta recebendo mas não passa o valor de direito no caso como mãe nono parental eu tenho direito só que a pessoa n repassa pra mim queria cancelar isso como faço

    1. Laura Diz

      Vc tem que ir no CRAS mais próximo e atualizar seu cadastro.

  7. Suely Paz Diz

    Gostaria de saber ?Pois recebi a 1 parcela do emergencial ,escrita pelo MEI na qual foi pago R$ 1.200,00 reais correto .Agora na segunda parcela só tem 600,00 reais ,gostaria de saber a onde está ou se vai ser depositado até o dia 12/06 qual vou receber. Até agora não entendi ,se pra quem é empreendedor pelo MEI colocaram o valor certo , recebe 1.200,00 e tenho a conta poupança própria da Cx. não era nem pra ter feito conta digital, fizeram e pegaram meus 600 , só depositaram 600

  8. Suely Paz Diz

    Gostaria

    1. Suely Paz Diz

      Gostaria de saber ?Pois recebi a 1 parcela do emergencial ,escrita pelo MEI na qual foi pago R$ 1.200,00 reais correto .Agora na segunda parcela só tem 600,00 reais ,gostaria de saber a onde está ou se vai ser depositado até o dia 12/06 qual vou receber. Até agora não entendi ,se pra quem é empreendedor pelo MEI colocaram o valor certo , recebe 1.200,00 e tenho a conta poupança própria da Cx. não era nem pra ter feito conta digital, fizeram e pegaram meus 600 , só depositaram 600

  9. Valdete Oliveira Diz

    Estou sem trabalho.
    E fiz o casdastro p receber o auxílio desde o primeiro dia que comecou.
    Ja refiz o cadastro duas vezes. E ate hj continua em analise.

  10. Graciene Diz

    Até hoje o meu continua em análise!!! E já vão pagar a terceira parcela. Isso e um absurdo!!!

  11. Vanderlei Diz

    Eu recebi a minha primeira parcela dia 20 de maio quando vai sair a 2 parcela sera que vai sair 20 de junho

  12. Sandra Aparecida Pereira da Silva Diz

    Pois também sou mãe de família estou sem trabalho e estou desde o dia 23de abril em análise isso depois de ja ter esperado quase 20 dias me pediram para fazer de novo e agora mais de mês e nada mesmo sendo de risco vou atrás de serviços

    1. Graciene Diz

      Já vão divulgar o calendário da terceira parcela,e o meu e do meu marido até hoje continua em análise!

  13. Nilva Diz

    Oi eu tô muito triste no meu deu negado uma tristeza q não cabe no peito eles negaram o meu dizendo q eu sou Vereadora muito triste isso

    1. Luiz Felipe Mirkai dos Santos Diz

      Não é fácil meu amigo também estou na mesma situação que a sua eu sou MEI e minha esposa , nenhum dos 2 até agora nada.
      Fizemos desde o dia 07/04 , dia 23/04 mandou refazer e dia 15/05 refizemos de novo e até agora só em análise , mas temos que ter esperança Pq os últimos deram os primeiros.

  14. nilson Diz

    fico feliz pra quem ja recebeu. mas até hoje eu e minha esposa não recebemos a primeira parcela. pois esta em análise até hoje. ou seja ja estamos na terceira análise e nada. gostaria de saber pq não foi aprovado ainda o nosso benefício? pq preenchemos todos os requerimentos do governo. conheço pessoas q nunca trabalharam ou q ficam na rua o dia inteiro bebendo e usando drogas q ja receberam.

  15. Leydy Diz

    Baixa o aplicativo CAIXA TEM, eu só conseguir ver que o meu caiu nesse aplicativo. O dinheiro não vai para sua conta normal, e sim para o CAIXA TEM!

  16. Patricia Souza Diz

    Eu perdi a esperança já mas de 2 mêses sem nem uma resposta uma análise eterna

    1. Cheila Diz

      Bom eu recebi a primeira parcela de 1200 e simplesmente na segunda eles cancelaram falaram q data prev entendeu q eu não precisava ,sendo q comprovo q pago aluguel ,não tenho emprego formal , sou mãe solteira de 4 filhos ,dps de 1 ano na espera liberaram o bolsa família o primeiro pagamento foi no dia q.peguei 1,200 este mês fui lá nada e fui na caixa falam q data prev entendeu q eu não precisava aí o aconteceu descontaram o 600 a mais do mês passado eu com 4 filhos aluguel vencido luz cortada , no dia q fui lá não tinha dá pra dar pra eles , e eles falam q não preciso gente q trabalha com corretor de imóveis recebeu 1200 marido q anda de HB20 recebeu 600 e eu com 4 filhos precisando não pude receber esse é o brasil

  17. Deise Diz

    Dou beneficiária do bolsa família á 3 anos, em Abril recebi 1.200 como de direito, e agora em maio não recebi. Entrei em contato com todas as plataformas de informações e ninguém consegue dá uma solução. Dizem que o dinheiro foi depositado. E na minha conta não apareceu. Complicado para onde está indo esse dinheiro né!

    1. Karla Karolina Diz

      Vc ja olhou na conta digital pelo App da caixa tem?

      1. Adriene Diz

        E quem pediu para o dinheiro ser transferido e simples ele sumiu???
        Não está na conta do banco nem na conta caixa tem. Neste caso o que pode ser feito.

  18. Ednilson José Barbosa Diz

    Bacana quem já recebeu fico grato por todos que receberam o auxílio.
    Meu desisti apareceu três vezes no Análise de de 07 de abril preciso muito mesmo mas tenho que sair e trabalhar pra dar o sustentar de minha família.

  19. Cleuza Diz

    Meu esposo e de novembro e não recebeu a segunda parcela e ele tem direito está sem trabalho e informal. Porque será só consta que tá aprovado .? Recebeu a primeira parcela em maio.

    1. Miriane Freitas Santos Diz

      É por quê a segunda parcela está sendo paga pra quem recebeu a primeira até 30 de abril.

      1. Lanucia Diz

        Tb estou em análise .não recebi nem a primeira .acho engraçado que muitos que tem carteira assinada receberam.e nos q estamos sem tratalhar não saiu nada ainda .muito errado isso .

        1. Michel Machado Diz

          Gente q não precisa já recebeu sei.de pessoas q declararam mais de 400mil de imposto de renda pegaram pura falcatrua isso aí.

    2. Michel Machado Diz

      E quem não pegou nem a primeira ainda???
      Como fica??
      Era pra ser emergencial já faz 2meses e nada ainda…

      1. Michelle Cabral Diz

        O meu está em análise mais de um mês… difícil isso hein

    3. Ghenny Diz

      Vai sair calendário pra terceira parcela e quando vão resolver o problema de depositar o auxílio emergencial e ele sumir das contas? É um desrespeito sem tamanho mesmo. Disseram que a segunda parcela não ia ter mais problemas e que todos que tivessem direito iam receber as três parcelas, aí pagam uma parcela, a segunda põe e antes da pessoa sacar some da conta. Ridículo 😒 só piorou com este aplicativo ridículo da caixa.

    4. Leandro Diz

      Ms porque não chegou o dia certo é em sessão pelo mês que nasceu de janeiro até dezembro dá uma olhada no calendário do recebimento do auxílio q vc tira as dúvidas ok

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?