Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Interpretação de textos em Concursos Públicos

A interpretação de textos é sempre um dos assuntos presentes em avaliações de diversas áreas, principalmente em provas de língua portuguesa de Concursos Públicos.

Apesar desse assunto ser recorrente, é ainda um dos problemas da prova de português para muitos concurseiros. Por esse motivo, mostraremos aqui como interpretar textos em provas de concurso. Confira!

Como interpretar textos em concursos

Saber como interpretar textos pode ser mais simples do que parece, mas ainda assim, a boa interpretação de textos é indispensável para um funcionário público, por isso tais questões sempre aparecem nas provas.

O concurseiro deve ter em mente as condições básicas para a interpretação textual. A primeira delas é quanto ao conhecimento histórico que envolve escolas literárias e também as possíveis estruturas de um texto.

Em seguida, outro conhecimento básico que deve ser acessado na interpretação é o conhecimento gramatical aliado ao conhecimento semântico, ou seja, o candidato deve se ater às questões gramaticais do texto sem se desprender da sua significação.

Além disso, é fundamental ter capacidade de observação, síntese e raciocínio, capacidades que podem ser desenvolvidas nos estudos através da leitura de diversos textos e da periodicidade na leitura.

Como é cobrada a interpretação de textos

Geralmente as provas de concursos apresentam textos consideravelmente extensos e é solicitado ao candidato a interpretação ou a compreensão do texto.

Nesse sentido, as questões podem solicitar:

  • Identificação;
  • Comentário;
  • Comparação;
  • Resumo;
  • Paráfrase.

Na identificação, o candidato deve reconhecer os elementos fundamentais da argumentação, do processo, ou da época, por exemplo, apresentados no texto. Dependerá do texto e também do que pede o enunciado.

Já no comentário, além de identificar, deverá ser estabelecida a relação do conteúdo do texto com a realidade. Aqui cabe ao candidato opinar a respeito, mas de maneira menos pessoal.

Quando a solicitação do enunciado for no sentido de comparar, deverão ser estabelecidas as relações de semelhança ou de diferenças entre pontos abordados no texto.

O resumo, por sua vez, consiste na síntese das principais ideias expostas em um texto em um só parágrafo, enquanto a paráfrase exige que o candidato reescreva o que foi dito no texto, só que com outras palavras.

Nas questões mais objetivas, o candidato deverá ler e refletir criticamente sobre o texto para identificar adequadamente o que exige o enunciado.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Aqui a dica é ler primeiro o enunciado e as alternativas rapidamente e já identificar o que deve ser buscado/encontrado no texto. Isso facilitará a interpretação, que não necessariamente deve ser feita sobre a totalidade do texto para uma determinada questão, mas sobre um tópico específico.

E aí? Gostou das dicas? Então deixe seu comentário!
Confira aqui mais dicas de educação.

5 dicas para melhorar a interpretação de textos para concursos e vestibulares

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?