Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Dengue: resumo para ENEM e vestibulares

Um resumo sobre essa enfermidade

Dengue: aquilo que vai cair na sua prova

A prova do ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio, aborda questões sobre as mais variadas doenças em todas as suas edições.

Dessa maneira, é extremamente importante que você domine as principais características das enfermidades mais abordadas.

Para te ajudar, o artigo de hoje trouxe um resumo sobre uma doença muito cobrada nas mais importantes provas do país: a dengue.

Dengue: introdução

A dengue é uma doença denominada de “virose”, uma vez que é causada por um vírus. O vírus da dengue pode infectar os seres humanos por meio da picada de um animal: o mosquito da dengue. O nome científico do mosquito da dengue é Aedes aegypti

Dengue: tipos de vírus

Atualmente, existem 4 tipos de vírus da dengue, que causam manifestações diferentes no corpo de um ser humano. São eles: Den-1, Den-2, Den-3 e a Den-4.

Todos esses vírus, embora diferentes, pertencem à família Flaviridae.

Dengue: transmissão

A dengue é transmitida, como mencionado, por meio da picada do mosquito Aedes aegypti. O mosquito possui hábitos diurnos e, dessa maneira, ele pica durante o dia.

Como possui quatro tipos diferentes, a dengue pode infectar uma pessoa também quatro vezes, mas não mais que isso.

Dengue: sintomas

Os quatro tipos de dengue apresentam sintomas como: febre alta, mal estar e cansaço.

A forma mais branda da dengue pode provocar sintomas muito parecidos com aqueles de uma gripe. Dentre eles, podemos citar: febres, dor de cabeça, dores no corpo, dor no fundo dos olhos, vômito e náusea.

A dengue hemorrágica, por sua vez, é a forma mais agressiva da doença. Ela provoca os mesmos sintomas da dengue clássica. Porém, a partir do terceiro dia, esse tipo provoca hemorragias, diminuição da pressão, palidez e tontura. Se não tratada rapidamente, a dengue hemorrágica pode levar à morte.

Dengue: profilaxia

Algumas medidas profiláticas podem impedir a proliferação do Aedes aegypti, impedindo o aumento de número de casos da doença. Dentre as principais, podemos mencionar:

  • Não deixar água parada
  • Uso de repelentes com frequência
  • Uso de mangas compridas e calças
  • Manter armazenamentos como piscinas, caixas de água e barris sempre limpos e higienizados

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.