Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Confira as Soluções Desenvolvidas Para Tornar o Pix Acessível e Inclusivo

Confira algumas medidas adotadas pelos bancos e estimuladas pelo BC para que o Pix se torne uma ferramenta inclusiva para pessoas com necessidades especiais.

Confira algumas soluções desenvolvidas pelas instituições bancárias para tornar o Pix mais acessível e inclusivo

Conforme informações oficiais, o Banco Central definiu diretrizes de acessibilidade para a experiência do usuário, as quais precisam ser observadas pelas instituições que ofertam o Pix aos clientes finais. 

Adicionalmente, o BC atua como indutor da adoção de soluções, para que as instituições possam ofertar o Pix de maneira inclusiva, adotando mecanismos para que esses clientes possam usá-lo de forma autônoma. 

Sendo assim, confira algumas soluções desenvolvidas pelas instituições bancárias para tornar o Pix mais acessível e inclusivo.  Vamos exemplificar algumas soluções apontadas na página de acessibilidade do BCB.

Instituição: ACESSO SOLUCOES PAGAMENTO SA

Público-alvo: usuário com deficiência visual, baixa visão ou daltonismo; usuário com deficiência auditiva; usuário com deficiência física/ mobilidade reduzida.

Soluções desenvolvidas para tornar o Pix acessível 

Pessoa com Deficiência Visual:

Conforme informações oficiais, desenvolve aplicativo que não utiliza fotos, ícones ou teclas que dificultam a ação dos leitores de tela, ou que criem barreiras à plena usabilidade pela pessoa com deficiência visual.

Utiliza apenas solução nativa do sistema operacional, no site, para leitura de tela, tamanho da fonte e contraste.

Pessoa com Deficiência Auditiva:

Bem como, não utiliza recursos sonoros na interação com as funcionalidades do site e do aplicativo.

Pessoa com Deficiência Física / Mobilidade Reduzida:

Além disso, utiliza apenas solução nativa do sistema operacional do aparelho móvel ou site em relação a comandos de voz.

Instituição: BCO BRADESCO S.A.

Público-alvo: usuário com deficiência visual, baixa visão ou daltonismo; usuário com deficiência auditiva; usuário com deficiência física/ mobilidade reduzida.

Soluções desenvolvidas para tornar o Pix acessível 

Pessoa com Deficiência Visual

Conforme informações do BC, utiliza apenas solução nativa do sistema operacional do aparelho móvel, para leitura de tela, tamanho da fonte e contraste.

Além disso, desenvolve aplicativo que não utiliza fotos, ícones ou teclas que dificultam a ação dos leitores de tela, ou que criem barreiras à plena usabilidade pela pessoa com deficiência visual.

Utiliza apenas solução nativa do sistema operacional, no site, para leitura de tela, tamanho da fonte e contraste.

Bem como, site não utiliza fotos, ícones ou teclas que dificultam a ação dos leitores de tela, ou que criem barreiras à plena usabilidade pela pessoa com deficiência visual.

Pessoa com Deficiência Auditiva

Sendo assim, o Bradesco utiliza intérprete em Libras.

Não utiliza recursos sonoros na interação com as funcionalidades do site e do aplicativo.

Utiliza, no site ou no aplicativo, vídeos curtos e explicativos sobre Pix direcionados às pessoas com deficiência auditiva, para atendimento de principais dúvidas, na forma de Perguntas Frequentes, ou FAQ.

Pessoa com Deficiência Física / Mobilidade Reduzida

Utiliza solução proprietária, no aplicativo do aparelho móvel ou site, direcionadas a pessoas com mobilidade reduzida.

Outro: citar – Canal ATM: Na tela inicial temos botões de acessibilidade exclusivos para cadeirantes, deficientes visuais ou auditivos. Especificamente para cadeirantes, o acesso se dá com a alteração do padrão dos botões de ação do formato touch para numérico, em que é possível utilizar as funções nos botões laterais ou diretamente no teclado físico da máquina.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.