Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Concurso TJ PI 2022: NOVO edital para servidores deve sair com 100 vagas

Tribunal de Justiça do Estado do Piauí vai abrir um novo edital de concurso público para servidores em breve.

O Tribunal de Justiça do Estado do Piauí  tem expectativa de abrir um novo edital de concurso (Concurso TJ PI 2022) em breve. O presidente do órgão, desembargador José Ribamar de Oliveira, falou sobre vagas e previsão de edital.

De acordo com o presidente ao Jornal do Piauí, estão previstas aproximadamente 100 vagas no próximo edital. Os cargos não foram confirmados, mas tudo indica que serão contemplados técnicos e analistas judiciários.

Segundo José Ribamar, a maioria das vagas devem ser abertas para o cargo de Analista. A previsão é abrir o edital no início deste ano. Ele também falou que a banca organizadora será escolhida em breve.

“Vamos fazer concurso para servidores, com cerca de 100 vagas. A maioria de analista. Já estamos com a comissão formada e já vamos, em breve, escolher a instituição que realizará o concurso”, disse

Comissão do concurso TJ-PI 2022 formada

Foi divulgado no Diário Eletrônico do órgão, edição do dia 7 de janeiro, a informação de que a comissão organizadora do certame já está formado.

De acordo com o documento publicado, uma portaria, o grupo de trabalho definido terá missão de definir as regras do próximo edital, assim como o número de vagas e cargos que serão oferecidos. A presidência da comissão é de Rodrigo Tolentino (juiz de direito).

De acordo com informações da portaria que designa os membros da comissão, o concurso do TJ-PI será para preenchimento no quadro de pessoal de servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí.

Conforme informado no ano passado, o concurso do TJ-PI está entre as metas do presidente do TJ PI, o desembargador José Ribamar Oliveira, desde janeiro de 2021. Na época, durante sua posse, o magistrado falou sobre a contratação de novos servidores.

Segundo José Ribamar, o objetivo é reduzir a cultura de contratação de terceirizados para servidores efetivos.

“Estamos nos utilizando de terceirizados com mão de obra competente, mas o certo é que façamos concurso para que a pessoa venha prestar um serviço de qualidade. O terceirizado é uma mão de obra que aos poucos vamos deixando de lado para implementar a realização de concursos”, pontuou o novo presidente.

Segundo o novo presidente, a proposta é chegar no posto com a missão de dar continuidade a uma gestão que, segundo ele, foi muito bem avaliada.

“Caminhamos para a implementação do juízo completamente digital, pois os avanços nessa área possibilitará um judiciário mais célere e mais próximo dos anseios sociais, uma meta ousada, mas que queremos colocar em prática à frente do judiciário piauiense”, falou o novo presidente do TJ-PI.

A abertura do novo concurso TJ-PI 2022 é possível por conta do último edital não seguir em vigor, uma vez que o último edital foi expirado em 2020, sem possibilidade de extensão.

A expectativa é que o novo concurso TJ-PI será divulgado, principalmente, vagas para técnico judiciário, já que o edital anterior foi publicado apenas com chances para cargos de nível superior.

Último concurso TJ-PI

O último edital de concurso público do TJ-PI foi aberto em 2015.  Na ocasião, o certame teve prazo de validade de dois anos, podendo chegar a quatro com prorrogação, o que aconteceu. O chegou a ser suspenso para investigação de fraude.

Foram oferecidas, ao todo, 180 vagas de ensino superior, além de cadastro reserva. Na ocasião, o edital trouxe vagas para as seguintes áreas/cargos:

  • Judiciária (escrivão judicial e oficial de justiça e avaliador);
  • Apoio Especializado (análise de sistemas/banco de dados, análise de sistemas/desenvolvimento, análise de sistemas/telecomunicações, auditor, contador, enfermeiro, engenheiro eletricista, médico, nutricionista, odontólogo, psicólogo e psiquiatra);
  • Administrativa (analista administrativo e analista judicial).

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) organizou o concurso TJ-PI. As provas objetivas do certame contaram com 100 questões, sendo 30 serão de Língua Portuguesa e 70 de Conhecimentos Específicos. Já as disciplinas de Raciocínio Lógico e Legislação Específica ficaram incluídas nos Conhecimentos Específicos.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.