Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso SEMAS Goiânia 2019: Edital com 505 vagas deve sair em agosto

A Secretaria de Assistência Social de Goiânia, Estado de Goiás, vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso SEMAS Goiânia GO 2019) para o preenchimento de 505 vagas. Segundo informações da assessoria de imprensa ao site Folha Dirigida, o certame está previsto para ser publicado até o final de agosto.

A previsão é de que o concurso seja homologado até dezembro, uma vez que o Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM-GO) terminou que a seleção seja finalizada ainda este ano. A intenção é que os servidores tomem posse em 2020.

Agora, a expectativa é pela escolha de uma banca organizadora. No momento, a Secretaria de Administração do município trabalha para escolher uma instituição para receber inscrições e aplicar as etapas da seleção, como provas objetivas.

As vagas do concurso serão destinadas aos cargos de psicólogo, assistente social, nutricionista, entrevistador e para área administrativa. Todas elas são para lotação na Secretaria Municipal de Assistência Social.

Último edital foi divulgado em 2017

O último edital da Secretaria Municipal de Assistência Social de Goiânia foi divulgado em 2017. Na ocasião, o processo seletivo contou com 333 vagas temporárias para cargos de ensino fundamental, médio e superior. Os salários oferecidos oscilam entre R$961,72 e R$2.741,77.

As vagas do edital foram destinadas aos cargos de Educador Social (90) e as demais para Assistente Social (50), Psicólogo (50), Pedagogo (24), Nutricionista (2), Assistente Administrativo (78), Auxiliar de Serviços Gerais (28), e Manipulador de Alimentos (11).

As vagas de nível fundamental foram para auxiliar de serviços gerais e manipulador de alimentos. Para nível médio, as chances foram para assistente administrativo e educador social.

Por fim, para nível superior foram abertas vagas para os cargos de pedagogo, psicólogo, nutricionista e assistente social.

A seleção contou com experiência profissional e títulos, entrevista técnica, mediante análise de competência. A validade da seleção foi de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período. Os profissionais cumpriram jornada de 30 ou 40 horas semanais, a depender do cargo.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.