Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso SEFAZ RR 2021: comissão de fiscalização é formada

NOVO edital de concurso da Secretaria da Fazenda do Estado de Roraima (Concurso SEFAZ RR 2021) está muito próximo de ser publicado

O novo edital de concurso da Secretaria da Fazenda do Estado de Roraima (Concurso SEFAZ RR 2021) está muito próximo, uma vez que um dos últimos processos foi concluído: a formação da comissão de fiscalização do contrato com a banca.

A equipe, que conta com os servidores Marcio Aparecido Picolli e Josiane Silva de Souza, ficará responsável por fiscalizar e acompanhar a execução do contrato com a banca organizadora.

Foi publicado no Diário Oficial, edição do dia 19 de julho, a informação de que o Cebraspe será o organizador do próximo certame da pasta. A escolha aconteceu por meio de dispensa de licitação.

De acordo com informações do governador do Estado, Antonio Denarium, o edital será lançado em, no máximo, 30 dias, com todo o conteúdo programático e o novo cronograma da seleção.

“É um momento histórico para Roraima. O último concurso feito para auditores da Sefaz ocorreu em 2006 e, hoje, temos um grande déficit desses profissionais. É a oportunidade de atender a uma demanda do estado, da categoria e também das pessoas que buscam uma oportunidade no serviço público”, destacou Antonio Denarium.

No dia 16 de julho, o secretário da Fazenda, Marcos Jorge, afirmou que a previsão é para que o concurso seja totalmente concluído ainda em 2021. Os aprovados serão lotados em Boa Vista ou em algum dos municípios onde a Sefaz RR tem posto de fiscalização.

“O concurso, além de fortalecer o trabalho da Sefaz, garante maior estabilidade para os profissionais e também movimenta toda uma cadeia econômica, proporcionando a abertura de cursinhos preparatórios e outros meios para facilitar a vida dos concurseiros, gerando emprego e renda para muita gente”, disse o secretário.

Concurso SEFAZ RR 2021

Do quantitativo de vagas, 20 serão oferecidas para contratação imediata e 10 para cadastro reserva, para contratação durante a validade do concurso. O concurso vai contar com provas objetivas e curso de treinamento, ambos de caráter eliminatório. Todas as etapas serão realizadas na cidade de Boa Vista.

A prova objetiva vai contar com questões cobrando conhecimentos nas matérias de Direito Tributário e Legislação Tributária; Direito Constitucional, Administrativo, Civil, Penal e Comercial; Contabilidade Geral, Comercial, de Custos e Pública; Economia, Matemática e Estatística; e Português.

O secretário de Fazenda do Estado, Marcos Jorge de Lima, em recente entrevista, falou sobre os preparativos do novo certame da pasta. De acordo com Marcos Lima, a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento de Roraima (Seplan) já autorizou o orçamento para realização do concurso.

“Roraima tem um déficit antigo de auditores fiscais, o que tem limitado o trabalho de fiscalização da Sefaz ao longo dos anos. O governador Antonio Denarium, sensível com essa situação, aprovou o concurso, que vem suprir essa carência de profissionais na Secretaria”, disse o secretário estadual da Fazenda, Marcos Jorge, à Folha BV.

A pasta formou uma comissão setorial, para dar suporte à comissão organizadora do certame. De acordo com o documento, foram designados os seguintes representantes da Secretaria de Fazenda de Roraima:

  • Givaldo Ramos da Silva (presidente);
  • Josiane Silva de Souza (membro);
  • Márcio Aparecido Pereira Picolli (membro); e
  • Diego Nunes Leite (membro).

Foi publicado no Diário Oficial do Estado, edição do dia 03 de junho, a portaria que forma a comissão organizadora do novo edital SEFAZ-RR. O novo concurso da SEFAZ-RR visa repor o quadro de auditores fiscais de tributos estaduais pertencentes ao Grupo TAF da Secretaria de Estado da Fazenda de Roraima.

O grupo de trabalho é formado por Givaldo Ramos da Silva (presidente); Josiane Silva de Souza; e Márcio Aparecido Pereira Picolli. A comissão organizadora vai ter 90 dias para concluir os trabalhos. Dessa forma, o levantamento de vagas deverá ser concluído até setembro.

O grupo de trabalho deverá:

  • I – Emitir justificativa sobre a necessidade da realização do certame;
  • II – Solicitar autorização do titular do órgão para realização do concurso público, bem como autorização expressa do governador;
  • III – Analisar a regularidade do concurso público, segundo as normas legais vigentes, por meio da emissão de parecer jurídico pela Procuradoria-Geral do Estado;
  • IV – Autorização específica para admissão de pessoal na Lei de Diretrizes Orçamentarias, relativas ao exercício de deflagração do concurso público;
  • V – Observância das disposições contidas nos artigos 16 e 17 da Lei Complementar n° 101, de 4 de maio de 2000 (estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade fiscal e dá outras providências);
  • VI – Certifica-se que as admissões decorrente do concurso público não podem extrapolar os limites no art. 19, inciso II, e artigo 20, inciso II, da Lei Complementar n° 101, de 4 de maio de 2000;
  • VII – Comprovação da existência de dotação prévia e suficiente para atender as despesas decorrentes das admissões devidamente analisadas pela Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan);
  • VIII – Declaração de que o número de vagas oferecidas se encontra disponível para preenchimento;
  • IX – Publicar edital de abertura do certame no órgão oficial de divulgação;
  • X – Designar a Comissão setorial de concurso devidamente publicada em veículo oficial de divulgação;
  • XI – Solicitar informações a qualquer setor da Secretaria de Estado da Fazenda e demais órgãos da Administração Pública Estadual;
  • XII – Realizar visitas às Unidades Regionais de Fiscalização e realizar outras diligências que julgarem necessárias.

Último Concurso SEFAZ-RR

O último concurso realizado pela SEFAZ/RR aconteceu em 2006, quando contou com 30 vagas. As oportunidades foram para graduados em Direito, Administração, Economia ou Ciências Contábeis.  A organizadora do certame foi a CETAP. Na ocasião, o salário era de R$5.484,09.

A primeira fase do concurso contou com prova de múltipla escolha e a segunda o curso de formação e treinamento. Na avaliação objetiva, foram cobradas questões de Língua Portuguesa (10); Conhecimentos Gerais (25); e Conhecimentos Específicos (25).

1 comentário
  1. zovre lioptor Diz

    Hi, Neat post. There’s a problem together with your web site in web explorer, would check this… IE nonetheless is the market chief and a huge component to other people will leave out your excellent writing because of this problem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.