Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso SEFAZ ES 2021: Edital será publicado em novembro ou dezembro

O edital da SEFAZ-ES vai contar, ao todo, com 14 vagas para o cargo de Consultor do Tesouro Estadual.

A Secretaria da Fazenda do Estado do Espírito Santo vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso SEFAZ ES 2021) em novembro ou dezembro deste ano. A informação foi confirmada por fontes ligadas ao órgão, nesta quarta-feira, 13, ao site Folha Dirigida.

Sendo assim, as provas serão aplicadas somente no primeiro semestre de 2022. O edital da SEFAZ-ES vai contar com 14 vagas para o cargo de Consultor do Tesouro Estadual. Do quantitativo de vagas, 10 serão para especialidades de Ciências Econômicas e 04 para profissionais de Ciências Contábeis. Além disso, 100 vagas serão para a formação de um cadastro reserva. Veja a divisão:

Especialidade: Ciências Econômicas

  • Ampla concorrência: 07 vagas
  • PcD: 01 vaga
  • Candidatos negros: 02 vagas
  • Total: 10 vagas imediatas + 50 em cadastro reserva.

Especialidade: Ciências Contábeis

  • Ampla concorrência: 03 vagas;
  • Candidatos negros: 01 vaga;
  • Total: 04 vagas imediatas + 50 em cadastro reserva.

O salário inicial será de R$9,6 mil, podendo chegar a R$19,4 mil, com as progressões da carreira.

Foi divulgado no Diário Oficial, a confirmação de que a Fundação Getulio Vargas (FGV) terá a responsabilidade do certame.

“Esse concurso é uma excelente oportunidade para economistas e contadores que desejam trabalhar para a sociedade e, com isso, deixar um legado de contribuições técnicas para a melhoria da aplicação de recursos dos contribuintes”, enfatizou o presidente da comissão, o consultor do Tesouro Estadual, Eduardo Araujo.

De acordo com informações do secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé, a carreira de consultor do Tesouro Estadual da Sefaz é estratégica para o setor público estadual.

“Pois incluem atividades que visam a garantir a disponibilidade de recursos para a execução de políticas públicas que afetam diretamente o cidadão, como a construção de escolas, unidades de saúde, segurança, estradas, entre outros serviços oferecidos pelo estado”, comentou.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, disse que recompor o quadro de pessoal é de fundamental importância para que o Governo possa ampliar as entregas à sociedade.

“Desde o início da gestão, dentro dos limites orçamentários, nosso governo está promovendo a recomposição, por meio de concursos realizados em áreas estratégicas, especialmente nas que registram maior mobilidade de pessoal”, frisou.

Segundo informações da subsecretária Estadual de Orçamento, Juliani Nunes Campos Jhoanson, parte dos servidores absorvidos pelo concurso público poderá ser localizada na Subsecretaria de Orçamento (Subeo), da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP).

A Subeo é responsável pela coordenação central dos trabalhos relativos aos instrumentos de planejamento – Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA) – e à execução orçamentária.

“O trabalho desses profissionais na gestão orçamentária é essencial para manter o equilíbrio fiscal exitoso alcançado pelo Espírito Santo”, afirmou a subsecretária.

Último edital

O último edital de concurso para o cargo de Consultor foi aberto em 2010, época que a carreira ainda era chamada de consultor do executivo.

Na ocasião, o concurso contou com 08 vagas, sendo seis na área de Ciências Contábeis e duas em Ciências Econômicas. O concurso foi organizado pelo Cebraspe.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.