Concurso SEFAZ ES 2021: Edital para consultor do tesouro oferece salários de até R$9.653,06

O edital da SEFAZ-ES vai contar, ao todo, com 14 vagas para o cargo de Consultor do Tesouro Estadual.

A Secretaria da Fazenda do Estado do Espírito Santo tem um novo edital de concurso público (Concurso SEFAZ ES 2021) em andamento para o preenchimento de vagas no cargo de Consultor do Tesouro, cargo que tem requisito de nível superior. O salário inicial será de R$9.653,06.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato precisa ter formação em Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas O regime de contratação é o estatutário. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O edital conta, ao todo, com 14 vagas. Além disso, será formado um cadastro reserva de até 100 candidatos, aprovados ao final do concurso. Desses, serão 50 em cada área de formação. Além do salário, ainda é concedido ao consultor do tesouro o benefício do auxílio-alimentação no valor de R$300.

O edital também confirma a distribuição das vagas pela área de formação, sendo:

Área de formação Ampla PcD Negros Índios  Total de vagas Cadastro de reserva
Ciências Econômicas 7 1 2 0 10 50
Ciências Contábeis 3 0 1 0 4 50
Total 10 1 3 0 14 100

 

“Esse concurso é uma excelente oportunidade para economistas e contadores que desejam trabalhar para a sociedade e, com isso, deixar um legado de contribuições técnicas para a melhoria da aplicação de recursos dos contribuintes”, enfatizou o presidente da comissão, o consultor do Tesouro Estadual, Eduardo Araujo.

De acordo com informações do secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé, a carreira de consultor do Tesouro Estadual da Sefaz é estratégica para o setor público estadual.

“Pois incluem atividades que visam a garantir a disponibilidade de recursos para a execução de políticas públicas que afetam diretamente o cidadão, como a construção de escolas, unidades de saúde, segurança, estradas, entre outros serviços oferecidos pelo estado”, comentou.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, disse que recompor o quadro de pessoal é de fundamental importância para que o Governo possa ampliar as entregas à sociedade.

“Desde o início da gestão, dentro dos limites orçamentários, nosso governo está promovendo a recomposição, por meio de concursos realizados em áreas estratégicas, especialmente nas que registram maior mobilidade de pessoal”, frisou.

Segundo informações da subsecretária Estadual de Orçamento, Juliani Nunes Campos Jhoanson, parte dos servidores absorvidos pelo concurso público poderá ser localizada na Subsecretaria de Orçamento (Subeo), da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP).

A Subeo é responsável pela coordenação central dos trabalhos relativos aos instrumentos de planejamento – Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA) – e à execução orçamentária.

“O trabalho desses profissionais na gestão orçamentária é essencial para manter o equilíbrio fiscal exitoso alcançado pelo Espírito Santo”, afirmou a subsecretária.

Inscrições Concurso SEFAZ ES

Os interessados em concorrer a uma das vagas no concurso poderão se inscrever no período compreendido entre 16 horas do dia 1º de novembro e 16 horas do dia 09 de dezembro de 2021, no  site da Fundação Getulio Vagas (FGV) , banca organizadora da seleção.

A taxa de inscrição vai custar R$91,05.

Provas

O concurso SEFAZ-ES para o cargo de Consultor do Tesouro Estadual vai contar com provas escritas. As avaliações objetivas e discursivas têm previsão de serem aplicadas no dia 20 de fevereiro de 2022, em dois turnos:

  • Manhã, de 9h às 13h – prova de Conhecimentos Básicos;
  • Tarde, de 15h às 19h – prova de Conhecimentos Específicos e discursiva.

Na prova objetiva, serão 120 questões, sendo 80 de Conhecimentos Básicos e 40 de Conhecimentos Específicos. Na primeira parte, as disciplinas serão divididas em três módulos.

Conhecimentos Básicos – todos os cargos

Módulo I

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Raciocínio Lógico-Matemático – 10 questões;
  • Informática – 10 questões

Módulo II

  • Matemática financeira/estatística – 10 questões;
  • Finanças Públicas – 10 questões;
  • Orçamento Público – 10 questões

Módulo III

  • Direito Administrativo – 7 questões
  • Direito Constitucional – 7 questões
  • Direito Tributário – 6 questões

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos – área Ciência Contábeis

  • Contabilidade Geral – 15 questões;
  • Contabilidade de Custos – 5 questões;
  • Contabilidade Pública – 20 questões

Conhecimentos Específicos – área Ciência Econômicas

  • Microeconomia – 15 questões;
  • Macroeconomia – 25 questões

Já na discursiva serão duas questões de conhecimento específico.

A validade do concurso será de dois anos, contados a partir da homologação do resultado final e podendo ser prorrogado por igual período.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.