Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Concurso PM ES 2021/2022: Instituto AOCP assina contrato para organizar edital

A Polícia Militar do Espírito Santo vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso PM ES 2021). O Instituto AOCP já assinou o contrato para organizar o edital, conforme documento publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 3 de janeiro.

Segundo informações do Governador do Estado, Renato Casagrande, o edital do concurso será publicado no início de 2022. A informação foi dada em entrevista ao portal A Tribuna.

“No início do ano que vem [2022], a gente lança o edital da Polícia Militar […] São 1.111 vagas”, disse o governador.

A oferta de vagas do próximo certame quase que dobrou. O edital vai contar com 1.111 vagas.

O anúncio da ampliação do quantitativo de vagas do edital foi feito pelo próprio governador em solenidade no dia 26 de novembro. Ele também publicou em suas redes sociais.

“A norma das nossas opções de segurança é uma constante em nosso governo. Hoje, 252 novos soldados ingressam nos quadros da PM. Também anunciamos a ampliação para 1.111 vagas ofertadas no novo concurso. Estamos recompondo o nosso efetivo. Mais segurança para os capixabas”, disse Casagrande.

Em agosto deste ano, Casagrande havia confirmado o edital para 671 vagas. Agora, serão oferecidas 440 vagas a mais, totalizando 1.111 oportunidades. Ainda não há uma data para o edital sair.

Em nota, o Governo confirmou que do total de vagas, 1.000 serão destinadas ao cargo de Soldado. O restante será distribuído da seguinte maneira:

  • 20 vagas para oficiais médicos;
  • 20 vagas para oficiais dentistas;
  • 5 vagas para oficiais farmacêuticos/bioquímicos;
  • 2 vagas para oficiais médicos veterinários;
  • 10 vagas para oficiais enfermeiros;
  • 30 vagas para praças especialistas de Saúde;
  • 2 vagas para oficiais músicos;
  • 22 vagas para praças músicos.

A corporação já formou a comissão do certame. A portaria foi publicada no Diário Oficial do dia 02 de setembro. O grupo de trabalho conta com o seguintes membros:

  • Ten-Cel Adriano Guetti Franco (presidente);
  • Ten-Cel Carlos Alberto Foresti;
  • Maj Alexandre Moreto da Silva;
  • Maj Marcelo Luiz Bastos Braga;
  • 1º Ten Adriana Quadros Nascimento Pedrozo.

Os profissionais terão missão de elaborar o termo de referência para a contratação de instituição para realizar o concurso público; prestar apoio à Diretoria de Apoio Logístico da PMES, quanto à avaliação técnica das propostas apresentadas; e supervisionar a banca organizadora contratada para a realização do certame.

De acordo com informações do governador, o novo concurso concurso público e as vagas mencionadas acima terão como objetivo suprir a ausência de contratações em 2020.

“Todo esse trabalho é para que a gente dê mais condições de ação às nossas forças policiais e ter mais resultado no enfrentamento ao crime”, completou o governador.

No início do ano, o concurso PM-ES já havia sido confirmado pelo Governador. Em entrevista ao Tribuna, o chefe do executivo estadual falou sobre as expectativas de concurso público para o estado, garantindo Educação e Segurança Pública como prioridades.

“Eu vou abrir concurso para policiais. Aqueles que já estavam abertos nós já iniciamos o curso, e vamos abrir um outro edital em 2021 para policiais. Queremos abrir para professores também em 2021”, disse Casagrande.

Sobre os cargos do Concurso PM ES

Soldado Combatente

Requisitos: a) ser brasileiro (a); b) ter altura mínima, descalço e descoberto, de 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) para homens e de 1,60m (um metro e sessenta centímetros) para mulheres; ser aprovado no Exame Psicossomático, conforme o Anexo III e item 14 do presente edital; i) ser aprovado nos Exames de Saúde, que comprovem a capacidade física para exercício do cargo, conforme o Anexo IV do presente edital; j) ser aprovado em exame toxicológico/antidoping, do tipo “janela de larga detecção” ou outro de aferição superior, realizado em caráter confidencial e comprovado pela Diretoria de Saúde da PMES e realizado a qualquer tempo deste Concurso Público; k) ser aprovado em investigação social, apresentando idoneidade moral, comportamento irrepreensível e ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais, certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Estadual, Eleitoral e Militar, além de outros levantamentos necessários procedidos pela instituição, a fim de atestar a compatibilidade de conduta para o desempenho do cargo; l) não apresentar tatuagem definitiva situada em membros inferiores, superiores, pescoço, face e cabeça, que não possa ser coberta por uniforme de educação física da corporação, composto por calção ou short, camiseta de manga curta e meia de cano curto, ou outras tatuagens que acarretem a identificação do policial, possibilitando o seu reconhecimento e ameaça à sua segurança; m) possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir automóvel, no mínimo na categoria “B”; n) ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade na data de matrícula no Curso de Formação e, no máximo, 28 (vinte e oito) anos de idade no primeiro dia de inscrição no concurso; o) ser aprovado com aproveitamento no Curso de Formação de Soldado Combatente (CFSd) QPMP-C – etapa do presente concurso; p) ter nível médio de escolaridade, devidamente comprovado por meio de diploma, certificado ou declaração, reconhecido legalmente por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas do país, ou pelo Ministério da Educação e Cultura; q) conhecer o Hino Nacional Brasileiro (art. 40 da Lei Federal 5.700/1971).

Salário durante o curso de formação: R$ 1.220,30

Salário após formação: R$ 2.778,43

Atribuições: a) policiamento ostensivo geral, preventivo e repressivo, em área urbana e rural, nos processos de policiamento motorizado, a pé, ciclístico, aéreo, dentre outros executados pela Instituição; b) policiamento especializado, em seus diversos tipos, tais como policiamento de trânsito urbano e rodoviário, ambiental, montado, de guarda, de eventos, de choque e de missões especiais, dentre outros tipos de policiamento executados pela Instituição; c) condução de viaturas policiais; d) atendimento e condução de ocorrências policiais decorrentes das ações e operações de policiamento; e) elaboração de boletins de ocorrência; f) cumprimento de planos, normas e ordens emanadas pelo escalão superior da Instituição, pautando-se pela disciplina, hierarquia, equilíbrio emocional, honestidade, cooperação e comprometimento; g) suporte de comando dos escalões hierárquicos imediatamente superiores, dentro dos limites de sua competência; h) observância constante dos valores, da ética e dos deveres policiais militares; i) desempenho de outros tipos de policiamento e atividades inerentes à Instituição, observando os demais princípios, normas e encargos aplicáveis na condição de militar estadual, dentro dos limites de competência de sua respectiva graduação.

Oficial Combatente

Requisitos: a) ser brasileiro(a) nato(a); b) ter altura mínima, descalço e descoberto, de 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) para homens e de 1,60m (um metro e sessenta centímetros) para mulheres; c) estar em dia com as obrigações eleitorais e no pleno exercício dos direitos políticos, mediante apresentação de certidão expedida pela Justiça Eleitoral; d) estar em dia com suas obrigações militares se for do sexo masculino, devendo ser portador do certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, e não ter sido afastado do serviço militar, seja por reforma, demissão, licenciamento ou exclusão a bem da disciplina, seja por incapacidade física ou mental definitiva, em qualquer das Forças Armadas ou Auxiliares; e) ser aprovado no presente concurso público, dentro do limite de vagas, conforme o presente edital; f) estar em dia com toda a documentação exigida, para apresentação na data estipulada pelo presente edital; g) ser aprovado no exame de aptidão física, realizado por meio de Teste de Avaliação Física (TAF), conforme Anexo II e item 10.2 do presente edital; h) ser aprovado no Exame Psicossomático, conforme o Anexo III e item 10.3 do presente edital; i) ser aprovado nos exames de saúde que comprovem a capacidade física para exercício do cargo, conforme o Anexo IV do presente edital; j) ser aprovado em exame toxicológico/antidoping, do tipo “janela de larga detecção” ou outro de aferição superior, realizado em caráter confidencial, comprovado pela Diretoria de Saúde e realizado a qualquer tempo durante o presente concurso; k) ser aprovado em investigação social, apresentando idoneidade moral, comportamento irrepreensível e ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais, certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Estadual, Eleitoral e Militar, além de outros levantamentos necessários procedidos pela Instituição, a fim de atestar a compatibilidade de conduta para o desempenho do cargo; l) não apresentar tatuagem definitiva situada em membros inferiores, superiores, pescoço, face e cabeça, que não possa ser coberta por uniforme de educação física da corporação, composto por calção ou short, camiseta de manga curta e meia de cano curto, ou outras tatuagens que acarretem a identificação do policial, possibilitando o seu reconhecimento e ameaça a sua segurança; m) possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir automóvel, no mínimo na categoria “B”; n) ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade na data de matrícula no Curso de Formação e, no máximo, 28 (vinte e oito) anos de idade no primeiro dia de inscrição no concurso; o) ser aprovado com aproveitamento no Curso de Bacharelado em Ciências Policiais e Segurança Pública – etapa do presente concurso; p) ter no mínimo nível médio de escolaridade, devidamente comprovado por meio de diploma, certificado ou declaração, reconhecido legalmente por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas do país ou pelo Ministério da Educação e Cultura; q) conhecer o Hino Nacional Brasileiro (art. 40 da Lei Federal nº 5.700/1971).

Salário durante o curso de formação: 1º ano – R$ 2.584,16 / 2º ano – R$ 3.158,42 / 3º ano – R$ 3.445,55

Salário após formação: R$ 5.823,07

Etapas e Provas do Concurso PM ES

De acordo com o último edital de concurso, os cargos têm as seguintes etapas:

Soldado Combatente

O concurso PM/ES 2018 para Soldado compreenderá exames para aferir conhecimentos e habilidades, mediante aplicação de Provas Objetiva e de Redação, de caráter classificatório e eliminatório; Entrega de Documentação preliminar, aferição de idade e pontuação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), de caráter eliminatório e classificatório; Exame de Aptidão Física, de caráter eliminatório; Exame Psicossomático, de caráter eliminatório; Investigação Social; de caráter eliminatório; Exames de Saúde e Toxicológico, de caráter eliminatório; Entrega de documentação para classificação e inscrição no Curso de Formação, de caráter eliminatório; classificação final e matrícula no Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; realização do Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; Encerramento do Curso de Formação e Resultado Final.

Oficial Combatente

O concurso PM/ES 2018 para Oficial Combatente compreenderá exames para aferir conhecimentos e habilidades, mediante aplicação de Provas Objetiva e de Redação, de caráter classificatório e eliminatório; Entrega de Documentação preliminar e aferição de idade, de caráter eliminatório; Exame de Aptidão Física, de caráter eliminatório; Exame Psicossomático, de caráter eliminatório; Investigação Social; de caráter eliminatório; Exames de Saúde e Toxicológico, de caráter eliminatório; Entrega de documentação para classificação e inscrição no Curso de Formação, de caráter eliminatório; classificação final e matrícula no Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; realização do Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; Encerramento do Curso de Formação e Resultado Final.

Soldado Combatente

A Prova Objetiva será composta de 80 (oitenta) questões, distribuídas por áreas de conhecimento. Cada questão da Prova Objetiva terá 5 (cinco) alternativas, sendo que cada questão terá apenas 1 (uma) alternativa correta, pontuadas conforme tabela abaixo. Será atribuída pontuação 0 (zero) às questões com mais de uma opção assinalada, questões sem opção assinalada, com rasuras ou preenchidas a lápis.

As Provas Objetiva e de Redação serão aplicadas nas cidades de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares, Nova Venécia, São Mateus, Venda Nova do Imigrante, Vitória, Estado do Espírito Santo, conforme a escolha do candidato no momento da inscrição, ou do pedido de isenção, podendo ser aplicadas também em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município escolhido

A prova objetiva de Soldado Combatente contará com questões de Língua Portuguesa (20 questões), Raciocínio Lógico e Matemático (20 questões), Noções de Informática (10 questões) e Conhecimentos Específicos (30).

Oficial Combatente

A Prova Objetiva será composta de 80 (oitenta) questões, distribuídas por áreas de conhecimento. Cada questão da Prova Objetiva terá 5 (cinco) alternativas, sendo que cada questão terá apenas 1 (uma) alternativa correta, pontuadas conforme tabela abaixo. Será atribuída pontuação 0 (zero) às questões com mais de uma opção assinalada, questões sem opção assinalada, com rasuras ou preenchidas a lápis.

As Provas Objetiva e de Redação serão aplicadas nas seguintes cidades, sendo elas: Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares, Nova Venécia, São Mateus, Venda Nova do Imigrante, Vitória, Estado do Espírito Santo, conforme a escolha do candidato no momento da inscrição, ou do pedido de isenção, podendo ser aplicadas também em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município escolhido.

A prova objetiva de Oficial Combatente contará com questões de Língua Portuguesa (15 questões), Raciocínio Lógico e Matemático (15 questões), Noções de Informática (10 questões) e Conhecimentos Específicos (40).

Informações do concurso
  • Concurso: Polícia Militar do Espírito Santo
  • Banca organizadora: Instituto AOCP
  • Escolaridade: a definir
  • Número de vagas: 1.111
  • Remuneração: a definir
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: EDITAL PREVISTO
  • Veja o último edital

Veja Apostila para Concurso Polícia Militar ES: CLIQUE AQUI

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Glauber Rabelo Diz

    Não fala as matérias que vão cair na prova nao ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.