Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso MP PA 2021: novo edital tem autorização com 65 vagas para promotor

O certame vai abrir 65 vagas imediatas para carreira, conforme aprovação na sessão ordinária do Colegiado do dia 05 de julho.

Cresce a expectativa de abertura do concurso público do Ministério Público do Estado do Pará (Concurso MP PA 2021). O colégio de Procuradores do órgão autorizou um novo certame para a carreira de Promotor. O certame vai abrir 65 vagas imediatas para carreira, conforme aprovação na sessão ordinária do Colegiado do dia 05 de julho.

Além das 65 vagas abertas, o concurso formará um cadastro reserva para ser utilizado durante o prazo de validade. A previsão é que o edital seja publicado nos próximos meses.

“No último concurso, nomearam absolutamente todos os aprovados e a demanda já é tamanha hoje, que dirá no decorrer do prazo de validade”, disse Bruno Câmara, promotor de justiça do Pará, em suas redes sociais .

O cargo de Promotor exige Bacharelado em Direito, registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e, no mínimo, três anos de prática jurídica. O salário inicial do cargo é de R$30.404,42. 

Último concurso MP PA para Promotor

O último edital de concurso MP PA para o cargo de Promotor foi aberto em 2014. Na época, o edital trouxe 50 vagas, além de cadastro reserva. O salário inicial foi de R$20.705. Houve reserva de vagas para pessoas com deficiência.

O concurso MP-PA para Promotor foi organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Na primeira etapa, o concurso contou com uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

A prova contou com 100 questões, distribuídas pelas seguintes disciplinas:

  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Constitucional;
  • Direito da Infância e da Juventude;
  • Direito Comercial e Empresarial;
  • Direito Agrário;
  • Direitos Humanos;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Tributário;
  • Direito Eleitoral;
  • Legislação de Interesse Institucional do Ministério Público;
  • Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos.

O concurso, em segunda etapa, também de caráter eliminatório e classificatório, contou com três provas discursivas com duração de cinco horas cada, realizadas em dias distintos. A validade do concurso foi de um ano, possível de prorrogação por igual período.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.