Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso IBGE 2021 com 207 mil vagas pode sair no dia 18 de fevereiro

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística prevê a abertura de novo edital de concurso público (Concurso IBGE 2021). O certame pode sair já no próximo dia 18 de fevereiro, conforme consta em alguns portais. No entanto, até agora, o IBGE ainda não confirma o cronograma.

O documento autorizativo foi publicado no Diário Oficial da União do dia 29 de janeiro. Oficialmente, o órgão informa que os editais do certame estão previstos para serem publicados entre o fim de fevereiro e início de março, conforme informou o Instituto ao site Folha Dirigida. São esperadas 213 mil vagas temporárias, sendo um com mais de 207 mil vagas.

De acordo com o documento de autorização, estão previstos para o concurso do IBGE 2021, nada menos que três editais. Todas as autorizações da seleção foram dadas em uma única portaria.

O primeiro edital do concurso IBGE para o Censo vai contar com mais de 207 mil vagas. As vagas serão para os mesmos cargos que foram oferecidos no último edital, divulgado em 2020, mas suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus.

O novo documento de autorização, no entanto, conta com uma redução pequena de vagas, uma vez que o edital divulgado em 2020 contou com 208.695 vagas. Ou seja, o novo aval publicado em janeiro trouxe menos 1.675 vagas.

Além do grande edital com mais de 200 mil vagas, a portaria traz autorização para outros dois editais que serão publicados pelo IBGE em diferentes momentos, também visando a realização do Censo 2021.

Foi autorizado, ainda, um edital visando o preenchimento de 192 vagas, distribuídas entre os cargos de agente censitário de pesquisa por telefone – nível médio (180 oportunidades); e supervisor censitário de pesquisa e codificação – nível superior (12).

Por fim, o último edital conta com vagas para Codificador, com exigência de nível médio. Para o cargo foram autorizadas 120 vagas.

O concurso IBGE 2021 vai contar, assim, com nada menos que 207.332 vagas no total. Veja a distribuição de vagas por cada cargo:

Cargos Vagas Escolaridade Remuneração Edital
Agente censitário municipal 5.462 Nível médio R$2.100 + R$458 (auxílio-alimentação) = R$2.558 Previsão do 1º edital
Agente censitário supervisor 22.676 Nível médio R$1.700 + R$458 (auxílio-alimentação) = R$2.158 Previsão do 1º edital
Recenseador 180.557 Nível fundamental *valor variável – a ver região Previsão do 1º edital
Agente Censitário de Pesquisas por Telefone 180 Nível médio a definir Previsão do 2º edital
Supervisor Censitário de Pesquisas e Codificação 12 Nível superior a definir Previsão do 2º edital
Codificador Censitário 120 Nível médio a definir Previsão do 3º edital

Agora, com a nova autorização do concurso IBGE 2021, o novo processo de escolha para escolha da banca deve ser realizado. O Cebraspe é a grande favorita para organizar o edital com mais de 200 mil vagas, uma vez que em 2020 a banca já havia sido escolhida. Para os dois últimos editais, o processo de escolha da banca já está em andamento.

Já o segundo edital do concurso, com 312 vagas, está em fase de escolha da banca organizadora. Pela portaria autorizativa, esse documento pode sair até o fim de julho deste ano.

Concurso IBGE 2021

De acordo com a portaria autorizativa do concurso IBGE, os editais deverão ser publicado em até seis meses após a publicação da autorização, ou seja, até o fim de junho.

No entanto, a expectativa é que o primeiro edital de concurso IBGE seja publicado até março, assim como aconteceu no ano passado. Além disso, um outro fator que indica a publicação do edital em breve é o fato do Censo Demográfico ter previsão de começar em agosto.

Provas

O último edital divulgado em 2020 informou que as provas seriam publicadas em dois dias diferentes. Os exames seriam realizados nos 26 estados mais o Distrito Federal.

O edital permitia, inclusive, o candidato participar de vagas de outros estados ou municípios. Nesse caso, o candidato realizaria a prova em sua cidade/estado e, caso fosse aprovado, seria convocado para atuação na região de interesse.

Mesmo com a suspensão do concurso, é possível que o conteúdo e provas do concurso sejam mantidos. Desta forma, a avaliação pode contar com as seguintes disciplinas:

Agentes – 60 questões

  • Língua Portuguesa (dez);
  • Raciocínio Lógico Quantitativo (dez);
  • Ética no Serviço Público (cinco);
  • Noções de Administração/Situações Gerenciais (15); e
  • Conhecimentos técnicos (20).

Recenseador – 50 questões

  • Língua Portuguesa (dez);
  • Ética no Serviço Público (cinco);
  • Matemática (dez); e
  • Conhecimentos técnicos (25).

No Censo, todos os domicílios do país são visitados. Os recenseadores, com previsão de 180 mil vagas, coletam informações através de uma entrevista direta.

O contrato dos agentes terá duração de cinco meses. O recenseador, a princípio, terá missão de trabalhar por três meses.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
3 Comentários
  1. bruxinha Diz

    de burro

  2. Wilsonjosezacheuneto Diz

    Não entendi nada

    1. bruxinha Diz

      de burro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.