Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Caixa para PCD: abriram as inscrições!

Corra: o prazo para inscrições é entre 10 e 17 de setembro

A Caixa Econômica Federal (CEF) publicou nesta sexta-feira (10/9), no Diário Oficial da União (DOU), o edital do concurso público com 1.100 vagas destinadas à Pessoas com Deficiência (Pcd).

As vagas são para os cargos de Técnico Bancário Novo e Técnico Bancário Novo – Tecnologia da Informação, além de 100 vagas para formação de cadastro de reserva. O salário é de R$ 3.000,00 com jornada de 6h diárias.

A banca responsável pelo certame é a Cesgranrio, e as inscrições poderão ser feitas entre os dias 10 e 27 deste mês de setembro, com taxa no valor de R$ 30,00. Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), membros de família de baixa renda e doadores de medula óssea podem solicitar a isenção. As provas devem ser aplicadas em 31 de outubro de 2021.

Pelo edital é possível saber os locais das provas, bem como as cidades aonde as vagas estão disponíveis. No ato da inscrição, o candidato deve optar por um polo, que estará automaticamente vinculado ao macropolo/UF correspondente, para fins de classificação e convocação, assim como a cidade de realização das provas.

Os referidos cargos exigem formação em nível médio de escolaridade, além da necessidade de serem apresentados laudos médicos digitais dos últimos 36 meses, confirmando a deficiência (espécie) e grau.

O que deve ser observado na inscrição?

De acordo com o edital do concurso Caixa, os Relatórios Médicos dos candidatos classificados serão ainda avaliados por uma equipe multiprofissional, de acordo o Decreto nº 9.508/2018, que rege o provimento de vagas para deficientes físicos em instituições publicas.

O Relatório Médico enviado durante o período de inscrição no concurso Caixa indicado no edital deverá obedecer às seguintes exigências:

  • ter sido expedido há, no máximo, 36 meses, a contar da data de início do período de inscrição;
  • descrever a espécie e o grau ou nível de deficiência;
  • apresentar a provável causa da deficiência;
  • apresentar os graus de autonomia;
  • constar referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID) vigente;
  • constar se faz uso de órteses, próteses ou adaptações;
  • no caso de deficiente auditivo, o Relatório deverá vir acompanhado de uma audiometria recente, até 36 meses a contar da data de início do período de inscrição, acrescido do nome e CPF do (a) candidato (a);
  • no caso de deficiente visual, no Relatório deverá constar a acuidade em AO (ambos os olhos), doença e campo visual;
  • no caso de deficiência mental, no laudo deverá constar a data do início da doença, áreas de limitação associadas e habilidades adaptadas e comprovação de déficit cognitivo significativamente inferior à média, com manifestação antes dos dezoito anos; e
  • no caso de deficiência múltipla, no laudo deverá constar a associação de duas ou mais deficiências.

Em posse do laudo, o candidato deverá enviar, via upload, o Relatório Médico digital, em documento PDF digitalmente assinado por certificado digital contados da data de publicação do edital, contendo a assinatura por certificação digital do médico com o número de sua inscrição no Conselho Regional de Medicina (CRM) no documento.

O formulário eletrônico encontra-se disponível em https://prescricaoeletronica.cfm.org.br/arquivos/relatorio_medico.pdf, conforme a especialidade, de acordo com o modelo do Anexo V do edital.

Os candidatos que prestarem qualquer declaração falsa ou inexata no ato da inscrição, ou caso não possam satisfazer a todas as condições, terão a inscrição cancelada, mesmo que classificados nas provas, exames e avaliações.

A Fundação Cesgranrio e a Caixa não se responsabilizam por qualquer tipo de problema que impeça a chegada dessa documentação a seu destino, seja de ordem técnica dos computadores, seja decorrente de falhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem o envio. Então, acompanhe pelo site da Cesgranrio todas as etapas de sua inscrição!

Etapas do concurso Caixa

O concurso Caixa será realizado em cinco etapas, sendo elas as de provas objetivas, redação, veracidade de candidatos cotistas (pretos e pardos), análise de laudo médico e procedimentos admissionais. Confira:

  • 1ª Etapa – Avaliação de Conhecimentos, mediante a aplicação de provas objetivas de caracteres eliminatório e classificatório;
  • 2ª Etapa – Prova de Redação de caráter eliminatório;
  • 3ª Etapa – Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos pretos ou pardos;
  • 4ª Etapa – Análise do Laudo Médico por Equipe Multiprofissional da condição declarada de deficiência, de caráter eliminatório;
  • 5ª Etapa – Procedimentos admissionais para comprovação do atendimento aos requisitos e condições necessárias para a contratação e Exames Médicos Admissionais, de caráter eliminatório.

Benefícios dos servidores da Caixa

Vimos que o salário inicial é de R$ 3.000,00 para jornada de 30h. Mas com os benefícios, esse valor pode chegar a, aproximadamente, R$ 4.486,03. Veja aqui alguns dos benefícios que os aprovados poderão ter:

  • Auxílio refeição/alimentação;
  • Auxílio cesta/alimentação;
  • Auxílio 13ª cesta alimentação;
  • Auxílio creche/babá;
  • Possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional;
  • Participação nos lucros e nos resultados;
  • Possibilidade de participação em plano de saúde e em plano de previdência complementar;
  • Possibilidade de participação em programa de elevação da escolaridade e desenvolvimento;
  • Programas de preservação da saúde, qualidade de vida e prevenção de acidentes.

Provas do concurso Caixa

A primeira e segunda etapas, prova objetiva e redação, serão realizadas no dia 31 de outubro. No exame de múltipla escolha, serão cobradas 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos e 30 questões Específicos, com a seguinte distribuição:

Técnico bancário tradicional

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa (dez questões, com valor de um ponto cada);
  • Matemática Financeira (dez questões, com valor de um ponto cada); e
  • Conhecimentos Bancários (dez questões, com valor de um ponto cada).

Conhecimentos Específicos

  • Noções de Probabilidade e Estatística (cinco questões, com valor de um ponto cada);
  • Conhecimentos de Informática (dez questões, com valor de um ponto cada); e
  • Atendimento Bancário (15 questões, com valor de um ponto cada).

Técnico bancário de TI

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa (dez questões, com valor de um ponto cada);
  • Matemática Financeira (dez questões, com valor de um ponto cada); e
  • Conhecimentos Bancários (dez questões, com valor de um ponto cada).

Conhecimentos Específicos

  • Tecnologia da Informação (30 questões, com valor de um ponto cada).

Será considerado habilitado para a prova de redação somente quem estiver classificado, na objetiva, em uma posição que não ultrapasse o triplo do somatório do total de número de vagas e do número de cadastro de reserva.

A redação será composta por um texto dissertativo-argumentativo, com 100 pontos no total. Os aprovados, conforme os limites estabelecidos no edital, realizarão as demais etapas, sob responsabilidade da Caixa.

Os resultados finais de todas as etapas está previsto para 10 de dezembro deste ano.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Doralina Paradeda Diz

    Existe um curso gratuito para a prova da CEF?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.