Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Bombeiros MG 2021: Fundep é a banca do edital para 166 vagas

As vagas serão divididas por duas carreiras: soldado, com 145 vagas, e oficiais, com 21.

Grande notícia. O edital de concurso público do Corpo de Bombeiros do Estado de Minas Gerais (Concurso Bombeiros MG 2021) está muito próximo. A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) foi escolhida para organizar o certame.

O extrato de contrato foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 22 de julho. O prazo para prestação dos serviços será de 12 meses. Sendo assim, o concurso deve ser concluído durante esse período.  O concurso tem previsão de ser publicado já em agosto com provas em dezembro.

“Estamos trabalhando com um calendário mais enxuto possível para promover o concurso ainda este ano”, disse o porta-voz da corporação, tenente Pedro Aihara,

Segundo informações do tenente, o edital de concurso será publicado para o preenchimento de 166 vagas de nível médio. Os salários poderão chegar a até R$9 mil.

“Conforme nosso governador Romeu Zema já havia anunciado, está autorizado o concurso para ingresso nas fileiras. Não deixe de se preparar! Venha fazer parte de uma corporação de heróis porque nós já estamos esperando você aqui”, confirmou.

As vagas do concurso Bombeiros-MG estarão distribuídas entre os cargos de Soldado (145 vagas) e Oficiais (21). Em ambos os casos é exigido o nível médio completo. Além disso, é necessário ter 18 a 30 anos e altura mínima de 1,60m. A remuneração, em início de carreira, é de R$4 mil para soldado e de R$9 mil para oficial.

“Por força de lei, 10% das vagas são destinadas ao sexo feminino. No caso de oficiais, serão de duas a três vagas para mulheres e para soldados serão 14 ou 15 vagas destinadas ao sexo feminino”, garantiu Aihara.

O concurso Bombeiros MG

A expectativa é que a estrutura de provas do último concurso seja mantida para este novo certame. Sendo assim, o concurso deve contar com provas objetivas, provas discursivas, teste psicológico, teste de capacitação física e habilidades natatórias e exame toxicológico.

No caso de carreiras específicas, como para o quadro de especialistas, é possível que outras etapas sejam aplicadas, como uma prova teórico/prática.

“A tendência é que a gente mantenha a mesma estrutura com o curso de formação. O conteúdo programático das provas também deve seguir o padrão, englobando matérias de ensino médio mais o conteúdo de Direitos Humanos”.

A expectativa é que o curso de formação seja iniciado em 2022, com todos os aprovados sendo chamados uma única vez. Não há previsão de formação de um cadastro de reserva.

No concurso Bombeiros MG os aprovados são nomeados antes de ingressar no curso de formação. “Tanto para oficiais como para soldado, o aprovado no concurso já é considerado um militar durante o curso de formação e é remunerado”, explicou o tenente Pedro Aihara.

O curso de Soldados terá duração de sete a nove meses, enquanto para oficiais será de três anos, funcionando como um Bacharelado em Ciências Militares, com ênfase em gestão e prevenção de catástrofes.

“No caso de oficiais, o militar pode entrar com nível médio e sair com uma graduação”, frisou o porta-voz da corporação.

Último concurso Bombeiros MG

Os últimos editais de concurso público do Corpo de Bombeiros-MG foram publicados em 2020. Foram abertas 40 vagas, sendo 30 para o Quadro de Oficiais Bombeiros Militar (QO-BM) e dez para o Quadro de Oficiais de Saúde (QOS-BM).

Do quantitativo de vagas liberadas para o CFO, 27 foram destinadas aos homens e 03 para mulheres. No quadro da Saúde, as chances foram para ambos os sexos, distribuídas entre as áreas de Fisioterapia (uma vaga); Clínica Médica (quatro); Psiquiatria (uma); Otorrinolaringologia (uma); Pneumologia (uma); Medicina de Emergência (uma); e Cirurgia de Tórax (uma).

O cargo de oficial exigiu idade entre 18 e 30 anos, nível médio completo e altura mínima de 1,60m. Já para a carreira de oficial de saúde, os pré-requisitos foram curso superior na área de interesse e até 35 anos de idade. No curso de formação, o cadete recebeu um salário inicial de R$6.519,44.

Já os aprovados da Saúde receberam bolsa de estudo correspondente à metade do vencimento básico do 2º tenente BM, no valor de R$5.014,17. Após o fim do curso, receberam R$10.028,33.

O concurso contou com diversas etapas. A primeira delas foi composta por provas objetivas, discursivas (Saúde) e redação (nível médio).

O concurso ainda contou com exames médicos, teste psicológico, teste de capacitação física e habilidades natatórias e exame toxicológico.

O último concurso de Soldados do Corpo de Bombeiros-MG foi divulgado em 2017. Na época, a corporação abriu 465 vagas para o cargo, que exige nível médio, além de 35 para o quadro de praças especialistas, de nível médio/técnico.

Após a conclusão do curso de formação, a remuneração básica foi de R$4.098,42, correspondente ao cargo de soldado de 1ª Classe dos Bombeiros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.