Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Bombeiros MG 2021: saem editais com 166 vagas de soldado e oficial! Até R$10.028,29

As vagas serão divididas por duas carreiras: soldado, com 145 vagas, e oficiais, com 21.

Foram publicados os editais de concurso público do Corpo de Bombeiros do Estado de Minas Gerais (Concurso Bombeiros MG 2021). São oferecidas, ao todo, 166 vagas nos cargos de Soldado e Oficial, com salários que podem chegar a até R$10 mil mensais.

Em ambos os casos é exigido o nível médio completo. Além disso, é necessário ter 18 a 30 anos e altura mínima de 1,60m. A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) é a banca.

Segundo o edital, são 21 vagas para Oficiais. Nesse caso, são 18 para o sexo masculino e três para o sexo feminino. Os salários chegam a R$10.028,29.

No caso de Soldado, são 145 vagas, sendo 130 para homens e 15 para mulheres. O salário inicial é de R$4.631,21.

Além dos salários, os aprovados contarão com adicional de desempenho a cada cinco anos de até 10%. Além de abono fardamento e suporte médico, odontológico e psicológico.

Inscrição Concurso Bombeiros MG 2021

Os interessados em concorrer a uma das vagas no concurso Bombeiros-MG 2021 poderão se inscrever entre 04 de agosto e 02 de setembro de 2021, por meio do site da Fundep , banca organizadora. A taxa de inscrição do certame vai custar R$92 para Soldado e R$200 para Oficial.

Segundo o texto, somente desempregados ou membros de famílias de baixa renda podem solicitar a isenção da taxa. Para isso, será necessário preencher o requerimento até 06 de agosto, via site da banca.

Provas

O concurso dos Bombeiros-MG vai contar com provas objetivas, provas discursivas (apenas para oficiais) e teste de capacitação física (TCF). Todas de caráter eliminatório e classificatório.

Os exames objetivos e discursivos para o cargo de Oficial serão aplicados no dia 03 de outubro de 2021. Para Soldado, as provas objetivas serão aplicadas uma semana depois, no dia 10 de outubro.

As provas objetivas contarão com 50 questões, distribuídas pelas seguintes disciplinas:

Soldados

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Matemática – 10 questões;
  • Geografia – 5 questões;
  • História – 5 questões;
  • Direitos Humanos – 5 questões;
  • Química – 5 questões;
  • Biologia – 5 questões;
  • Física – 5 questões.

Oficiais

  • Língua Portuguesa – 5 questões;
  • Matemática – 5questões;
  • Física – 5 questões;
  • Química – 5 questões;
  • Geografia – 5 questões;
  • Biologia- 5 questões;
  • Inglês – 5 questões;
  • Direitos Humanos – 5 questões;
  • História- 5 questões;
  • Literatura Brasileira- 5 questões.

Está confirmado que as provas serão aplicadas em Belo Horizonte, Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Poços de Caldas, Varginha, Governador Valadares, Uberaba e Uberlândia.

No caso de oficial, os candidatos serão submetidos a uma prova de redação, em que os candidatos deverão elaborar um texto sobre tema contemporâneo de Conhecimento Geral.

No caso de Soldado, serão convocados para segunda fase os 400 melhores colocados (325 homens e 75 mulheres). Para Oficial, serão chamados 60 candidatos (45 homens e 15 mulheres) com melhores notas nas provas objetivas e discursivas.

No teste de capacitação física, os candidatos deverão desempenhar os seguintes exercícios:

  • Teste de Resistência Aeróbica;
  • Teste de Flexão Abdominal;
  • Teste de Força Muscular de Membros Superiores;
  • Teste de Agilidade (Shuttle-Run);
  • Teste de Habilidade Natatória.

O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Curso de Formação

A expectativa é que o curso de formação seja iniciado em 2022, com todos os aprovados sendo chamados uma única vez. Não há previsão de formação de um cadastro de reserva.

No concurso Bombeiros MG os aprovados são nomeados antes de ingressar no curso de formação. “Tanto para oficiais como para soldado, o aprovado no concurso já é considerado um militar durante o curso de formação e é remunerado”, explicou o tenente Pedro Aihara.

O curso de Soldados terá duração de sete a nove meses, enquanto para oficiais será de três anos, funcionando como um Bacharelado em Ciências Militares, com ênfase em gestão e prevenção de catástrofes.

“No caso de oficiais, o militar pode entrar com nível médio e sair com uma graduação”, frisou o porta-voz da corporação.

Informações do concurso
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.