Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como usar portabilidade de salário do PicPay?

No final de maio, o PicPay anunciou o recurso de portabilidade de salário para os usuários que utilizam o aplicativo. Sendo assim, os clientes da instituição que recebem a remuneração por outra instituição, poderão transferir automaticamente o dinheiro para o PicPay. 

De acordo com o PicPay, uma das vantagens de realizar a portabilidade de salário para o aplicativo é o rendimento acima da poupança disponibilizado pela empresa. Além disso, realizando a portabilidade de salário, o acesso a serviços financeiros como cartões de crédito e aumento de limite são facilitados aos clientes da instituição. 

“A carteira digital do PicPay foi pioneira ao fornecer serviços de pagamento instantâneo entre pessoas. Hoje, mais do que isso, a carteira é onde o usuário pode realizar uma ampla gama de serviços, como Pix, consulta de CPF, pagamentos de contas, e ainda ter rendimento acima da poupança com liquidez diária”, disse o PicPay em um comunicado oficial. 

Saiba como realizar a portabilidade de salário 

A portabilidade de salário permite que os trabalhadores (de empresas públicas e privadas) escolham o banco em que desejam receber sua remuneração. Nesse sentido, o salário dos funcionários é depositado na conta-salário, mas o valor é transferido automaticamente para a conta desejada. 

Segundo informações disponibilizadas pelo PicPay, o recurso vem sendo implementado aos poucos para seus usuários. Sendo assim, os clientes devem aguardar até que o botão “Portabilidade de salário” esteja disponível.

Quando o botão “Portabilidade de salário” estiver disponível no aplicativo, os usuários devem informar o CNPJ da empresa onde trabalham e o banco onde recebem o salário. Por fim, basta validar a identidade e aguardar até que a operação seja concluída. De acordo com o PicPay, esse processo pode levar alguns dias. 

As informações da empresa podem ser obtidas pelos trabalhadores no demonstrativo ou folha de pagamento. Vale informar que geralmente esses dados ficam localizados no topo do documento, junto com os dados pessoais do trabalhador. 

Sobre o PicPay 

O PicPay é atualmente o maior aplicativo de pagamentos do país, oferecendo diversos produtos e serviços para os seus usuários. A empresa foi criada no ano de 2012, no entanto, nos últimos anos vem ganhando cada vez mais espaço entre os brasileiros, tendo em vista a facilidade de realizar pagamentos pela plataforma. 

“O aplicativo PicPay começou como uma carteira digital, mas com o passar do tempo se transformou em um ecossistema completo. Nele, o usuário pode resolver sua vida financeira, fazer compras e se comunicar com outras pessoas”, explica a empresa. 

O PicPay esclarece que para utilizar sua plataforma não é necessário ser correntista de nenhum banco. Sendo assim, para se tornar cliente, basta baixar o App (disponível para Android e iOS) e criar uma conta digital gratuita. 

Vale informar que o PicPay permite que menores de idade criem uma conta na plataforma, apesar disso, a autorização de um responsável é indispensável. Os dados solicitados pela empresa ao fazer o cadastro são: CPF, e-mail, nome de usuário, telefone e dados do cartão de crédito (se houver). Mais informações sobre a plataforma podem ser obtidas no site da instituição.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.