Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como se preparar para concursos fiscais? Saiba

Confira algumas dicas que podem parecer básicas, mas que se não seguidas farão uma diferença bem negativa

Na sua grande maioria, os concursos fiscais são os mais concorridos do Brasil, uma vez que oferecem um dos melhores salários do serviço público brasileiro.

Desta maneira, obviamente os concurseiros estudam muito, passam o tempo todo focado nos livros e dedicam-se ao máximo para conquistar a tão sonhada aprovação nos concursos fiscais.

Entretanto, qual será a melhor forma de passar em concursos da área fiscal?

Vamos elencar algumas dicas que podem parecer básicas, mas que se não seguidas farão uma diferença bem negativa!

Fique atento  saiba a melhor forma de ser aprovado em concursos da área fiscal.

Dicas para concursos fiscais: como ser aprovado?

1) Estude o edital

Estudar o edital é fundamental em todos os concursos. Mas concurseiros, para concursos fiscais essa dica deve prevalecer.

Leia o edital, completo e minunciosamente. Se necessário (e será) leia mais de uma vez. É importante nesta hora não deixar nenhuma observação passar.

Além das disciplinas estude todas as regras gerais, prazos e tudo mais. Nos assuntos exigidos em edital sempre há desdobramentos e temas periféricos a serem estudados.

É essencial destrinchar o edital com precisão. Além disso, estude também as regras de pontuação da banca.

Mesmo que o edital do seu concurso ainda não tenha saído, vá atrás de editais dos últimos concursos, além de checar os editais anteriores da banca de concursos públicos semelhantes. Nesta hora, tudo é válido!

2) Tenha em mente o que é a área fiscal

Em concursos da área fiscal, grande parte dos estudantes fazem a prova pensando apenas no salário e benefícios.

Muitos nem estudam sobre o cargo e isto é fundamental para evitar frustrações. Não preste um concurso pela empolgação porque nem sempre este cargo o fará levantar de manhã empolgado para trabalhar.

Seja honesto com você mesmo e verifique se a área fiscal é realmente para você antes de prestar um concurso e ser aprovado.

3) Invista para passar em concursos da área fiscal

Nada vem fácil meu amigo. Nós precisamos sim abdicar de coisas para conquistarmos outras.

O primeiro recurso que você deve investir é o tempo. Faça uma gestão de tempo eficiente com suas horas úteis.

Outro investimento importante é feito durante o processo. Existem recursos que irão lhe ajudar a atingir a aprovação mais rapidamente.

Os cursos para concursos da área fiscal são altamente eficazes e prometem te fazer desenrolar todo o estudo.

Além disso, fazer um curso para concurso público da área fiscal pode aumentar em até 80% suas chances de aprovação.

4) Crie uma rotina de estudo estratégica

Criar um cronograma de estudos e disciplinas é essencial em qualquer concurso. Mas, para concursos fiscais isto tende a ser ainda mais eficiente.

Além de apresentarem um nível de dificuldade um pouco superior, os concursos da área fiscal pedem precisão.

Portanto, crie um cronograma com as disciplinas comuns e específicas, atentando-se á assuntos fiscais em seus estudos, sem deixar passar nenhuma disciplina. Foco concurseiro!

5) Reveja provas antigas

As provas antigas são um ótimo panorama de estudos. Desta forma você poderá ver por exemplo questões de contabilidade e de direito, que possuem um grande peso nas provas.

Faça-as, refaça-as, e se precisar faça novamente! Existem inúmeras provas por aí que você pode colocar no seu cronograma de estudos para resolução. Aproveite as chances que a internet te dá!

6) Não tenha medo da Contabilidade

A contabilidade é uma das matérias que os concurseiros fiscais mais tem medo. A contabilidade para concursos envolve muitos regras e contas que aparentam ser complicadas e nunca serão resolvidas.

E lembre-se: o primeiro passo para começar a estudar para concursos fiscais é sanar o medo da contabilidade.

Você não atingirá a aprovação sem ela, e ainda usará ela muito durante a profissão, pense nisso!

7) Não se apoie na calculadora

Geralmente, grande parte dos concursos públicos não permitem que o candidato utilize a calculadora.

Todavia, muitos concurseiros ainda cometem o erro de estudarem apenas com ela ao lado. Consequentemente na hora da prova, a grande amiga fará falta.

Desta maneira, aprenda a fazer cálculos sem se apoiar na calculadora. As contas básicas da matemática: adição, subtração, multiplicação e divisão podem ser aprendidas a serem feitas no lápis. Tudo é treino concurseiro!

Além disso, concentre-se na interpretação do problema antes da conta. Assista a vídeos matemáticos e faça cursos online de matemática para concursos.

Concursos fiscais: por onde começar?

Saber os assuntos corretos para iniciar os estudos para concursos fiscais são essenciais, e ele deve ser muito bem estudado durante o planejamento.

Na área fiscal, a Contabilidade e as Exatas são duas das matérias mais importantes e, por isso, devem ser levadas muito a sério em seu cronograma de estudos.

Uma boa dica para os concursos da área fiscal é: Primeiramente, estude o conteúdo para Analista da Receita Federal.

Uma boa estratégia caso você queria prestar os concursos da Receita Federal (Auditor e Analista) é começar por provas de Analista.

Entenda que o concurso para Analista funciona como um subconjunto de disciplinas cobradas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Federal.

Logo, é prudente incluir nos seus estudos todo o conteúdo para Analista da Receita Federal, se você está começando do zero.

Estudando para o cargo de Analista para concursos da área fiscal, você deve incluir no seu cronograma de estudos:

  • Administração Pública;
  • Direito Previdenciário;
  • Legislação Tributária Federal.

Por fim, só te resta estudar concurseiro. Para participar de concursos da área fiscal a preparação com antecedência é de extrema importância.

Se você decidiu agora, saiba que 2019 pode ser sua mudança de vida, então esteja preparado. Planeje-se para seu objetivo ser alcançado e vamos juntos, rumo a aprovação!

Quer conhecer melhor sobre a preparação eficiente para concursos da área fiscal?

Os candidatos que almejam uma vaga na área fiscal em 2019 devem ficar atentos. Além do concurso da Receita Federal, em análise, as Secretarias de Estado da Fazenda e Tribunais de Contas estaduais planejam oferecer diversas oportunidades para a carreira este ano. Além da estabilidade, as boas remunerações tornam os concursos concorridos, atraindo diversos candidatos por todo o país.

A flexibilidade de profissionais aprovados em concursos da área fiscal é outro grande atrativo, sendo amplamente associada com uma qualidade de vida dos sonhos.

Confira a lista ATUALIZADA completa e prepare-se

Receita Federal

Receita Federal encaminhou um novo pedido de realização de concurso público (EDITAL Concurso Receita Federal 2018). Anteriormente solicitado com 2.153 vagas, agora o pedido conta com nada menos que 5 mil vagas. A informação veio depois de uma reunião realizada em Brasília-DF entre o Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (SindiReceita) e gestores do Ministério do Planejamento.

Quanto ao quantitativo inicialmente solicitado pela Receita Federal para o cargo de Analista-Tributário, Paulo de Tarso informou que foram contabilizadas 1.453 vagas para preenchimento emergencial no exercício de 2018 (com pedido solicitado em 2017), mas houve acréscimo de 1.547 vagas. Com isso, 3.000 vagas foram solicitadas para o cargo de Analista-Tributário da Receita Federal, considerando o primeiro e segundo pedidos quando foi repactuado o quantitativo ideal, enquanto para o cargo de Auditor-Fiscal foi solicitado 2.000 vagas no total.

Para os cargos de analista e auditor os interessados deverão ter nível superior em qualquer área, para fazerem jus a salários de R$ 11.132,21 e R$ 19.669,01, respectivamente. O regime estatutário, que garante estabilidade, e as remunerações informadas já incluem o auxílio-alimentação, de R$458, faz o concurso ainda mais atraente, com tendência a ser bastante concorrido.

  • Concurso: Receita Federal
  • Banca organizadora: em definição
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 5.000
  • Remuneração: até R$21mil
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.
Tribunal de Contas do Distrito Federal

O quantitativo de vagas do concurso do Tribunal de Contas do Distrito Federal (Concurso TC DF 2019) foi alterado por motivos de restrições orçamentárias. O certame deixará de oferecer vagas para o cargo de técnico de controle externo, de nível médio, e terá chances apenas para candidatos com o ensino superior.  Com isso, das 14 vagas anunciadas pelo órgão, apenas 12 serão liberados no próximo concurso.

Agora, o certame terá as vagas distribuídas da seguinte forma: 10 vagas para auditor de controle externo; 01 para procurador; e 01 para auditor conselheiro substituto.

Essa não é a primeira mudança no quantitativo de vagas do certame. Antes da autorização, em outubro de 2018, eram esperadas 47 vagas, conforme previsto na LDO 2019. No entanto, o certame foi autorizado com 14 vagas. Agora, o edital reduz mais uma vez o quantitativo e vai ofertar 12 vagas.

A seleção tem expectativa de ser organizada pelo Cebraspe, antigo Cespe/UNB. A Consultoria Jurídica da Presidência do órgão recomendou a escolha da banca através de dispensa de licitação. O processo de contratação foi enviado ao Ministério Público de Contas para manifestação. A escolha depende da análise do MPC, que ainda não se pronunciou sobre a contratação. O documento foi divulgado nos autos do processo de autorização do concurso, que tramita no Tribunal. O edital só deve começar a ser elaborado após a escolha da banca.

A sugestão de contratação da banca organizadora também veio da Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Contas do DF, através de despacho. “…levando em consideração que a instituição tem realizado os concursos no âmbito deste Tribunal desde 1980, como também organiza os certames públicos para carreiras e cargos de notória relevância na estrutura pública do país,” diz o texto.

  • Concurso: Tribunal de Contas do Distrito Federal (TC-DF)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 12
  • Remuneração: até R$27 mil
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
Auditor Fiscal de Roraima  (ICMS-RR)

Em Roraima, o concurso público da Secretaria de Fazenda já conta com comissão definida. Os integrantes terão missão de planejar a abertura de um novo concurso que atenderá demandas do grupo de Tributação, Arrecadação e Fiscalização (TAF), pertencente ao órgão. O edital sairá no decorrer deste ano, com excelentes remunerações e benefícios.

Tribunal de Contas de Alagoas (Concurso TCE-AL 2019)

Tribunal de Contas do Estado de Alagoas tem grande expectativa de abrir um novo edital de concurso público (Concurso TCE-AL 2019) este ano. O órgão realiza um estudo para a realização de um novo certame para preenchimento de vagas criadas por servidores que se tornaram inativos ou aposentados. O projeto, previsto para ser levado à Assembléia Legislativa, deve ficar pronto até o fim de fevereiro.

Segundo informações da assessoria de comunicação do TCE/AL, no momento está sendo feito um levantamento de dados dos números de servidores que não estão mais operando no órgão para se ter a quantidade de vagas que precisam ser preenchidas no TCE.

O presidente do órgão, Otávio Lessa, deve emitir nota ao fim dos estudos para divulgar datas de quando será lançado o concurso público.

O concurso é visto de forma essencial pelo órgão, que conta um grande déficit de servidores. Atualmente o órgão tem contingente de aposentados maior do que o servidores ativos em 2019. De acordo com o presidente do Tribunal de Contas, Otávio Lessa, há cerca de 500 aposentados e apenas 300 ativos, de modo que a realização de concurso se faz necessária para diversos cargos, em todos os níveis de escolaridade. Saiba mais sobre o concurso.

Concurso SEFAZ DF 2019

É grande a expectativa de abertura do edital do concurso público da Secretaria da Fazenda do Distrito Federal (Concurso SEFAZ DF 2019). Foi divulgada no Diário Oficial desta terça-feira, 28 de maio, uma portaria que delega ao titular da Secretaria Adjunta de Planejamento e Orçamento a competência para praticar todos os atos administrativos e procedimentos decorrentes da realização do concurso do órgão.

No dia 14 de maio, processo de que trata o concurso registrou nada menos que nove movimentações na Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão, pasta que faz análise das áreas técnica e jurídica do certame. Segundo informações da SEFAZ, ainda não há um prazo para liberação do concurso.

O concurso será divulgado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O contrato para prestação de serviços foi assinado no dia 17 de dezembro do ano passado. A taxa de inscrição custará R$55,00.

edital de concurso SEFAZ-DF 2019 contará com 120 vagas, sendo 40 para preenchimento efetivo e 80 para formação de cadastro reserva. No entanto, segundo informações da assessoria de comunicação do órgão, estão sendo realizados estudos de impacto para ampliação do número de vagas. Saiba mais sobre o concurso.

Concurso SEFAZ AL 2019

É grande a expectativa de abertura do concurso da Secretaria Estadual da Fazenda de Alagoas (Concurso SEFAZ Alagoas 2019). O Governador do Estado, Renan Filho (MDB), divulgou que o edital do certame está mais próximo. A declaração foi dada durante a sua página oficial no Instagram.

“Tá chegando a hora do concurso da SEFAZ. Enquanto muitos Estados têm dificuldade pra honrar compromissos, aqui modernizamos o serviço público e oferecemos oportunidades aos alagoanos. Vamos em frente!”, disse o governador.

Em maio, o chefe do executivo estadual já havia confirmado o edital para junho. “Certamente no mês de junho vamos publicar o edital da Sefaz-AL”, disse Renan durante transmissão ao vivo. Ainda na transmissão, o secretário da Sefaz-AL, George Santoro, revelou que restava apenas a autorização de Renan Filho;

O secretário do órgão ainda revelou que serão dois concursos, cujos editais já estão prontos: um para Auditor Fiscal da Receita Estadual e outro para Auditor de Finanças e Controle de Arrecadação da Fazenda Estadual. “O governador deve autorizar esta semana os concursos. São dois concursos separados, que serão muito importantes para o estado, tendo em vista o grande número de aposentadorias que nós tivemos no ano passado e este ano”, revelou.

No dia 22 de fevereiro, o Procurador-Geral do Estado, Francisco Malaquias de Almeida Júnior, assinou um despacho que indica o aumento no número de vagas do certame e aponta o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) como banca organizadora.

De acordo com o documento, a proposta é que o edital seja divulgado com 85 vagas, sendo 60 vagas de Auditor Fiscal da Receita Estadual (R$9.000,00) e 25 de Auditor de Finanças e Controle da Arrecadação da Fazenda Estadual (R$8.050,00). Anteriormente o edital estava previsto para ser publicado com 80 vagas.

  • Concurso: SEFAZ-AL 2019
  • Banca organizadora: CESPE (a confirmar)
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 85
  • Remuneração: até R$9.000,00
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO
  • Saiba mais sobre o concurso.
Tribunal de Contas da Bahia (Concurso TCE BA 2019)

concurso do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (Concurso TCE BA 2019) tem grande expectativa de ser divulgado este ano. Acontece que consta na Lei Orçamentária Anual a informação de que há um “concurso a realizar” com um quantitativo de 25 vagas. No texto, os cargos que serão oferecidos, salários, requisitos e demais detalhes não foram informados.

Em dezembro, o Tribunal de Contas divulgou o relatório atualizado de cargos vagos. De acordo com o documento, são mais de 140 cargos vagos, sendo a maioria deles para Auditor Estadual de Controle Externo, com 101 postos sem preenchimento.

Mesmo sem previsão, a expectativa é que o concurso do TCE/BA não demore de ser divulgado. O motivo? A quantidade de cargos que estão vagos no órgão. De acordo com o site oficial do TCE (veja abaixo), 144 cargos estão vagos no Tribunal:

  • Auditor Estadual de Controle Externo – 101 cargos vagos
  • Auditor de Infraestrutura – 30 cargos vagos
  • Auditor de Contas Públicas – 01 cargo vago
  • Analista de Sistema – 03 cargos vagos
  • Analista de Suporte – 01 cargo vago
  • Bibliotecário – 02 cargos vagos
  • Dentista – 03 cargos vagos
  • Jornalista – 02 cargos vagos
  • Médico Perito – 01 cargo vago
Concurso SEFAZ-CE 2019

Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará deve divulgar o e edital de concurso(Concurso SEFAZ CE) com 100 vagas em 2020. Através de publicação no Instagram, o órgão informou que não haverá publicação de edital em 2019.

“#FiqueAtentoCidadão Não há previsão de concurso público para a Sefaz-CE em 2019”, diz.

No dia 23 de maio, o Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf), já havia passado que não haveria um novo concurso para SEFAZ em 2019. Na ocasião, a entidade informou que essa tinha sido uma última previsão dada pela secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, em reunião com a diretoria do Sintaf-CE. A expectativa, anteriormente, era que o edital fosse publicado ainda este ano.

O Sintaf-CE quer um novo concurso há anos para o quadro do órgão, visto que o último edital foi divulgado em 2006. Um dos diretores do sindicato, Lúcio Maia, disse que o déficit já é superior ao número de vagas previstas no novo edital. “Cem vagas é pouco diante da quantidade de servidores que se aposentaram. Foram onze anos sem concurso,” disse.

Em nota publicada no site oficial do Sindicato, é informado que as oportunidades vão contemplar todos os cargos da Sefaz-CE. Sendo assim, é possível que o concurso oferte vagas para as carreiras de auditoria (auditor) e gestão contábil (analistas). As áreas ainda não foram reveladas, mas se sabe que todas vão exigir o ensino superior.

Apesar de oferecer 100 vagas, o déficit no quadro de servidores da pasta é maior, uma vez que, segundo informações do Sindicato, pelo menos 200 novos servidores seriam necessários. A entidade sindical revelou que uma boa parte desse déficit se deve a um elevado número de aposentadorias. “A realização de concurso público é uma luta antiga do Sintaf, já que o último certame aconteceu há mais de dez anos.” Saiba mais sobre o concurso.

Concurso SECONT-ES 2019 – Auditor

Secretaria de Controle do Estado do Espírito Santo vai abrir um novo edital de concurso público para o cargo de Auditor do Estado (Concurso SECONT SEFAZ ES Auditor 2019) para o preenchimento de 10 vagas.  O Governo do Estado divulgou um comunicado em novembro com liberação especial de verbas, por meio de crédito especial para realização do novo certame. Segundo o texto, serão liberados R$43.355 para realização do concurso.

O edital do concurso SECONT-ES foi autorizado pelo Governador Paulo Hartung no dia 27 de agosto, durante coletiva de imprensa. A expectativa é que o edital seja divulgado em breve.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deverá ter nível superior nos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Jurídicas, Engenharia Civil ou Tecnologia da Informação. O salário inicial do Auditor é de R$9.326,63, já com o auxílio-alimentação de R$300,00 incluso.

edital do concurso SECONT-ES vem sendo aguardando desde o final do ano passado, quando a Secretaria divulgou a relação de operações administrativas que deveriam ser finalizadas entre 2018 e 2019. Dentre as atividades propostas, estava a abertura de novo concurso público.

  • Concurso: Secretaria de Controle do Estado do Espírito (SECONT-ES)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 10
  • Remuneração: R$9.326,63
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: AUTORIZADO
  • Saiba mais sobre o concurso.
Concurso Secretaria de Estado da Fazenda do Pará (SEFA-PA) 2019

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso SEFA PA) em breve. O certame, previsto para 2017, tem grande expectativa de ser divulgado até o 2019, já que a última seleção aconteceu em 2013 e o prazo de validade do edital já encerrou.

O edital do concurso SEFA-PA tem expectativa de ser publicado com 200 vagas. Desse total, 100 devem ser destinadas ao cargo de Auditor Fiscal e 100 para o cargo de Fiscal da Receita. Ambos os cargos têm requisito de ensino superior em qualquer área. Os salários dos cargos chegam a R$ 8.208,70.

A Secretaria da Fazenda do Pará tem missão de realizar a gestão fazendária com justiça fiscal, contribuindo para o equilíbrio das contas públicas, a promoção da cidadania e o desenvolvimento sustentável do Estado do Pará.

O último concurso contou com 200 vagas para os cargos de Auditor Fiscal de Receitas Estaduais (100) e de Fiscal de Receitas Estaduais (100). Do quantitativo de vagas, 5% das vagas foram reservadas para candidatos com deficiência. Os salários oferecidos variaram entre R$4.560,38 e R$5.772,64.

Para concorrer, o candidato precisou ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado ou licenciatura plena em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação; comprovar o cumprimento das obrigações eleitorais e militares; estar em pleno exercício dos direitos políticos; gozar de saúde física e mental; não haver sido condenado criminalmente por sentença judicial transitada em julgado ou sofrido sanção administrativa impeditiva do exercício de cargo público; reputação ilibada.

  • Concurso: Secretaria de Estado da Fazenda do Pará
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 200
  • Remuneração: R$ 8.208,70
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: PREVISTO
  • Saiba mais sobre o concurso.
Concurso Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (Concurso TCM RJ – Auditor)

É grande a expectativa de realização do concurso público para Auditor do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (Concurso TCM RJ – Auditor). Ao jornal Folha Dirigida, a assessoria de imprensa informou que a comissão responsável pelo concurso de auditor será formada entre julho e agosto. As nomeações dos aprovados deverão ficar para 2020.

Foi confirmada na Lei de Diretrizes Orçamentárias do ano de 2019. O documento oficial foi publicado no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

O órgão tem um déficit de 27 profissionais na área de controle externo, sendo 25 com formação em nível superior em qualquer área, um para Direito e um para Engenharia.

O órgão já anunciou que realizará o certame para o cargo de Auditor de Controle Externo, conforme declarações do presidente, Thiers Montebello. Da mesma maneira que aconteceu no concurso TCM RJ Técnico, os candidatos terão um bom tempo para planejar os seus estudos.

Ainda não há uma data certa de quando o concurso acontecerá. De acordo com as diretrizes com vista aos orçamentos de 2018 a 2021, está previsto o preenchimento de cargos vagos no Tribunal de Contas do município.

O Concurso do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (Concurso TCM RJ) para Auditor de Controle Externo tem exigência de nível superior em qualquer área e salário inicial de nada menos que R$ 12.035,00. Em até cinco anos de exercício, o servidor pode receber aumento, fazendo com que a remuneração chegue a R$16.367,16, já somado os encargos especiais. A jornada de trabalho será de 40 horas por semana.

Os profissionais ainda contam com direito a auxílio-saúde, de até R$1.200,00, auxílio-refeição de R$968,00, auxílio-creche de R$1.203,50, para quem tem dependentes de até seis anos; e auxílio-educação de R$1.203,50, para quem tem dependentes de até 17 anos.

O Auditor tem missão de executar atividades relacionadas com a fiscalização contábil, financeira, orçamentária, patrimonial e operacional da Administração Pública do Município do Rio de Janeiro, bem como examinar a legalidade dos atos de admissão, de aposentadoria e de pensões.

Concurso ISS Porto Alegre-RS

Prefeitura de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, vai abrir um novo edital de concurso público para as carreiras de Auditor Fiscal da Fazenda Municipal e Auditor de Controle Interno em breve. Foi publicado no Diário Oficial do município, edição desta quarta-feira, 23 de janeiro, a comissão organizadora do certame, autorizado em outubro de 2018.

O cargo de Auditor Fiscal de Porto Alegre deverá executar privativamente a fiscalização, planejamento, programação, supervisão, coordenação, orientação e controle das atividades no âmbito da competência tributária municipal, de conformidade com a legislação em vigor.

Já o cargo de Auditor de Controle Interno tem função de supervisionar, organizar e coordenar os serviços contábeis do Município; elaborar análises contábeis da situação financeira, econômica e patrimonial; elaborar planos de contas; preparar normas de trabalho de contabilidade, entre outros.

Concurso SEFAZ (SE)

A Secretaria da Fazenda do Estado do Sergipe vai divulgar um novo edital de concurso(Concurso SEFAZ SE 2018) para o cargo de Auditor Técnico de Tributos em breve. O Secretário Estadual da Fazenda, Ademario Alves de Jesus, já assinou a minuta de autorizando do certame para o preenchimento de 05 vagas imediatas, com possibilidade de manter um cadastro reserva de até 40 aprovados (veja abaixo).

Agora, a expectativa é que o documento de autorização seja publicado pelo governo no Diário Oficial. Após isso, é esperado a formação de uma comissão para início dos preparativos da seleção.

Sem realização de concurso público para carreira há 30 anos – o último foi em 1989 -, a expectativa do edital é muito grande. Na ocasião, o certame foi composto por três fases: provas objetivas; análise de títulos; e curso de formação profissional.

O cargo de Auditor tem requisito de ensino superior, no entanto ainda não se sabe se haverá restrição para graduações específicas ou se a oferta será para qualquer área. O salário inicial é de aproximadamente R$ 23 mil.

As provas deverão contar com questões de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Direito Tributário, Legislação Tributária Estadual, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Noções de Direito Penal e Contabilidade Geral e de Custos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.