Quem Lembra da Cédula de 10 REAIS de Plástico? Ela pode ser vendida por até R$2.1MIL

A Cédula de R$ 10 de Plástico: Uma Relíquia Valorizada

Quem se recorda daquela cédula vibrante de R$ 10, confeccionada em plástico, com uma paleta de cores que abrangia tons de vermelho, laranja e azul, e com um grande círculo rubro à esquerda? Elas eram comuns no início do novo milênio e se destacavam pelo design inovador. Contudo, ao longo dos anos, tornaram-se uma raridade.

As Cédulas Ainda São Válidas

Curiosamente, essas cédulas ainda são válidas. De acordo com o Banco Central, ainda existem 3.577.976 delas em circulação no Brasil. No entanto, a visibilidade dessas cédulas diminuiu drasticamente, pois tornaram-se objeto de desejo de colecionadores.

Cédula de R$ 10 de Plástico: Uma Viagem no Tempo

Essa cédula foi lançada em 24 de abril de 2000, em homenagem aos 500 anos do descobrimento do Brasil. Seu design carrega diversas referências à ocasião, sendo a principal delas uma imagem de Pedro Álvares Cabral.

Além disso, a cédula também exibia o mapa “Terra Brasilis”, uma das primeiras representações da nova terra, um trecho da carta de Pero Vaz de Caminha e uma rosa dos ventos, instrumento de navegação extraído da cartografia portuguesa do século XVI.

As Marcas de Segurança

Inovadora também em termos de segurança, a cédula contava com 7 marcas de segurança. Quando lançada, era considerada a cédula mais segura e durável, justificando a escolha do material plástico.

segurança cédula 10 reais plastico
segurança cédula 10 reais plástico. Imagem: Cartilha BCB

Características da Nota de R$ 10 de Plástico

As principais características dessa cédula incluem:

  • Cores azul e laranja;
  • Efígie de Pedro Álvares Cabral;
  • Mapa Terra Brasilis, uma das primeiras representações da nova terra;
  • Trecho da carta de Pero Vaz de Caminha;
  • Rosa dos ventos, instrumento de navegação extraído da cartografia portuguesa do século 16;
  • Elementos decorativos de azulejos portugueses;
  • Representações da Cruz da Ordem de Cristo;
  • Mapa estilizado do Brasil no verso;
  • fisionomias típicas do povo brasileiro no verso.

O Fim da Produção da cédula 10 reais de Plástico

O Banco Central deixou de produzir essas notas e começou a retirá-las de circulação em meados de 2006, dependendo do estado de conservação das mesmas. As mais bem conservadas, no entanto, ainda estão em circulação.

Valor da Cédula de 10 reais de Plástico.

23 anos após seu lançamento, essas notas restantes são muito procuradas por colecionadores. Os valores variam de R$26 a R$2100 dependendo características e Estado de Conservação. Confira detalhes do Catálogo Amigo 2024, 4ª Edição:

Cédula rara de 10 reais.
Cédula rara de 10 reais. Imagem: Catálogo Amigo

A Importância do Estado de Conservação

Assim como outros itens colecionáveis, as cédulas e moedas são avaliadas por seu valor econômico, histórico e artístico – a ciência que faz essa avaliação é a numismática – e por isso o estado de conservação dos itens tem um peso importante no valor que será atribuído a elas.

FLOR DE ESTAMPA – FE:

Uma cédula perfeitamente preservada. O papel é limpo, firme e sem descoloração. Os cantos são agudos e no esquadro. Não há vestígios de dobras ou marcas de manuseio descuidado.

SOBERBA – S:

Uma cédula com pequenos sinais de manuseio. Pode ter no máximo três pequenas marcas ou um sinal de dobra. O papel é limpo e firme, com o brilho original. Os cantos podem apresentar pequenos sinais de uso.

MUITO BEM CONSERVADA – MBC:

Uma cédula com alguns sinais de manuseio e uso. Podem ter diversas marcas de dobra verticais e horizontais. O papel pode ter um mínimo de sujeira e manchas na cor, mantendo relativa rigidez. Não deve ter cortes ou rasgos na margem, embora possa mostrar sinais de uso. Os cantos também podem mostrar sinais de circulação, porém não devem ser totalmente arredondados.

Onde Vender Cédulas/Moedas Antigas?

Para quem está em busca de vender suas moedas antigas, existem várias opções. No entanto, antes de dar esse passo, é importante fazer uma avaliação prévia do valor da moeda. Para isso, você pode enviar fotos e informações para especialistas, como a Brasil Moedas Leilões.
Após receber a avaliação, você pode buscar alternativas de onde vender suas moedas antigas. Algumas das melhores opções incluem:

  • Site da Sociedade Numismática Brasileira;
  • Lojas especializadas em numismática;
  • Leilões de moedas;
  • Comércio eletrônico, como eBay, Amazon e Mercado Livre;
  • Casas de compra de moedas;
  • Encontros presenciais;
  • Anúncios especializados em numismática.

Anunciar suas moedas em sites como eBay ou Mercado Livre pode ser vantajoso, pois você pode encontrar compradores dispostos a pagar um pouco mais pelas suas moedas raras. Além disso, você não precisará pagar taxas ou comissões para terceiros, pois toda a transação será diretamente entre você e o comprador. Porém, esteja atento aos custos de frete e possíveis taxas administrativas do site antes de fechar o negócio.

Quem Compra Cédulas Antigas?

Existem vários compradores de moedas raras que podem estar interessados em suas moedas. O portal Notícias Concursos está comprando algumas moedas, desde que sejam moedas com erros, diretamente no Canal Notícias Concursos no Youtube.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.