Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Brasil registra mais de 1.000 mortes por Covid-19 em apenas 1 dia

O Brasil possuía 197.732 óbitos de Covid-19 até o final da tarde de terça-feira (05), alcançando mais de 1.000 mortes em 24h . Aliás, essa contagem foi feita às 17h30.

Não é a primeira vez que o país alcança tal marca, sendo a última recentemente. Anteriormente, em 29 de dezembro, foram registrados mais de 56.000 infectados em apenas um dia. Veja os números:

  • Total de casos: 7.753.752;
  • Recuperados: 6.950.045;
  • Mortes: 196.561.

Dessa forma, acompanhe o artigo e entenda como está a situação brasileira em relação ao combate do Covid-19.

Mais de 1.000 mortes em 1 dia

Já alcançamos 4 vezes a marca de mais de 1.000 mortes em 24h por coronavírus. Inegavelmente, as aglomerações registradas nos últimos feriados são fator responsável por este surto da doença.

O Brasil fica atrás apenas dos Estados Unidos, o qual registrou 364.570 mortos na terça-feira. Além disso, o número de casos é quase o triplo, o qual alcança 21.085.923.

Considerando a análise global, o número proporcional de mortes por milhão de habitantes é elevado. Mesmo que, felizmente, não ultrapasse mais de 1.000 mortes por milhão, quase alcançamos tal número.

Por essa estimativa, o Brasil ocupa o 21º lugar no ranking mundial, atrás dos EUA. No entanto, já atingiu a marca de 934 mortes por coronavírus por milhão de habitantes.

Vacinação pode evitar mais de 1.000 mortes diárias

Conforme informações, mais de 2 milhões de doses deverão ser importadas da Índia. Além disso, elas devem chegar no Brasil ainda esse mês, por meio da Fiocruz.

O Ministério das Relações Exteriores garantiu em comunicado que as vacinas chegarão em breve. A saber, a compra junto a Índia custou cerca de R$ 56 milhões ao governo.

Mas mesmo que chegue no país, ainda não autorizaram a aplicação da vacina na população. Desse modo, acredita-se que os casos tendem a aumentar, ultrapassando mais de 1.000 mortes diárias.

Entretanto, a Fiocruz já prepara pedido formal à Anvisa para poder aplicar a vacina urgentemente. Desse modo, o presidente Jair Bolsonaro aposta que até 20 de janeiro iniciem as aplicações.

Índia havia barrado exportação da vacina

Na última segunda-feira (4), o Instituto Serum havia informado o impedimento das vendas das vacinas. Isso porque, conforme o próprio Instituto, o governo da Índia havia barrado qualquer exportação.

Tal comunicado foi feito um dia depois da Fiocruz confirmar o acordo com a Serum. Logo, o Itamaraty de prontidão realizou novas tratativas com o governo indiano, e garantiu a entrega.

Para esclarecimento, a Serum veio a público novamente e comunicou sobre o fornecimento da vacina. Do mesmo modo, Bharat Biotech também comprometeu-se a fabricar, fornecer e distribuir a vacina.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.