Bolsa Família REDUZIDO em abril? Veja quem receberá essa TRISTE notícia

Milhares de beneficiários receberão metade do valor neste mês de Abril

O Bolsa Família é um programa assistencial do Governo Federal que atende milhões de famílias brasileiras de baixa renda. Com ele, o governo consegue cumprir a sua importante missão de reduzir a pobreza e a fome no país.

Para participar do programa e receber o valor integral é necessário cumprir as regras de elegibilidade. Porém, milhares de beneficiários terão o benefício reduzido pela metade em abril.

A seguir, entenda como vai funcionar essa redução, o motivo da decisão e quem vai entrar nessa lista de corte do benefício.

Ajustes no Bolsa Família em abril, qual o motivo?

Em abril, uma mudança significativa vai acontecer no pagamento de milhares de beneficiários: a redução da parcela pela metade. 

Isso acontece por conta da aplicação da Regra de Proteção do Bolsa Família. Mas, diferente do que muitos imaginam, esta regra foi criada com o objetivo de proteger os beneficiários do programa.

Como funciona a Regra de Proteção do Bolsa Família?

Em primeiro lugar, é importante relembrar que, para participar do Bolsa Família, é necessário ter renda de até R$ 218 per capita.

Dessa maneira, antes da Regra de Proteção entrar em vigor, quando uma família ultrapassava a renda mínima para o Bolsa Família, o benefício era cortado imediatamente.

No entanto, esta nova regra surgiu para proteger os beneficiários. Agora, funcionará da seguintes forma:

  • Ajuste do benefício: os beneficiários que ultrapassarem a renda mínima, poderão continuar recebendo o Bolsa Família, sem o corte imediato do benefício;
  • Adaptação: o processo de adaptação dura 2 anos. Assim, nesse período, o beneficiário receberá metade do valor que recebia antes de aumentar a renda;
  • Como participar: para entrar na Regra de Proteção do Bolsa Família é necessário que a renda aumente para, no máximo, meio salário mínimo per capita (R$ 706 por pessoa em 2024);
  • Período de transição: se durante esses 2 anos de adaptação a renda familiar voltar a diminuir, a família poderá voltar a receber o Bolsa Família de forma integral;
  • Oportunidade de reingresso: após os 2 anos, o benefício é cortado por completo. No entanto, se a família voltar a se enquadrar nas regras do Bolsa Família posteriormente, terá prioridade de reingresso no programa nos próximos 3 anos.

Impacto da Regra de Proteção nas famílias brasileiras

A princípio, as famílias afetadas pela Regra de Proteção do Bolsa Família podem sentir o impacto de receber apenas metade do benefício. Assim, precisam se adaptar com a nova renda, de modo a buscar na sua reinserção no mercado de trabalho a sua nova fonte de renda.

Por outro lado, a Regra de Proteção incentiva o retorno da população de baixa renda ao trabalho, sem cortar o benefício imediatamente, como acontecia anteriormente.

Uma vez que o Bolsa Família é um benefício assistencial, essa pode ser uma excelente estratégia de incentivo ao crescimento profissional.

Pagamentos do Bolsa Família em abril

Pagamentos do Bolsa Família em abril
Pagamentos do Bolsa Família em abril. Imagem: Roberta Aline / MDS

Os pagamentos do Bolsa Família são de responsabilidade da Caixa Econômica Federal. Assim, o banco segue o calendário oficial de pagamentos para realizar os depósitos, de acordo com o último dígito do NIS (Número de Identificação Social) dos beneficiários.

Os próximos depósitos têm previsão para começarem no dia 17 de abril, seguindo até o dia 30.

Calendário de pagamentos

  • NIS final 1: 17 de abril;
  • NIS final 2: 18 de abril;
  • NIS final 3: 19 de abril;
  • NIS final 4: 22 de abril;
  • NIS final 5: 23 de abril;
  • NIS final 6: 24 de abril;
  • NIS final 7: 25 de abril;
  • NIS final 8: 26 de abril;
  • NIS final 9: 29 de abril;
  • NIS final 0: 30 de abril.

Como consultar o Bolsa Família?

Fazer a consulta do Bolsa Família é muito simples e prático. Isso porque os beneficiários só precisarão de um celular com acesso a internet para acessar um dos canais de consulta. Veja quais são:

  • Aplicativo Bolsa Família: para utilizar, basta fazer o login utilizando o CPF do titular e a senha do próprio aplicativo ou, ainda, utilizar as informações de login do aplicativo Caixa Tem;
  • Aplicativo CadÚnico: ao acessar o sistema, é possível consultar informações básicas apenas informando dados como nome completo, data de nascimento e nome da mãe. Mas, para uma consulta completa, será necessário fazer o login utilizando o seu CPF e a senha do Gov.br;
  • WhatsApp: para utilizar esse serviço, basta adicionar o número 0800 104 0104 na sua lista de contatos e iniciar uma conversa no app.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.