Bolsa Família: mais de 8 milhões foram suspensos desde março

Dados oficiais do Ministério do Desenvolvimento Social apontam que mais de 8,3 milhões de pessoas foram suspensas do Bolsa Família

Pouco mais de 8,3 milhões de usuários de todas as regiões do país foram suspensos do Bolsa Família entre os meses de março e novembro deste ano. É o que revelam os dados oficiais do Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome.

Neste mesmo período, o governo federal inseriu outras famílias no cadastro, mas em um número notadamente menor. Estima-se que cerca de 2,66 milhões de novos usuários passaram a fazer parte do programa social do governo federal entre março e novembro deste ano.

Segundo o Ministério, estes ajustes foram realizados depois de um processo de “correção e qualificação dos registros das famílias inscritas” no Cadúnico. Na visão da pasta, boa parte das pessoas que estavam recebendo o dinheiro do Bolsa Família não faziam parte do público alvo, ou seja, eram pessoas que estariam recebendo o saldo de forma indevida.

Boa parte das pessoas que foram excluídas, no entanto, afirma que a exclusão foi injusta, e que não entendem exatamente o porquê de a exclusão ter sido efetuada pelo atual governo.

Suspensões não devem parar por aqui

Quem faz parte do Bolsa Família do governo federal precisa se manter atento aos dados que são divulgados pelo app oficial do programa. A qualquer momento, novos cancelamentos e bloqueios poderão ser realizados. Ao menos foi o que disse o Ministro do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias.

“Não se trata de criminalização da pobreza, mas uma fiscalização sobre mais de R$ 300 bilhões em gastos por ano. O Brasil está fazendo um esforço fiscal para proteger quem realmente precisa. O objetivo não é tirar pessoas, é trazer e deixar dentro do programa aqueles que têm direito”, disse o ministro.

Na quarta-feira (29), o Ministério criou uma espécie de Rede Federal de Fiscalização do Bolsa Família. Trata-se de um órgão que será responsável por propor medidas para melhor a qualidade das informações do Cadúnico, bem como melhorias para a fiscalização dos dados. A ideia geral é ajudar a prevenir fraudes dentro do programa social.

O órgão em questão será composto por:

  • quatro representantes do Ministério do Desenvolvimento Social;
  • um da Advocacia-Geral da União (AGU);
  • um da Controladoria-Geral da União (CGU);
  • um do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI);
  • um da Secretaria-Geral da Presidência.

“Tem recursos suficientes para atender aqueles que precisam. A eficiência é uma garantia que não faltará dinheiro para atender a cada família que realmente precisa em cada lugar do Brasil”, completou o ministro.

Bolsa Família: mais de 8 milhões foram suspensos desde março
Novas suspensões estão a caminho. Imagem: Reprodução

Bolsa Família volta em dezembro

Vale lembrar, aliás, que os usuários do Bolsa Família terão que esperar menos tempo para voltar a receber o dinheiro do benefício social. O governo federal já confirmou que vai antecipar as liberações do projeto social neste mês de dezembro.

A ideia de antecipar os pagamentos ocorre para que todos os usuários do programa social tenham o direito de receber o saldo antes das festas de final de ano. Assim, o plano do Ministério é iniciar as liberações já no próximo dia 12 e concluir os repasses no próximo dia 30.

Mas assim como nos meses anteriores, as liberações seguirão sendo divididas por grupos. Desta forma, para saber o dia exato do seu recebimento, é necessário tomar como base o final do seu Número de Identificação Social (NIS).

Abaixo, você pode conferir o calendário detalhado dos pagamentos do Bolsa Família para este o próximo mês de dezembro:

  • Usuários com NIS final 1: 11 de dezembro (segunda-feira);
  • Usuários com NIS final 2: 12 de dezembro (terça-feira);
  • Usuários com NIS final 3: 13 de dezembro (quarta-feira);
  • Usuários com NIS final 4: 14 de dezembro (quinta-feira);
  • Usuários com NIS final 5: 15 de dezembro (terça-feira);
  • Usuários com NIS final 6: 18 de de dezembro (segunda-feira);
  • Usuários com NIS final 7: 19 de dezembro (terça-feira);
  • Usuários com NIS final 8: 20 de dezembro (quarta-feira);
  • Usuários com NIS final 9: 21 de dezembro (quinta-feira);
  • Usuários com NIS final 0: 22 de dezembro (sexta-feira).

1 comentário
  1. Vânia aparecida Martins Diz

    Até hoje não recebi nada do bolsa família porque já renovei tudo

    0
    0
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.