Bolsa Família: consulta fica indisponível durante depósito da parcela de setembro; entenda

O Bolsa Família é um programa essencial para milhões de brasileiros, oferecendo suporte financeiro às famílias em situação de vulnerabilidade. No entanto, recentemente, muitos beneficiários têm enfrentado dificuldades ao tentar acessar seus dados e informações de pagamento devido a problemas técnicos nos aplicativos Caixa Tem e Bolsa Família.

Bolsa Família: consulta fica indisponível durante depósito da parcela de setembro; entenda

Com o início dos depósitos de setembro, a consulta aos dados do Bolsa Família experimentou instabilidade significativa. A partir de 18 de setembro, a Caixa Econômica Federal começou a liberar os depósitos para aproximadamente 21,47 milhões de beneficiários, o que naturalmente aumentou o número de acessos aos aplicativos Caixa Tem e Bolsa Família.

No entanto, ao tentar acessar seus dados por meio dessas plataformas, muitos beneficiários se depararam com mensagens de erro, como “Dados não disponíveis para consulta. Tente novamente mais tarde”. Essa situação tem gerado frustração e preocupação entre aqueles que dependem do programa.

No aplicativo do Bolsa Família, outra mensagem recorrente é “Estamos atualizando nossa base de dados”. Além disso, relatos indicam que o extrato de pagamento, que havia sido atualizado, agora está indisponível, fazendo com que informações cruciais sobre parcelas e pagamentos anteriores desapareçam.

Contudo, desde o domingo, 24 de setembro, um novo erro surgiu com o aviso “Sistema indisponível” no app oficial do Bolsa Família. Isso tem impedido os beneficiários de consultar o saldo, o extrato de pagamento e outras informações relacionadas ao programa.

Esclarecimento sobre o cancelamento

Com a consulta aos dados fora do ar, muitas famílias têm expressado preocupação com a possibilidade de terem seus benefícios cancelados. No entanto, é importante enfatizar que os erros nos aplicativos não significam que os beneficiários foram cortados do programa Bolsa Família.

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) informou em comunicado que o sistema do Cadastro Único ficaria indisponível em 16 de setembro, retornando ao funcionamento normal em 18 de setembro.

Em suma, a razão para essa paralisação foi permitir que a Caixa pudesse extrair uma cópia da base nacional do Cadastro Único, o que pode ter causado a atualização dos dados disponíveis para consulta dos beneficiários.

Portanto, é provável que o acesso aos aplicativos Caixa Tem e Bolsa Família seja normalizado no início da próxima semana, à medida que o sistema atualiza suas informações.

Bolsa Família: consulta fica indisponível durante depósito da parcela de setembro; entenda
Bolsa Família: consulta fica indisponível durante depósito da parcela de setembro. Imagem: Reprodução

Alternativas para verificar o status do benefício

Como os problemas técnicos persistem, muitos beneficiários estão se perguntando como podem verificar se foram aprovados para receber o Bolsa Família. Dessa forma, com depósitos ocorrendo a partir de 18 de setembro, é crucial encontrar alternativas para se informar sobre o pagamento.

Desde 10 de setembro, a Caixa tem trabalhado na atualização dos canais de consulta do Bolsa Família. Uma das maneiras de verificar se o benefício foi aprovado é através do Portal Cidadão da Caixa.

Desse modo, ao fornecer seu CPF e senha, a plataforma exibirá a situação do benefício, indicando se a parcela está liberada, bloqueada ou cancelada. Além disso, as famílias podem recorrer a outras fontes de informação, incluindo:

  • Aplicativo Caixa Tem: embora esteja passando por instabilidade, pode ser uma opção quando a situação se normalizar.
  • Aplicativo do Bolsa Família: aguarde até que a atualização seja concluída para utilizar este aplicativo.
  • Aplicativo do Cadastro Único: fique atento às atualizações para acessar as informações necessárias.
  • Telefone 121 do MDS: entre em contato com este número para obter assistência direta.
  • Central da Caixa número 111: procure informações sobre seu benefício ligando para este número.
  • Bolsafamiliacalendario.com.br: consulte o calendário de pagamentos pelo NIS (Número de Identificação Social).

Caso, mesmo após essas tentativas, o seu benefício permaneça desatualizado ou bloqueado, é aconselhável ligar para o número 121 do MDS ou buscar informações sobre o benefício em um CRAS.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.