Bolsa Família: Confira a LISTA com todos os ADICIONAIS de abril

Além do valor do base, o Bolsa Família disponibilizará mais 4 adicionais este mês. Veja todos os valores e quem pode receber

O Governo Federal já confirmou os repasses do Bolsa Família em abril. Este é o maior programa de distribuição de renda do Brasil e atende milhões de famílias em situação de vulnerabilidade.

Recentemente, o governo realizou uma série de mudanças no Bolsa Família para melhor atender as necessidades da população de baixa renda. Uma dessas mudanças foi a implementação dos adicionais mensais.

Por meio dos adicionais é possível ter mais equidade na distribuição de renda, fazendo com que as famílias mais numerosas recebam um benefício maior.

A seguir, entenda tudo sobre os pagamentos extras do Bolsa Família, quem pode receber e os valores disponíveis.

Quem tem direito aos adicionais do Bolsa Família?

Em primeiro lugar, é importante relembrar as regras de participação do Bolsa Família. Para participar do programa, a primeira regra é ter renda mensal de até R$ 218 per capita.

Além disso, a família também precisa estar inscrita no CadÚnico (Cadastro Único do Governo Federal para Benefícios Sociais). Para se inscrever o responsável familiar deve se dirigir ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.

Assim, após se inscrever e  ter o benefício aprovado, é possível verificar a elegibilidade para o recebimento dos bônus do Bolsa Família. Tem direito a receber as famílias com gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes.

Valor do Bolsa Família em abril

O valor do Bolsa Família em abril surge com uma novidade para os beneficiários. Isso porque, além do pagamento regular do benefício, ainda haverão os repasses do Auxílio Gás e os acréscimos às famílias beneficiárias.

Dessa maneira, os inscritos poderão garantir uma renda ainda maior este mês. A seguir, confira a composição dos pagamentos de abril:

  • R$ 600: valor base do Bolsa Família para todos os inscritos;
  • R$ 50: acréscimo para cada gestante ou nutriz na família;
  • R$ 150: acréscimo para cada criança com até 6 anos de idade na família;
  • R$ 50: acréscimo para cada criança ou adolescente que possua entre 7 e 18 anos incompletos;
  • R$ 102: valor do Auxílio Gás em abril.

Ademais, é importante lembrar que os pagamentos são cumulativos. Isso significa que é possível acumular o valor base, o Auxílio Gás e mais de um bônus do Bolsa Família. Dessa forma, os beneficiários podem garantir uma renda ainda maior este mês.

Calendário de pagamentos

Os depósitos do Bolsa Família são realizados pela Caixa Econômica Federal. Para isso, o banco tem como base o calendário oficial, que determina os repasses de acordo com o último dígito do NIS (Número de Identificação Social) dos beneficiários.

Em abril, os pagamentos começam no dia 17, com previsão de encerramento para o dia 30/04. A seguir, confira todas as datas:

  • NIS final 1: 17 de abril;
  • NIS final 2: 18 de abril;
  • NIS final 3: 19 de abril;
  • NIS final 4: 22 de abril;
  • NIS final 5: 23 de abril;
  • NIS final 6: 24 de abril;
  • NIS final 7: 25 de abril;
  • NIS final 8: 26 de abril;
  • NIS final 9: 29 de abril;
  • NIS final 0: 30 de abril.

Antecipação dos pagamentos em abril

Em abril, já houve a confirmação da antecipação dos pagamentos do Bolsa Família. De maneira geral, existem duas regras que determinam as antecipações.

A primeira regra define que os pagamentos previstos para acontecer em uma segunda-feira devem ser antecipados para o sábado anterior. Assim, os beneficiários poderão acessar os recursos do programa 2 dias antes do que o calendário oficial previa.

Nesse sentido, os contemplados deste mês são aqueles que possuem o NIS com final 4 e 9. Para estes grupos, os depósitos já estarão disponíveis nos dias 20 e 27 de abril, respectivamente.

Além disso, os beneficiários que moram em locais onde houve declaração de calamidade pública por desastre natural também receberão o pagamento antecipado..

Para este grupo, o pagamento ocorrerá no primeiro dia de repasses, ou seja, no dia 17 de abril, independente do final do NIS. Assim, veja todas as cidades contempladas este mês:

  • Amapá: Incluindo a capital, Macapá;
  • Ceará: Com cidades como Canindé, Caucaia e outras;
  • Paraná: Abrangendo localidades como Guaratuba, Ivaiporã e mais;
  • Rio de Janeiro e São Paulo: Cidades metropolitanas e outras como Sorocaba e Embu-Guaçu;
  • Rio Grande do Sul: Com um total de 62 localidades, incluindo Erechim e Guaíba;
  • Sergipe: Cidades como Frei Paulo e Monte Alegre de Sergipe também fazem parte da lista.

Como consultar o Bolsa Família?

Fazer a consulta do Bolsa Família é muito simples e prático. Isso porque os beneficiários só precisarão de um celular com acesso a internet para acessar um dos canais de consulta. Veja quais são:

  • Aplicativo Bolsa Família: para utilizar, basta fazer o login utilizando o CPF do titular e a senha do próprio aplicativo ou, ainda, utilizar as informações de login do aplicativo Caixa Tem;
  • Aplicativo CadÚnico: ao acessar o sistema, é possível consultar informações básicas apenas informando dados como nome completo, data de nascimento e nome da mãe. Mas, para uma consulta completa, será necessário fazer o login utilizando o seu CPF e a senha do Gov.br;
  • WhatsApp: para utilizar esse serviço, basta adicionar o número 0800 104 0104 na sua lista de contatos e iniciar uma conversa no app.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.