Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.7/5 - (4 votes)

Beneficiários do Bolsa Família não poderão obter crédito do Caixa Tem

A Caixa Federal irá conceder linhas de crédito para seus usuários do aplicativo do Caixa Tem, contudo, beneficiários do Bolsa Família não poderão receber.

O programa de crédito da Caixa Econômica Federal não oferecerá crédito aos beneficiários do Programa Bolsa Família. Nesse sentido, a medida foi anunciada por Pedro Guimarães, presidente da instituição, na última segunda-feira, 27 de setembro. Isso ocorre visto que, de acordo com a Caixa, o processo de atualização cadastral no Caixa Tem, necessário para o empréstimo, cancela o cartão do Bolsa Família. 

Além disso, Pedro Guimarães também relatou durante o evento que os beneficiários do Auxílio Emergencial também não seriam atendidos. Contudo, a Caixa Econômica se retratou em relação à informação dizendo que este grupo poderá utilizar o serviço, podendo, assim, solicitar o empréstimo. 

“As pessoas que vão receber auxílio emergencial não terão esse crédito. Por quê? Porque elas não têm condições de pagar”, relatou o presidente da Caixa durante evento realizado no Palácio do Planalto. No entanto, a informação repassada já foi corrigida. Isto é, a instituição bancária se pronunciou e espera que cerca de 48 milhões de cidadãos com inscrição no Auxílio Emergencial possam solicitar o empréstimo. 

Guimarães testou positivo recentemente para Covid-19, portanto, participou do encontro via vídeo e em alguns momentos da cerimônia chegou a se emocionar. Desse modo, o líder da instituição disse que a intenção do governo Bolsonaro é de ajudar quem mais precisa. 

“Seja via transferência de renda, com o Bolsa Família ou qualquer novo programa assistencial, seja o crédito, como o crédito Caixa Tem”, afirmou. Ademais, é importante lembrar que a linha de crédito disponibiliza valores que variam de R$ 300 a R$ 1 mil, com taxa de juros de 3,99% ao mês.

Linha de crédito permite participantes de outros programas

Apesar da linha de crédito não ser oferecida ao beneficiários do Programa Bolsa Família, os participantes de outros programas poderá solicitar o empréstimo. Contudo, ainda é necessário que obtenham aprovação por meio da análise de crédito da Caixa Econômica. Dentre estes estão, por exemplo, participantes do Auxílio Emergencial, do FGTS, Seguro Desemprego e outros programas regionais.

No entanto, a instituição informa que a lei não permite que as parcelas do empréstimo sejam descontadas diretamente do valor recebido através do benefício. Dessa maneira, o usuário que participar da medida terá que efetuar o depósito do valor da parcela em sua conta do Caixa Tem.

Especialistas relatam a possibilidade de crédito no Caixa Tem aumentar o endividamento em famílias de baixa renda

Após o seu lançamento, contudo, o programa de empréstimos da Caixa Econômica, através do aplicativo Caixa Tem, foi criticado por um grupo de especialistas econômicos. Nesse sentido, estes acreditam que a proposta tem o potencial de aumentar o endividamento de parte da população mais vulnerável. 

Além disso, o anúncio foi feito em um momento considerado delicado devido à aproximação do encerramento do Auxílio Emergencial e a falta de uma solução para a implementação do Auxílio Brasil. Isto é, novo programa social da gestão que deverá substituir o Bolsa Família a partir de novembro. 

Professora da FGV comenta sobre o assunto

De acordo com Myrian Lund, professora dos MBAs da Fundação Getúlio Vargas e especialista em Finanças, o contexto brasileiro apresenta uma piora da crise econômica no país e o fim do pagamento das parcelas do Auxílio Emergencial. Portanto, a disponibilidade de uma linha de crédito ao público vem como uma aposta do governo em estimular o consumo no fim de ano e de também evitar uma retração ainda maior do PIB nacional. 

“A economia deixando de crescer é um inconveniente para o governo. É uma forma de tentar manter o PIB com essa população consumindo. As pessoas têm que ter algum consumo para sustentar o PIB. Vejo hoje essa medida de tentar segurar a economia, com juros subindo, a inflação lá em cima, um quadro negativo para a economia do país. O governo está estimulando as pessoas a irem ao consumo, mantendo o mínimo da economia funcionando. Não é por acaso a data escolhida para liberar o crédito. É para dar continuidade ao auxílio que termina e continua a parte da política sem embasamento nenhum”, destaca a professora. 

Por fim, a especialista também analisa que a criação desta medida irá aumentar de forma considerável o grau de endividamento destas famílias. Ademais, devido aos altos índices de inadimplência, a Caixa Econômica vem oferendo os valores com uma taxa de juros mais alta.

Quando beneficiários do Bolsa Família receberão suas parcelas do Auxílio Emergencial?

Ainda que os beneficiários do Bolsa Família não possam receber o crédito da Caixa Econômica, eles seguem tendo acesso às últimas rodadas do Auxílio Emergencial. Desse modo, até o mês de outubro, todos os beneficiários do programa que também participam do Auxílio Emergencial, receberão a quantia paga pelo benefício.

Nesse sentido, os cidadãos inscritos no programa têm acesso aos valores pagos pela medida alguns dias antes dos demais participantes e também possuem direito ao saque imediato do valor. Além disso, os pagamentos, organizados pela Caixa Econômica Federal, acontecem de maneira escalonada. Isto é, variando de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário.

Assim, os primeiros a terem acesso à quantia são os cidadãos com NIS de final 1, já os de final 0 são os últimos a receberem.

Calendário  para beneficiários do Bolsa Família no mês de Setembro

  • 17 de setembro, sexta-feira: receberam aqueles com NIS de final 1.
  • 20 de setembro, segunda-feira: receberam aqueles com NIS de final 2.
  • 21 de setembro, terça-feira: receberam aqueles com NIS de final 3.
  • 22 de setembro, quarta-feira: receberam aqueles com NIS de final 4.
  • 23 de setembro, quinta-feira: receberam aqueles com NIS de final 5.
  • 24 de setembro, sexta-feira: receberam aqueles com NIS de final 6.
  • 27 de setembro, segunda-feira: receberam aqueles com NIS de final 7.
  • 28 de setembro, terça-feira: recebem aqueles com NIS de final 8.
  • 29 de setembro, quarta-feira: recebem aqueles com NIS de final 9.
  • 0 de setembro, quinta-feira: recebem aqueles com NIS de final 0.

Calendário para beneficiários do Bolsa Família no mês de Outubro

  • 18 de outubro, sexta-feira: recebem aqueles com NIS de final 1.
  • 19 de outubro, segunda-feira: recebem aqueles com NIS de final 2.
  • 20 de outubro, terça-feira: recebem aqueles com NIS de final 3.
  • 21 de outubro, quarta-feira: recebem aqueles com NIS de final 4.
  • 22 de outubro, quinta-feira: recebem aqueles com NIS de final 5.
  • 25 de outubro, sexta-feira: recebem aqueles com NIS de final 6.
  • 26 de outubro, segunda-feira: recebem aqueles com NIS de final 7.
  • 27 de outubro, terça-feira: recebem aqueles com NIS de final 8.
  • 28 de outubro, quarta-feira: recebem aqueles com NIS de final 9.
  • 29 de outubro, quinta-feira: recebem aqueles com NIS de final 0.
3.7/5 - (4 votes)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.