Auxílio Gás é CONFIRMADO em abril; confira todos os detalhes

Confira quem vai receber o Auxílio Gás, valor e o calendário oficial com todas as datas dos repasses

Abril chegou e os beneficiários do CadÚnico podem comemorar, pois o Governo Federal confirmou que haverá o repasse do Auxílio Gás.

O Auxílio Gás é um programa de assistência financeira para as famílias brasileiras de baixa renda. O seu objetivo é custear o pagamento do gás de cozinha.

O benefício é bimestral, ou seja, pago a cada dois meses. Por isso, com o início do mês, os beneficiários cresceram as expectativas com relação aos repasses.

A seguir, confira todos os detalhes sobre o pagamento do Auxílio Gás de abril.

Quem pode receber o Auxílio Gás em abril?

Para receber o Auxílio Gás em abril é necessário se adequar às regras para elegibilidade. Em primeiro lugar, o beneficiário precisa estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal para Benefícios Sociais (CadÚnico).

O CadÚnico é a base de dados que o governo utiliza para analisar os dados das famílias de baixa renda e direcioná-las para os benefícios sociais. Assim, esta é a porta de entrada para o Auxílio Gás e outros programas assistenciais.

Além disso, os interessados também devem seguir as regras de renda. Conheça:

  • O interessado precisa ter renda mensal per capita de até meio salário mínimo, ou seja, R$ 706 em 2024;
  • Famílias que ganham até três salários mínimos, bem como aquelas que ultrapassam esse valor, mas recebem outros benefícios assistenciais, também podem participar.

Como se inscrever no CadÚnico para participar do programa?

Para se inscrever no CadÚnico e participar do Auxílio Gás e outros benefícios do Governo Federal, o responsável familiar deve se dirigir ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo.

Durante o atendimento, deverá responder a um questionário socioeconômico para que a base de dados esteja completa com as informações da sua família. Ademais, também será necessário apresentar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação do responsável pela família (RG, CNH, carteira de trabalho, certidão de nascimento ou casamento);
  • CPF do responsável pela família e dos demais membros da família;
  • Comprovante de residência (conta de luz, água, telefone ou correspondência oficial);
  • Comprovante de renda (contracheque, carteira de trabalho, declaração de imposto de renda ou autodeclaração);
  • Comprovante de matrícula escolar das crianças e adolescentes até 17 anos (carteirinha escolar, declaração da escola ou histórico escolar);
  • Número do NIS (Número de Identificação Social), caso possua.

Me enquadro nas regras e ainda não recebo Auxílio Gás, o que fazer?

Me enquadro nas regras e ainda não recebo Auxílio Gás, o que fazer?
Me enquadro nas regras e ainda não recebo Auxílio Gás, o que fazer? Imagem Shutterstock.

Existem alguns motivos que podem fazer com que os beneficiários tenham direito ao Auxílio Gás, mas ainda não recebam o benefício. Em primeiro lugar, está a falta de atualização do CadÚnico.

O responsável familiar deve fazer a atualização do CadÚnico a cada dois anos ou sempre que houver alguma mudança nas informação da família.

Assim, a falta de atualização dos dados pode fazer com que o governo identifique que a família não se enquadra nas regras. É possível fazer a atualização do CadÚnico no CRAS mais próximo da sua residência. 

Além disso, outro motivo que pode levar ao não recebimento do benefício é o orçamento da União. Isso porque o orçamento que o governo destina para o Auxílio Gás ainda é limitado e não contempla todas as pessoas que têm direito a receber.

Por isso, existe uma lista de prioridades. Com ela, é possível definir quem vai entrar no programa Auxílio Gás primeiro e receber os pagamentos bimestrais. Veja:

  1. Famílias que tenham mulheres vítimas de violência doméstica que possuam medidas protetivas de urgência, com prioridade;
  2. Famílias inscritas no CadÚnico com registro atualizado no último ano;
  3. Famílias com menor renda per capita;
  4. Famílias com maior quantidade de membros;
  5. Famílias que recebem o Bolsa Família.

Valor do Auxílio Gás em abril de 2024

O valor do Auxílio Gás é definido de acordo com o preço médio do botijão de gás dos últimos 6 meses, divulgado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O último repasse, que ocorreu em fevereiro desse ano, contemplou os beneficiários com uma parcela de R$ 102.

Assim como no último repasse, o Governo Federa já confirmou que, em abril, o Auxílio Gás vai pagar R$ 102 para os beneficiários do programa.

Calendário de pagamentos

O Auxílio Gás segue o mesmo calendário de pagamentos do Bolsa Família. Este mês, os repasses começam no dia 17, seguindo até o dia 30 de abril.

A Caixa Econômica Federal é a responsável pelos pagamentos e realiza os depósitos na conta social digital dos inscritos. O acesso aos recursos pode ser feito através da movimentação financeira pelo aplicativo Caixa Tem.

Também é possível fazer o saque nos terminais de autoatendimento, caixas eletrônicos, agências da Caixa, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui.

A seguir, confira todas as datas dos repasses do Auxílio Gás em abril de 2024:

  • NIS final 1: 17 de abril;
  • NIS final 2: 18 de abril;
  • NIS final 3: 19 de abril;
  • NIS final 4: 22 de abril;
  • NIS final 5: 23 de abril;
  • NIS final 6: 24 de abril;
  • NIS final 7: 25 de abril;
  • NIS final 8: 26 de abril;
  • NIS final 9: 29 de abril;
  • NIS final 0: 30 de abril.

2 Comentários
  1. Moacir bruder Diz

    Alfredo Wagner

  2. Moacir bruder Diz

    Moacir bruder de Barros

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.