Auxílio Gás de R$102 ainda está DISPONÍVEL; veja quem recebe esta semana

Auxílio Gás de R$102 ainda está DISPONÍVEL; veja quem recebe esta semana

O Auxílio Gás é um benefício vital para o custeio do gás de cozinha das famílias em situação de vulnerabilidade

O Auxílio Gás é um benefício social do Governo Federal que ajuda as famílias de baixa renda no custeio do gás de cozinha. Ele é um benefício vital para auxiliar as famílias mais pobres, uma vez que o preço do gás de cozinha tem um grande impacto no orçamento familiar.

Este é um benefício bimestral, ou seja, os seus repasses ocorrem a cada dois meses. Assim, em abril está acontecendo mais uma rodada de pagamentos. A seguir, confira todos os detalhes sobre os depósitos, quem tem direito e como participar do programa Auxílio Gás.

Quem tem direito ao Auxílio Gás?

Todas as pessoas que se enquadram nas regras do programa podem participar do Auxílio Gás e começar a receber os pagamentos bimestrais. A seguir, conheça as exigências:

  • Ter renda mensal de até meio salário per capita;
  • A família deve estar inscrita no Cadastro Único do Governo Federal para Benefícios Sociais (CadÚnico).

Como se inscrever?

Em primeiro lugar, é importante destacar que não existe um cadastro específico apenas para o Auxílio Gás. Isso porque o Governo Federal utiliza os dados do CadÚnico para identificar as famílias que têm direito ao benefício e fazer a concessão.

Dessa maneira, para se cadastrar no Auxílio Gás, a família deve se inscrever no CadÚnico. Para isso, o responsável familiar deve procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximos, portando os seguintes documentos:

  • Documento de identificação do responsável familiar;
  • Um documento de identificação de cada membro familiar que mora na mesma casa;
  • Comprovantes de renda de todos os membros;
  • Comprovante de endereço.

Após se inscrever no CadÚnico, a família já entrará para a lista de espera do Auxílio Gás. Dessa forma, basta aguardar uma nova seleção do Governo Federal para inclusão de novos participantes.

Lista de prioridades

Um ponto muito importante a se lembrar é que o orçamento da União ainda é limitado para o Auxílio Gás. Isso significa que muitas famílias que se enquadram nas regras não poderão participar, por conta do limite de vagas.

Assim sendo, o governo definiu uma lista que determina que terá prioridade para ingressar no programa. Veja agora:

  1. Famílias que tenham mulheres vítimas de violência doméstica que possuam medidas protetivas de urgência, com prioridade;
  2. Famílias inscritas no CadÚnico com registro atualizado no último ano;
  3. Famílias com menor renda per capita;
  4. Famílias com maior quantidade de membros;
  5. Famílias que recebem o Bolsa Família.

Como receber os pagamentos do Auxílio Gás?

Como receber os pagamentos do Auxílio Gás?
Como receber os pagamentos do Auxílio Gás? Imagem: Shutterstock

A Caixa Econômica Federal é a responsável pelos depósitos do Auxílio Gás. Assim, as pessoas que já tiveram o benefício aprovado receberão por meio da sua conta social digital.

Dessa maneira, a Caixa disponibiliza os seus canais de atendimento para saque do benefício:

  • Caixas eletrônicos das agências;
  • Correspondentes Caixa Aqui;
  • Lotéricas;
  • Terminais de autoatendimento.

Além disso, também está disponível para todos os beneficiários o acesso ao aplicativo Caixa Tem. Com o Caixa Tem, é possível movimentar o pagamento e realizar PIX, pagamento de boletos, recarga de celular e muito mais.

Valor do benefício

O valor do Auxílio Gás muda a cada calendário de pagamentos. Isso porque a sua definição depende da média nacional do botijão de gás dos últimos 6 meses.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) é a responsável por realizar esta divulgação todos os meses. Em abril, o valor do Auxílio Gás será de R$ 102 para todos os beneficiários do programa.

Calendário de pagamentos

Os repasses do Auxílio Gás referente a abril de 2024 começaram no último dia 17 e deverão seguir até o dia 30.

A Caixa realiza os depósitos seguindo o calendário oficial, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários.

Dessa forma, a cada dia um novo grupo tem acesso aos recursos e já pode fazer o saque ou a movimentação por meio do aplicativo Caixa Tem.

A seguir, confira o calendário oficial com todas as datas dos repasses:

  • NIS final 1: 17 de abril;
  • NIS final 2: 18 de abril;
  • NIS final 3: 19 de abril;
  • NIS final 4: 22 de abril;
  • NIS final 5: 23 de abril;
  • NIS final 6: 24 de abril;
  • NIS final 7: 25 de abril;
  • NIS final 8: 26 de abril;
  • NIS final 9: 29 de abril;
  • NIS final 0: 30 de abril.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.