Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio emergencial pode ter novo pagamento de R$ 3 mil em dezembro

Dentre as propostas aprovadas está o PLN 43/21, que trata da concessão de R$ 2,8 bilhões ao Ministério da Cidadania para viabilizar novas parcelas do Auxílio Emergencial, neste caso, destinada a pais solteiros.

Projetos de Lei do Congresso Nacional foram aprovados esta semana pela Comissão Mista de Orçamento da Câmara dos Deputados. Os chamados PLNs, visam a liberação de recursos do Orçamento da União ainda este ano.

Dentre as propostas aprovadas está o PLN 43/21, que trata da concessão de R$ 2,8 bilhões ao Ministério da Cidadania para viabilizar novas parcelas do Auxílio Emergencial, neste caso, destinada a pais solteiros.

A expectativa é que ainda este mês os homens chefes de famílias monoparentais recebam uma parcela complementar do benefício referente a 2020. Na época, somente as mulheres receberam o auxílio com cotas duplas, tendo os pais solteiros o mesmo direito.

Neste sentido, os homens receberão cerca de R$ 3 mil referente ao pagamento das cinco parcelas iniciais do programa. A previsão é que 940 mil pais de família monoparentais recebam a conta extra em dezembro.

Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial foi criado em 2020 com intuito de apoiar a população brasileira em situação de vulnerabilidade, sobretudo, diante a pandemia da Covid-19.

Só no ano passado, cerca de nove parcelas foram distribuídas aos beneficiários, sendo as cinco primeiras com valor de R$ 600 e as quatro últimas com valor de R$ 300. Lembrando que as mulheres chefes de famílias monoparentais tinham direito a cotas duplas.

Já este ano, o programa sofreu um grande reajuste, tanto com relação a quantidade de beneficiários quando no valor das parcelas. Em abril, as famílias passaram a receber o benefício conforme a sua composição.

Na ocasião foram distribuídas parcelas de R$ 150 para pessoas que moram sozinhas, R$ 375 para as mães solteiras provedoras do lar e, R$ 250 para as demais famílias.

Pagamentos começam em dezembro

Confira como serão os pagamentos das cotas complementares:

  • O público ‘ExtraCad’ receberá uma parcela única em dezembro de 2021;
  • O público do programa Auxílio Brasil e do Cadastro Único terá acesso aos pagamentos nos primeiros meses de 2022.

Ou seja, o pagamento será primeiramente concedido aos beneficiários que se cadastraram pelo aplicativo ou site do Auxílio Emergencial, lembrando que o dinheiro será repassado pelo aplicativo Caixa Tem.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

10 Comentários
  1. ADRIANO BIANCHI DOS SANTOS Diz

    Quem recebeu as parcelas 2021 vai receber também, sou pai solteiro

  2. Maki Diz

    Acho que eles estão esperando o Brasil passar o natal com fome pra dps liberar o auxilio

  3. José Sérgio Maciel dos Santos Diz

    só pai de família e vivo doente tenho dois filhos desde o auxílio nunca consegui receber nenhum reposta.

  4. Janaina Barros Torchia Diz

    Gente é muita mentira esse site meu Deus.
    Tomem vergonha nessa cara

  5. Ana Paula da Diz

    Tô precisando muito do auxílio me ajudo muito tô desempregada

  6. Iracilda Alves de Lima Diz

    Iracilda Alves de Lima eu queria saber se eu tenho direito porque eu tô desempregada a dóis anos e não consigo emprego fiquixo so um bico uma ou duas vezes no mês eu tenho direito no auxilho Emergêncial

  7. Edson Diz

    Eu não recebi

  8. Henrique Rodrigues Batista Diz

    Será que isto é verdade

  9. Henrique Rodrigues Batista Diz

    Será que está acontecendo isto mesmo

  10. Eduardo Alexandre da Silva Diz

    Quem ficou de de fora do auxílio Brasil não vai ter nem um direito que fazia parte do auxílio emergencial vai passar o natal sem nada a ceia de é arroz e feijão se tiver

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.