Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio de R$300 acabou? Até R$5 mil são liberados aos beneficiários; VEJA!

Em dezembro acaba! Os pagamentos do auxílio emergencial de R$ 600 e R$ 300 chegarão a ser feitos até o último mês do ano. O Governo Federal, no entanto, pretende criar um novo microcrédito com objetivo de ajudar financeiramente os trabalhadores informais assistidos pelo programa durante a pandemia.

A expectativa é que o valor do empréstimo fique entre R$1.500 e R$5.000. Recentemente, o assunto foi tema de conversa entre o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

A gestora de pagamentos do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal deverá ser a responsável pela liberação do microcrédito. Hoje, o banco disponibiliza R$ 10 bilhões para financiamento da linha de crédito. No entanto, o valor pode subir e alcançar o patamar de R$ 25 bilhões, caso algumas medidas em análise pela equipe econômica sejam feitas.

O decreto que estabelece o estado de calamidade pública no Brasil por conta da pandemia do novo coronavírus seguirá em vigor até 31 de dezembro, mesma data em que o auxílio emergencial chega ao fim. A princípio, o Governo não irá realizar uma nova prorrogação do programa, sob a justificativa de que não possui mais verba suficiente para pagar o benefício.

Sem auxílio em 2021

A nova linha de crédito visa dar mais autonomia para que os informais possam voltar exercer sua atividade de trabalho.  Sobretudo, o denominado grupo dos “invisíveis”, que até então não contava com nenhuma assistência por parte do Governo. Agora, o grupo continuará tendo suporte financeiro após o fim do auxílio emergencial.

Segundo o Governo, pelo menos 38 milhões de brasileiros deverão ficar sem o benefício a partir de janeiro. Para criação da nova linha de crédito, a União citou exemplos de beneficiários que utilizaram o benefício emergencial para adquirir equipamentos para uso de trabalho.

O Governo avalia no momento, a fim de disponibilizar um valor maior do microcrédito, passando de R$ 10 bilhões para R$ 25 bilhões, aumentar a parcela dos recursos que os bancos são obrigados a repassar para o Banco Central, conhecidos como “depósitos compulsórios”. Além disso, outras medidas estão sendo estudadas.

O Governo também segue estudando o que seria a principal substituição do auxílio emergencial: o Renda Cidadã. O novo benefício serviria, inclusive, para substituir o Bolsa Família e incluir mais pessoas no programa.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
2 Comentários
  1. Irene Maria Aguiar Rocha Diz

    Gostaria de continua a receber o auxílio por motivos de não ter nem uma renda não pode trabalhar devido a saude a idade por favor não me tire o meu pão.

  2. RIVERTON NOVAIS DUARTE Diz

    olha se estão emprestando dinheiro para os grandes professores, eu apoio pois sou batalhador e assim possuo uma função de professor de música em home estúdio, não fui mais no culto espiritual brazuca em sextas-feiras eu preciso entrar pouco naquele local, só nos sábados na jubrac, lá pedi workshops pela fé R$2.000,00 reais pela fé, 40 alunos de R$50,00 reais,daí na assembléia de deus também pela fé R$2.400,00 reais em um bairro 40 alunos de R$60,00 reais durante no mínimo 6 meses, depois trago eles para o meu home estúdio produzir música para manter amizade, mas queremos sim.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.