Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio cesta básica é liberado; veja a lista de beneficiários

Os interessados em participar do Auxílio Cesta Básica do estado de Ceará puderam saber se receberão o benefício. Nesse sentido, o governo estadual já indicou que serão mais de 5,4 mil pessoas a receber neste primeiro momento.

Além disso, o total de cadastros já chega à quantia de 41 mil e deverão passar pela análise da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos do Ceará (SPS). Dessa forma, o objetivo é seguir divulgando os beneficiários a cada semana, ao passo que ocorrem as análises.

Ademais, a Secretária ainda indica que são cerca de 150 mil profissionais que deixaram de receber renda em razão dos efeitos da pandemia da Covid-19. Assim, o governo irá investir R$ 30 milhões a fim de atender todo o público.

De acordo com a titular da Secretária, Socorro França, “o trabalho de checagem de informações é muito minucioso. Como todo o cadastro é autodeclaratório, temos uma diversidade muito grande de documentos anexados a avaliar”. Portanto, é necessário conferir com cautela todas as comprovações a fim de deferir o benefício.

Assim, com a última divulgação do dia 11 de junho, a Secretaria ainda informa que haverá a reabertura das inscrições no dia 14 de junho, segunda-feira. Contudo, é importante frisar que essas tais inscrições se referem apenas para aqueles que ainda não a fizeram. Portanto, os que já se cadastraram seguirão para em análise.

Quem tem direito de receber o benefício?

O governo estadual elenca certos critérios para conceder o Auxílio Cesta Básica. Dessa forma, poderão receber:

  • Trabalhadores de transporte escolar e transporte alternativo.
  • Ambulantes.
  • Feirantes.
  • Mototaxistas.
  • Taxistas.
  • Motoristas de aplicativos.
  • Bugueiros.
  • Guias de turismo.
  • Despachantes documentalistas.

Além disso, aqueles que se interessam em receber o benefício precisarão comprovar sua atividade por meio de uma declaração de órgão público,  sindicato ou associação profissional. Ademais, é necessário ser residente do estado de Ceará, bem como ter idade igual ou maior a 18 anos.

Quem não poderá receber o benefício?

Indo adiante, o governo estadual também elenca aqueles que não poderão fazer parte do programa. Portanto, além de seguir as exigências acima, os interessados não podem:

  • Ser titulares de benefício previdenciário ou assistencial.
  • Estar recebendo seguro-desemprego ou programa de transferência de renda federal, com exceção do Auxílio Emergencial e do Programa Bolsa Família.
  • Exercer cargo, emprego ou função pública em quaisquer das esferas de governo.
  • Ter recebido o Auxílio Financeiro aos Profissionais Desempregados do Setor de Bares, Restaurantes e Afins.

Como funcionará o benefício?

O pagamento do auxílio de R$ 200,00, sendo duas parcelas de R$ 100, acontecerá a partir de cartão-alimentação. Dessa forma, os beneficiários poderão realizar compras com o cartão.  O objetivo, então, é auxiliar aqueles profissionais que sofreram os impactos da pandemia da Covid-19.

Para tanto, haverá a necessidade de o apoio das administrações públicas de cada município na entrega dos cartões aos participantes do programa. Foi o que indicou o secretário-executivo da Proteção Social, Francisco Ibiapina, sobre a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos.

Segundo ele, “é importante contar com a parceria das prefeituras para que os cartões sejam distribuídos a esses profissionais que tiveram seus cadastros aprovados”. A previsão, então, é de que a entrega dos cartões à população aconteça nos meses de julho e agosto.

Além disso, o secretário-executivo também relata que houve o aperfeiçoamento de “alguns detalhes do formulário de inscrição, trabalhando uma linguagem mais acessível, e estamos aplicando ferramentas que permitem que a análise dos cadastros e as novas inscrições aconteçam paralelamente, sem que uma ação interfira na outra”.

De acordo com Socorro França, “estamos realizando uma força-tarefa na análise dos documentos, em diálogo com outros órgãos estaduais, a fim de realizar a checagem o mais rápido possível. Também preparamos o nosso sistema de informações para seguir a determinação do governador Camilo Santana de reabrir as inscrições, oportunizando que mais pessoas possam se inscrever”.

O estado também conta com linhas de crédito, o Ceará Credi

Indo adiante, pode-se perceber que o programa é mais um dentre outros que o estado adotou. Nesse sentido, também ocorreram outras medidas como a distribuição do Vale Gás Social, a isenção nas contas de água e luz, e outros auxílios que se destinam a profissionais do turismo e da cultura cearenses.

Além disso, também há o Ceará Credi. Assim, quando de sua transmissão online, o governador do estado discursou sobre os cadastros nas linhas de crédito.

Dessa maneira, a fim de propagar as medidas de  enfrentamento à pandemia ele indicou que já se somam 40.550 cadastros no Ceará Credi, ou seja, Programa de Microcrédito Produtivo Orientado. Este, por sua vez, teve instituição por meio do estado com o objetivo de minimizar os impactos da crise entre os pequenos empreendedores.

Nesse sentido, o programa que teve lançamento em abril, terá o orçamento de R$ 100 milhões na primeira fase.

Aqueles que se interessam em participar do programa poderão se cadastrar até 20 de junho, próxima quinta-feira. Para tanto, basta acessar o site www.cearacredi.ce.gov.br.

Quais são as linhas de crédito disponíveis?

Serão dois formatos de empréstimo, quais sejam:

  • Capital de Giro (para a compra de Insumos, de matéria-prima e de produtos acabados).
  • Investimento Fixo ou Misto (para a aquisição de máquinas, utensílios e equipamentos, além do capital de giro).

Quais são as formas de acesso?

É possível que as linhas de crédito sejam individuais ou coletivas, com garantias distintas. São elas:

  • Crédito Individual, com garantia de aval de grupo solidário. Aqui, a produção é individual e somente a garantia é solidária.
  • Crédito Individual, com garantia de avalista. Dessa forma, é necessário que o avalista comprove sua renda.
  • Crédito de Grupo Produtivo Solidário. Neste caso, a produção é coletiva, da mesma forma que a garantia de aval solidário de membros do grupo.

Quais são os limites para cada linha de crédito?

Cada modalidade possui um limite diferente, da seguinte maneira:

  • Capital de giro: Para crédito individual, contando com o um avalista ou com o aval de um grupo solidário poderá ser de R$ 500 a R$ 3.000. Já para crédito de grupo produtivo solidário poderá ser de R$ 500 a R$ 3.000 por pessoa, sem que se ultrapasse o limite de R$ 15.000.
  • Investimento fixo ou misto: Primeiramente, ao de crédito individual, avalista ou o aval de grupo solidário será de R$ 1.000 a R$ 5.000. Já para crédito de grupo produtivo solidário será de R$ 1.000 a R$ 5.000 por pessoa, sem que se ultrapasse o limite de R$ 21.000 por empreendimento.
15 Comentários
  1. Ionete Diz

    Qual é o site pra fazer o cadastro do auxílio cesta básica

  2. Valdinelia rodrigues viana Diz

    Eu mae solteira desmpregada a 1 ano nao recebo auxilio emergencial nao recebo bolsa familia nem uma cesta basica q estao doando aqui no cras eu tive direito nem esse vale gas nada. Estou sobrevivendo so pela misericordia de Deus …nao sei mais o q fazer

  3. Marlilemosdesouza 8@gmail.com Diz

    Estou desempregada já faz 6 meses que sai da empreza e consta que estou empregada , pois não estou empregada porq sai da firma porque fiquei doente, e preciso fazer cirurgia, e não tenho nem dinheiro pra pagar exames ,tentei várias vezes esse benefício nunca consegui, estou triste dependendo dos outros pra tudo ,não posso fazer esforço e muito menos caminhar muito , problemas de rins e baço, só por deus

  4. Roseli sousa de sousa Diz

    Só meu marido trabalha recebo auxílio minhas filhas uma tem 16 anos a outra tem oito não recebe cesta básica

  5. Alcione Pazotti Diz

    Gostaria de saber eu estou desempregada eu não consigo receber auxilio emergência

  6. Anny Diz

    Kkķkkķk……auxílio de 200,não compra nem o gás.
    Enquanto isso os cara dos paletó tem auxílios de mais de 20 mil,pra comprar uma garrafa de champanhe e rir da cara dos pobres….🤦🏻‍♀️

  7. Simone Diz

    Eu nunca recebi e eu estou desempregada

  8. Francione Diz

    Eu não recebo bolsa familia e nem trabalho .
    Moro com meu neto e não ganhei auxilio sou dona do lar

  9. Lenilce costa nogueira Diz

    Sou chef de família só estou recebendo o valor do bolsa….

  10. Lucimeire Ferreira Rodrigues Diz

    Meu auxílio foi aprovado mais não consigo entrar no aplicativo CAIXA TEM. Como fazer pra receber as 2 parcelas?

  11. Beatriz Soares Sobreiro Araujo Diz

    Eu recebo bolsa família,meu auxílio foi negado,eu estou desempregada e tenho 2 filhos, por favor me ajude.

  12. Roberto Carlos da Silva Diz

    Eu recebi em 2020 ágora em 2021 até ágora recebi nada

    1. elzeni coutinho Diz

      Eu moro com minha filha de 22 anos com depressão já esteve internada em Itapira,meu ganho é só a bolsa família
      Me ajuda!

  13. Ozielma almeida sobral Diz

    E ozielma nao recebo bolsa familia cortaraonao recebo o auxilio emegencial nao sou pobre

  14. Ozielma almeida sobral Diz

    Eu nao recebo bolsa familia e nem auxilio emexencial eu sou pobre eu sou dona de casa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.