Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (2 votes)

Auxílio Brasil: nenhum aplicativo oficial está aceitando inscrições no programa

De acordo com informações do próprio Governo Federal, nenhum aplicativo oficial está fazendo inscrições no Auxílio Brasil

O Governo Federal deve começar nesta quarta-feira (17) os pagamentos do Auxílio Brasil. Para quem não sabe, esse é o programa que deve substituir o antigo Bolsa Família. O novo projeto social deve atender neste primeiro momento algo em torno de 14,5 milhões de famílias. Pelo menos é o que dizem as informações da Caixa Econômica Federal.

A algumas horas do início dos pagamentos, muita gente está em dúvida sobre como se inscrever no projeto em questão. O que se sabe é que o Governo Federal está fazendo essa seleção através dos dados do Cadúnico. Não há nenhum aplicativo oficial do Planalto colhendo novas assinaturas.

É importante dizer isso porque neste momento vários criminosos estão se aproveitando do desespero das pessoas para conseguir fazer vítimas. Muitos estão espalhando links falsos pelo whatsapp com falsos apps que prometem inscrições milagrosas no novo Bolsa Família do Governo Federal. Eles dizem, aliás, que já são as últimas vagas.

Isso não é verdade. Pelo que se sabe, quem quer entrar no Auxílio Brasil precisa se preocupar exclusivamente com a questão do Cadúnico. É por lá que o Governo vai analisar quem são os brasileiros que estão em situação de vulnerabilidade social em sistema de extrema pobreza ou mesmo de pobreza, desde que morando com pelo menos uma gestante ou um indivíduo de menos de 21 anos de idade.

O Governo vai analisar a base de dados para verificar quem são os 2,5 milhões de cidadãos que poderão entrar no benefício a partir de dezembro. De qualquer forma, nem mesmo essa manobra está confirmada. O Planalto ainda espera para saber o que vai acontecer com a PEC dos Precatórios no Senado Federal.

Fraudes

Há dentro do Governo Federal uma preocupação com as fraudes. E aí não apenas com o novo Bolsa Família. Para quem não lembra, a Dataprev costumava realizar uma série de avaliações mensais nas contas dos usuários do Auxílio Emergencial.

Todos os meses, milhares de pessoas passavam por cancelamentos ou mesmo bloqueios em suas contas no programa. O objetivo, de acordo com o Governo Federal, era mesmo evitar que as fraudes seguissem acontecendo.

Avaliações mensais

A expectativa é que essa lógica de avaliações mensais siga neste ano com o Auxílio Brasil. A ideia segue sendo evitar que os números de fraudes cresçam. Para evitar que sua conta passe por isso, é importante manter o Cadúnico atualizado.

De acordo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Controladoria Geral da União (CGU), o Governo acabou gastando bilhões de reais em pagamentos indevidos com o Auxílio Emergencial no ano passado. Por isso, o Palácio do Planalto não quer repetir a dose.

Auxílio Brasil

De acordo com informações oficiais, o novo Bolsa Família deve começar a fazer os seus pagamentos apenas para as pessoas que já fazem parte do projeto anterior. Isso quer dizer que novas vagas não serão abertas neste mês de novembro.

A ideia do Governo é inserir mais 2,5 milhões de pessoas. Mas isso só deve acontecer mesmo a partir do próximo mês de dezembro. E para que isso aconteça, o Planalto ainda depende da aprovação da PEC dos Precatórios.

4/5 - (2 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. Elenilza Menezes Macedo Diz

    Eu só recebi 150 como fica vou receber o auxílio Brasil eu preciso tenho filho de 4 meses tou sem trabalho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.