Auxílio Brasil está sendo concedido para todos do CadÚnico, diz ministro

De acordo com o Ministério da Cidadania, de novembro do ano passado até agora mais de 7,1 milhões de famílias ingressaram no programa. O período foi de apenas 10 meses.

Na última terça-feira (9), o Governo Federal deu início aos pagamentos ampliados do Auxílio Brasil. Os beneficiários estão recebendo um benefício mínimo de R$ 600. Além disso, cerca de 2,2 milhões de famílias foram incluídas no programa de transferência de renda neste mês.

De acordo com o Ministério da Cidadania, de novembro do ano passado até agora mais de 7,1 milhões de famílias ingressaram no programa. O período foi de apenas 10 meses.

A iniciativa fez com que o Auxílio Brasil atingisse o recorde dos programas sociais com 20,3 milhões de beneficiários. Desse grupo, cerca de 16,6 milhões (82%) de famílias são chefiadas por mulheres.

 

Inscrição no CadÚnico atualizada

Para entrar no Auxílio Brasil e receber o benefício de R$ 600 a família precisa estar com a inscrição no CadÚnico atualizada. O registro é a principal forma de entrar nos programas sociais do Governo Federal.

Ou seja, não existe inscrições direta para entrar no Auxílio Brasil. As famílias que se enquadram nos critérios para receber o benefício mensal são selecionadas automaticamente a partir dados do CadÚnico.

Para a concessão do benefício existem alguns critérios de prioridade. Veja para quem são voltados:

  • Famílias com integrantes em situação de trabalho infantil;
  • Famílias com integrantes libertos de situação similar a trabalho escravo;
  • Famílias quilombolas;
  • Famílias indígenas;
  • Famílias com catadores de material reciclável; e
  • outras categorias, quando permitidas e fundamentadas pelo Ministério da Cidadania.

Segundo o ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento, a parcela que será paga entre 9 e 22 de agosto vai chegar para todas as famílias com as informações no Cadastro Único.

“Todas as pessoas que fizeram seu cadastro, por meio do Cadastro Único, que é a porta de entrada dos programas sociais do governo federal, elas estão sendo contempladas no Auxílio Brasil e estão sendo situadas na faixa que chamamos de pobreza extrema, com renda per capita inferior a R$ 210 mensais”, disse o ministro.

 

Como saber se fui aprovado no Auxílio Brasil

De antemão, a família deve se certificar de que estar inscrita no CadÚnico e com o cadastro atualizado há pelo menos 2 anos. Ademais, é preciso corresponder a um dos critérios de renda do programa:

  • Famílias em extrema pobreza: renda mensal por pessoa até R$ 105;
  • Famílias em situação de pobreza: renda mensal por pessoa entre R$ 105,01 e R$ 210, desde que tenha em sua composição gestantes, nutrizes, ou pessoas com idade de até 21 anos incompletos.

Certo desses requisitos, basta consultar se você foi incluído no Auxílio Brasil:

Por telefone

  • Na central de atendimento do Ministério da Cidadania, no telefone 121;
  • Na central de atendimento da Caixa Econômica Federal, pelo telefone 111.

Por aplicativos

  • No aplicativo Auxílio Brasil (disponível para download gratuitamente para Android e iOS);
  • No aplicativo Caixa Tem (disponível para download gratuitamente para Android e iOS).

 

Calendário de agosto do Auxílio Brasil

O calendário deste mês foi antecipado pela equipe da Cidadania. O benefício é repassado conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Confira as datas:

Final do NIS Data de pagamento
1 09 de agosto
2 10 de agosto
3 11 de agosto
4 12 de agosto
5 15 de agosto
6 16 de agosto
7 17 de agosto
8 18 de agosto
9 19 de agosto
0 22 de agosto
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.