Atenção, motoristas! Golpes com falsa multa do Detran causam prejuízo, veja como identificar

Saiba como se proteger e como agir caso caia em um golpe dessa natureza

Alguns golpes têm acontecido através de redes sociais, como por exemplo pessoas fingindo serem outras no WhatsApp e no Instagram. No entanto, com o passar do tempo, certos golpes estão cada vez mais profissionais, inclusive envolvendo órgãos públicos, como é o caso do golpe da falsa multa do Detran, que envolve a unidade do Distrito Federal.

Para que você não caia nesse golpe e tenha ciência de como estão aplicando nas pessoas, veja abaixo as informações sobre ele. Além disso, caso você já tenha sofrido com ele, veja a quem recorrer.

Qual golpe com falsa multa do Detran está sendo aplicado?

Um novo golpe relacionado a multas de trânsito está deixando motoristas em alerta. Na atuação do crime, é possível observar que há um e-mail enviado em nome do Detran do Distrito Federal com a informação de multa imposta à vítima.

De acordo com as informações preliminares, é possível perceber que no corpo do e-mail distribuído pelos criminosos, além da falsa mensagem, há a solicitação que o destinatário clique em determinado ícone para visualizar a sua multa aplicada ao seu CPF.

Porém, ao realizar essa ação, automaticamente a pessoa é direcionada a uma página maliciosa.

Além disso, ao clicar no link malicioso, também ocorre a solicitação de alguns dados referentes ao seu veículo para que gerar um falso boleto para pagamento.

Além dos criminosos ficarem com os seus dados, o que é extremamente perigoso, esse boleto pago não tem conexão alguma com alguma multa que tenha sido aplicada a você. E por isso, é extremamente importante ficar atento ao remetente de qualquer e-mail que for a você endereçado.

A quem recorrer se cair no golpe da falsa multa do Detran?

Devido à gravidade, é comum que a pessoa caia no golpe. Logo, forneça todos os dados para os criminosos. E agora, como proceder?

Em primeiro lugar, a atitude ideal é que você junte todas as informações pertinentes a esse golpe, e se dirija a delegacia mais próxima a você, para as medidas cabíveis serem efetuadas.

Pode ser que não tenha sido apenas você a sofrer esse golpe, porém com algum deslize dos criminosos e um trabalho investigativo da polícia pode acarretar na prisão de quem o faz.

Se você estiver em dúvida sobre alguma multa e não sabe se de fato cometeu ou não, não se preocupe. Continue a ler, pois existe uma maneira simples de verificar e abaixo você conseguirá visualizar isso com clareza.

A maneira correta de verificar seus débitos com o DETRAN

Para quem não sabe se possui ou não, algum débito pendente junto ao Detran, referente às multas, existe a possibilidade de fazer isso através dos sites sem nem precisar sair de casa.

Então, o primeiro passo é acessar o site do departamento de trânsito do seu estado, visto que cada estado possui o seu Detran.

Após realizar isso, será necessário clicar em infrações. Em seguida, consultar pelo seu CPF ou documento de identificação, se há a inclusão de débitos ou não em seu nome.

Aliás, saiba que também existe a possibilidade de recorrer. Então, caso você tenha certeza que não cometeu essa multa e suspeita que determinado radar esteja com avaria, é possível entrar com recurso.

Todo esse procedimento é possível ser realizado na mesma aba de infrações. Assim como, emitir a guia de pagamento para quitar os seus débitos pendentes e estar regularizado.

Manter-se em dia com questões relacionadas a sua CNH, multas e situação do veículo é fundamental para a segurança do trânsito. E também para que não seja aplicado a você outras penalidades.

Como entrar em contato com o DETRAN

Sabendo que existe um golpe sendo aplicado, caso seja necessário entrar em contato com o Detran da sua região, verifique as formas em que isso seja possível.

Um fato importante a mencionar, é que independente da localidade do Detran, o seu e-mail oficial possui a extensão @detran.sigla do estado.gov.br e é confiável. Por exemplo, se for o Detran do Estado do Rio de Janeiro, sua extensão será @detran.rj.gov.br.

Em caso de dúvidas, há ainda a possibilidade de buscar atendimento presencial para buscar melhores orientações sobre as multas.

Com base em todas as informações aqui retratadas, fique atento e não caia no golpe da falsa multa do Detran que está sendo aplicado. Em caso de suspeitas, imediatamente faça uma consulta dos seus débitos no site do próprio Detran para analisar a veracidade da informação.

Ademais, é possível também procurar contato telefônico e atendimento em uma unidade presencial para sanar todas as dúvidas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.